Maranhão vira pauta nacional: saúde está um caos

Infelizmente o maranhense mais uma vez quebrou a cara com seu gestor. Voltamos novamente a ser lembrados na rede Globo, desta vez não pela violência, mas sim pelo descaso com a saúde pública. 

image

A equipe do Jornal nacional através de seu correspondente Alex Barbosa vivenciou o dia á dia das pessoas que necessitam fazer hemodiálise (método de filtração do sangue por meio de um rim artificial).

São pessoas carentes e de todas as idades, até criança de 3 anos. O cotidiano desses pacientes é muito triste. Fazem viagens longas e cansativas de Chapadinha até a capital para realizarem o procedimento e se manterem vivos. Uma luta incansável pela vida.

Diante de tanta humilhação é triste ver que o governador do nosso estado não se comove com a saúde e simplesmente a abandona, deixando assim a sua população desamparada e principalmente aqueles que mais necessitam de um atendimento médico cansarem nas longas filas do SUS.

O governador do Maranhão em época de campanha eleitoral, prometeu diversas melhorias para o estado, porém, as reclamações aumentaram.

Vejam o quanto a população maranhense está clamando pela saúde:

https://www.youtube.com/watch?v=2bZihHyQA1E

 

1 Reply to “Maranhão vira pauta nacional: saúde está um caos”

  1. Aqui em Codó tem um Centro de Hemodialise pronto e equipado para funcionar, mas o Dr. Humberto Coutinho não quer deixar que o Governador Flávio Dino transfira a verba dos pacientes de Codó para clinica de Hemodialise de Codó,porque o DR. vai perder uma verba boa,recebe por paciente aproximadamente R$ 5.700 por mês, soma ai 5.700 x 110= 627.000, coitados dos pacientes de Codó chegam aqui quase morrendo e ainda ganham da PREFEITURA DE CODÓ uma ajuda de custo de R$ 120,00 reais por mês, é uma vergonha no Governo de Ladrões e ninguém faz nada, o Ministério Público é omisso e só vai acionado e quem diabo vai assinar os coitados já são pobres e não tempo para isso. Bando de Ladrão corruptos….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.