Osmar faz balanço positivo do trabalho à frente da CMSL e defende união do grupo em torno de Weverton

Em via de concluir seu segundo mandato como presidente da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Osmar Filho (PDT) concedeu entrevista ao programa “Tá na Pauta”, da Rádio Nova FM, onde falou da sua gestão à frente da Mesa Diretora do Legislativo Municipal, do novo Plano Diretor, das eleições majoritárias deste ano, entre outros temas importantes.

De acordo com o pedetista, o grande legado que pretende deixar como gestor da Casa são as ferramentas de aproximação do Parlamento com a população e o investimento – principalmente em tecnologia, além da certificação do ISSO 9001, por meio da implantação do setor de Gestão de Qualidade. Nas palavras dele, isto possibilitou, por exemplo, que mesmo com a pandemia do Covid-19, as atividades não fossem tão prejudicadas.

É evidente que nada substitui as atividades presenciais, mas em virtude de tudo que a gente plantou, em inovação e tecnologia, possibilitou que rapidamente pudéssemos criar um dispositivo remoto, para que estas pudessem ser realizadas virtualmente e a produção legislativa não fosse paralisada, para que pudéssemos atravessar esse momento adverso”, ressaltou Osmar, lembrando que a Câmara pôde contribuir muito para minimizar os impactos da pandemia.

O vereador ainda falou sobre os 400 anos de fundação da Câmara de São Luís, quando a Casa promoveu uma intensa campanha para celebrar a data. “Eu tive a oportunidade de ter sido eleito o presidente mais jovem da história do Legislativo Municipal de São Luís, que é o mais antigo do país e me sinto honrado em ter contado um pouco da sua trajetória em uma homenagem feita pelo Senado Federal pelo seu quarto centenário”, celebrou.

Osmar Filho ainda destacou outras ações marcantes de sua gestão, como a criação da Procuradoria da Mulher, órgão permanente e especializado da Mesa Diretora, que tem como objetivo zelar pela defesa dos direitos das mulheres e teve como sua primeira gestora a ex-vereadora Bárbara Soeiro.

Sobre o projeto do novo Plano Diretor de São Luís, Osmar relembrou que, quando a proposta chegou ao Legislativo, em 2019, promoveu oito audiências públicas inéditas – quatro na zona urbana e quatro na zona rural – para que a sociedade pudesse opinar sobre a proposta. Devolvido ao Executivo no início de 2020 para adequações sugeridas pelo Ministério Público, o projeto voltou para a Câmara recentemente com as devidas adequações e foi encaminhado a todos os vereadores e às comissões, que segundo ele, já estão fazendo suas avaliações.

Tivemos uma reunião com todos os presidentes das comissões por onde o Plano Diretor tramita e muito em breve as audiências públicas serão mais uma vez realizadas, para que a partir daí e com os pareceres das devidas comissões, possa ser apreciado pelo Plenário, afim de que a gente possa entregar um produto que vá proporcionar o avanço para a cidade”, pontuou o vereador, garantindo que esta é a maior prioridade da Casa para este ano.

Política estadual -Pré-candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa nas eleições majoritárias deste ano, Osmar Filho falou sobre sua motivação para concorrer ao cargo. “Após quatro eleições que disputei como vereador de São Luís, sempre com votação expressiva, o meu grupo me propôs um novo desafio, que é ampliar a nossa atuação para todo o Estado”, afirmou o vereador. E, entendendo que tem contribuído significativamente em todas as regiões da capital maranhense, achou que é hora de aceitar este desafio.

Sobre a eleição para o Governo do Maranhão, Osmar Filho disse que acredita que é necessário deixar em segundo plano as diferenças partidárias e convergir para o interesse comum, que é mudar a realidade do estado, referindo-se principalmente a recente união do seu grupo político, que tem como candidato o senador Weverton, e o do deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL).

Os dois têm uma característica comum de ser aguerrido e ter disposição para lutar, para fazer a boa política”, afirmou. Para o pedetista, Weverton e Josimar percorrem os mais diversos municípios do estado, discutindo com a população, conhecendo os seus problemas e apresentam soluções semelhantes. Assim, acredita que é uma união benéfica ao estado e com novas adesões que estão por vir, resultará em uma grande vitória ao povo do Maranhão.

Questionado sobre a parceria política com o deputado Josimar, Osmar disse que vê de forma bastante positiva: “Busquei essa parceria justamente por essa questão que nos une, que é de dar a nossa contribuição para um estado melhor”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.