Pais são agredidos e chamados de vandalos após reivindicarem merenda e transporte escolar para os filhos

Diante da falta de merenda e transporte escolar, pais de alunos do povoado São Raimundo, na zona rural de Palmeirândia, realizaram um protesto solicitando normalidade na prestação dos serviços citados, além de melhorias para as unidades escolar da comunidade, mas foram recebidos de outra forma pela gestão Edilson da Alvorada, prefeito municipal.

De acordo com relatos dos manifestantes, integrantes do governo municipal de Palmeirândia os trataram com grosseria, alguns deles agredidos fisicamente e acusados de vandalismo. O prefeito não quis falar com a população presente.

Revoltados com a situação, foi registrado um boletim de ocorrência na delegacia local contra o gestor.

Pais alegam que os alunos só têm merenda na escola quando os professores juntam dinheiro, em ‘vaquinha’, para comprar. A Secretaria de Educação Municipal não tem repassado os gêneros alimentícios há algum tempo.

A comunidade São Raimundo é importante base eleitoral do prefeito, que o ajudou a vencer o pleito de 2020. Atualmente, o cenário é outro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.