Mulher é presa após tramar assalto ao Sônia Drinks; cabaré que trabalhava

Três assaltantes armados entraram em um “cabarezinho” desses de beira de estrada, localizado no Aracagy e fizeram um verdadeira raspa. 

imageOs bandidos levaram celulares, joias e dinheiro dos clientes presentes. A ação foi toda esquematizada e a fita passada por uma GP que estava abandonada no Sônia Drinks há três dias sem faturar nada.

Na oportunidade, os assaltantes levaram também uma moto. A polícia foi até o local é estranhou o fato de uma das garotas não terem o celular levado durante o assalto e resolveram investigar. No celular da moça foram encontradas fotos dos assaltantes e as armas utilizadas no crime.

Poise minha gente em tempos de crise, nem as garotas de programas estão dando sorte. Essa é tão fraquinha que não conseguiu nenhum dinheirinho durante três dias e partiu para tramar o assalto, mas se ferrou.

20 Replies to “Mulher é presa após tramar assalto ao Sônia Drinks; cabaré que trabalhava”

  1. Riquinha,

    Num barzinho de encontros na praia do Olho D’água chamado Kanto A, o negócio tá é brabo pras GPs que vêm das Boites de Luxo como Zeroum, Rosana e Cristal! É que essas turistas vieram empolgadas (iludidas) a ilha do amor na esperança de faturar rios dinheiro, em torno de R$ 700,00 a R$ 1000,00 por programa, já que o ludovicense carrega a fama no Sul do País de melhor pagador de putas do Brasil!!

    Ocorre que chegando aqui elas têm quebrado a cara, diante da crise nas casas de programas e de tanta lisura dos homens da cidade. Assim, o jeito é descer pro Kanto A, pra se defender em plena luz do dia, onde se sujeitam a fazer os seus “honrosos trabalhos” num Motel boca de lixo ao lado do barzinho por até, míseros, R$ 100,00. E sexo oral, dentro dos carros da clientela, pela bagatela de R$ 50,00. Tudo isso sem o conhecimento, é claro, das madames que aliciaram elas pra vir ao Maranhão.

  2. O motel boca de lixo gente fica por trás do Canto A e não ao lado como diz silene doida. Lá as bonecas que vêm dos cabarés de luxo faturam bem mais que nas boates, porque a rotatividade de programas é grande. Numa tarde muitas delas já chegaram a dar até cinco fodas e fazer dois boquetes, resultando numa gorda diária de seiscentas pilas, ou seja, mais que quanto ganha um dos médicos ou policiais que vivem por lá. E até mesmo quanto fatura um blogueiro sem esquemas!

  3. O maranhense é GASTOSO mesmo. Vim agora de Fortaleza e Goiânia, e lá puta top, modelo, se paga é R$ 50.00 ou no máximo R$ 70,00, ninguém paga mais que isso. Oh povo besta.

    1. Gente, quem inflacionou os preços dos programas no Maranhão foi a ambiciosíssima madame Rosana da Rosana Drinks. Que em tempos memoráveis ganhou muito dinheiro e trouxe a primeira leva de “modelos” de Santa Catarina pra São Luís, para o deleite de sua imensa clientela.Turbinando, à época, gananciosamente, o cachê das suas meninas de R$ 50,00 pra R$ 300,00!!!

      E também, a proliferação de clientes-agiotas, com esquemas com prefeituras do interior, que outrora rasgavam dinheiro nos cabarés de luxo da ilha. Daí os maranhenses passaram a ser rotulados no Sul do País de Gastosos, de bons de programas, ou melhor, de trouxas!!

      Hoje esse submundo vive numa crise de demanda, reclamando da escassez de clientes, tornando necessário uma correção técnica dos preços praticados, nos moldes do mercado nacional como o comentarista “Zecão” reclama. Antes que todos quebrem e enriqueçam ainda mais a estatística de desempregados no estado! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  4. COMENTA-SE QUE NÃO FOI SÓ A ROSANA E OS AGIOTAS QUE INFLACIONARAM O CACHÊ DAS PUTAS EM SÃO LUIS. MAS, SOBRETUDO, PREFEITOS DE INTERIOR, POLÍTICOS, LADRÕES, TRAFICANTES, ASSALTANTES DE BANCOS, GOLPISTAS EM GERAL, RACKES, GENTE COM ESQUEMAS COM OS GOVERNOS. ENFIM, SÓ GENTE FINA QUE VIVIA CARTANDO DINHEIRO NESSES “CONVENTOS”. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  5. Tem gente que come até carne de onça! uma rapariga ridícula dessa! Vem cá, isso ainda encontra parceiros pra pagar? O mundo está perdido mesmo.

  6. Essa quenga horrível vivia fazendo ponto no famoso PISTÃO [ Av. que desce pro libidinoso Bar Canto A do Olho D’água, ou Av. São Carlos]. Lá o expediente começa às 10:00 h e vai até às 20:00h. kkkkkkkkkkkkkkk

  7. São Luís, o paraíso das prostitutas do Sul do país. Não é somente nos lugares ermos como nesse bar no Olho D’água, mas até no requintado Hotel Luzeiros, vez por outra, se encontra muitas delas hospedadas a “trabalho” na ilha do amor.

  8. Não é somente o cachê das “bonecas” que foram turbinados por aqui, mas, sobretudo, os drinks nas casas de programas da ilha continuam com os preços nas nuvens, apesar da crise.

    Na Cristal, por exemplo, em que pese a escassez do número de clientes, tem um folclórico “coquetel” (carro-chefe da casa) que além de batizado (suco de 3.ª + gelo + energético + qte. mínima de wisk de procedência duvidosíssima), as putas são treinadas a consumir o máximo que puder dele, pois tem o preço nas alturas (R$ 79,90). Para os lisos, de lambuja, além da entrada mínima de R$ 40,00 embutida na conta, oferta-se um chopinho cobrado pela bagatela de R$ 13,00 a unidade, com a ressalva que as putas são terminantemente proibidas de consumi-lo, posto que não dá lucro pra casa!

    Some-se a isso que na hora dos gastosos se coçar a quantidade de doses é sorrateiramente superestimada, sem se falar dos sagrados 10% dos garçons. De tudo isso resultam contas para todos os gostos e contas bancárias: de R$ 1000,00 pra meia-hora de diversão até R$ 5000,00,…. R$ 10.000,00, R$ 15.000,00… para uma noitada mais alegre!! Essa é a nossa provinciana São Luís do Maranhão, paraíso do submundo da prostituição! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.