Na manhã desta última quinta feira uma menor de 3 anos levou várias mordidas de um colega de turma.

As mordidas são comuns nessa idade, mas o que está sendo questionado é: onde estavam as professoras? Notem que a menina tem vários hematomas pelo corpo, nos braços e na coxa. Na primeira mordida já seria suficiente para  que as professoras evitassem a segunda e a terceira.

Os pais da criança estão revoltados com a situação constrangedora que a filha deles passou. A menina chorava bastante e a todo momento contava para os pais o que havia acontecido, chegando até a demonstrar medo em ir para a escola.

Todo e qualquer colégio tem a obrigação de prestar vigilância a todas as crianças no momento em que estão dentro da escola. Se as professoras estivessem atentas, jamais a menina levaria mais de uma mordida. O pior de tudo não é nem só as mordidas, pois as mesmas cicatrizam, ruim mesmo é o trauma que a menor demonstra ter.

A criança foi levada para um hospital da rede privada, onde uma pediatra deu um laudo, que fala dos hematomas e do trauma que a criança sofreu após a agressão.

O papel da escola é zelar pela integridade de seus alunos enquanto estiverem sob sua responsabilidade. Tudo isso poderia ser evitado, caso houvesse mais prudência dos professores em fiscalizar o comportamento de seus alunos, até porque se trata de crianças.

Os pais estão revoltados pelo fato ocorrido. Vão sofrer um prejuízo enorme, pois já gastaram com mensalidades, material escolar, livros, fardamento e outros, além do dano

Machucado

dxvvvvbb

20160225_105948

Tâmara Silva

35 thoughts on “Professoras do Master não evitaram que menor se machucasse dentro da escola”

  1. Isso é uma.vergonha! A escola é uma extensão da nossa casa e quando matriculamos nossos filhos, ainda mais em escola particular, esperamos que ela cuide com o mesmo amor e atenção que dedicamos a eles em nossas casas. Fico triste ao perceber que no final das contas a pobre criança que paga “o pato” e fica com traumas que demorarão a ser superados! Se é que serão…

  2. PELO VISTO ESSA FALTA DE ATENÇÃO DOS PROFESSORES DESTA ESCOLA PARECE SER UM FATO COMU.TENHO UM SOBRINHO DA MESMA IDADE DESTA CRIANÇA AGREDIDA, NO SEGUNDO DIA DE AULA ELE CHEGOU COM O ROSTO NA ALTURA DO OLHO MACHUCADO ,A RESPOSTA DADA PELA PROFESSORA QUE A CRIANÇA FOI AO BANHEIRO E ESCORREGOU NO PISO MOLHADO .AI PERGUNTO . CADE A PROFESSORA PARA ACOMPANHAR A CRIANÇA ? É CERTO DEIXAR UMA CRIANÇA DE APENAS 3 ANOS IR AO BANHEIRO SO/? ESTOU MUITO MUITO REVOLTADA COM ESSE ACONTECIMENTO .

  3. Eu acho um absurdo, principalmente por se tratar de um colégio particular, tudo bem que se trata de crianças, mas faltou atenção dos tutores. Esse é o meu medo em colocar logo minha filha em um colégio, mesmo que ele seja privado.

  4. Acredito q é criança mas tudo tem limites uma criança morder várias vezes a colega? isso ñ é uma criança.. além de tirar meu filho dessa escola entraria com uma ação..

  5. Ontem estava em um m hospital público e chegou uma criança de 3 anos com a testa quebrada q um coleguinha empurrou a mãe indignada com a situação porque paga uma creche escola cara para acontecer isso

  6. Nada paga e apaga o trauma que esta criança sofreu e deve estar sofrendo.
    Enquanto aos gastos, nada mais justo do que a escola reembolsar os pais pelo mesmo já efetuado. Levando em consideração que tudo isso atinge o psicológico da criança, pagar um tremendo psicológico à mesma.
    Justiça tá aí pra isso mesmo. É correr atrás do prejuízo causado.

    1. Na minha casa ninguém morte meus filhos. Muito menos vou pagar escola cara para ver minhas filhas mordidas por filho de gente mal educada, sim pq educação vem de berço. Não admito. Eu processaria a escola. E vc… que nunca viva isso…pois é muito doloroso ver seu filho ser agredido por outra criança.

      1. Criança que morde é pq não teve educação e é filha de gente mal educada? Pare de falar merda, leia e estude um pouco sobre o assunto, mordida é uma forma de se defender de algumas criancas.

  7. Vejo muitos falando dos professores,mas o certo seria os pais educarem seus filhos para nao morderem os coleguinhas!Se eu tenho um filho minha obrigação como mãe é educa-lo para respeitar o coleguinha,muitas vezes o professor chama a direção e ate mesmo os pais da criança que mordedora,mas eles não fazem nada por não terem domínio sobre seus filhos,por nao ensinarem a respeitar o próximo.Não estou dizendo que os a pais da menina que foi mordida tem culpa pelo contrário,mas que os professores estão ali para passar de certa forma uma didática para as crianças…Lembrando que educação vem de casa escola da formação e convívio social.Então o certo mesmo seria era chamar os pais responsáveis de cada um envolvidos e resolverem com a direção e professores…porque é muito fácil botar a culpa nos professores quando tem que educar é os pais…Um criança morder um coleguinha varias vezes não é normal.

  8. Eu e meus irmãos estudavamos no Master, quando meu irmão tinha uns 9 anos e ainda fazia o master kids ele caiu na sala, bateu a cabeça e desmaiou, tinha duas prifessoras na turma e as mesmas falaram que não o viram caindo só viram ele desmaiando. A coordenação não avisou os meus pais, ao invés disso foram na minha sala e me chamaram para falar que ele tava desmaido, na época não tinha nem uma enfermeira e foi eu que liguei para minha mãe. Pedi para a coordenadora dele ligar para taxi e a mesma disse que ligou, mas esse taxi nunca que chegou o meu outro irmão que foi chamar um no posto de taxi perto da escola, tive que carregar meu irmão pois ele estava tonto e a escola não me deu nenhuma ajuda. Meu irmão ainda vomitou no taxi. Quando minha mãe chegou em casa levou ele no médico por que ele ainda continuava vomitando e com dores de cabeça.

  9. Concordo Valquíria, há situações e situações. Não estou defendendo mas vá saber quantas crianças estão nessa sala?! Será que eh só a professora que tem culpa?! Escolas particulares estão tão cheias quanto as públicas e com uma única e pobre coitada pra dar conta de tudo.

  10. Lamentável , ainda mais por se tratar de uma escola particular , a criança muitas das vezes sentem oprimidas dentro da escola , a criança agressora deveria ser instruída o que fez e errado , uma conversa com país seria importante pra identificar a origem da agressão e caberia sim ação judicial.

  11. Moro.em Teresina e meu filho estuda em uma escola particular, no primeiro dia de aula ele recebeu uma mordida de um coleguinha e imediatamente a professora interviu e ligou tanto para mim e para o meu marido quanto para os pais da criança que mordeu, alem de comunicar o ocorrido nos orientou como fazer na instrução da criança e são 20 alunos na sala do meu filho. Por isso acho que a escola como um todo tem responsabilidade sim… As professoras principalmente, pois estão trabalhando diretamente com os alunos, a escola é um complemento na educação dos nossos filhos.

  12. eu sinto muito, trabalho em uma pre escola a 12 anos, isso e horrível, mas acho que os professores deve tomar muito cuidado nessa idade, e os país também que quando a criança mordem ja vem esse instinto de casa e os pais nao tiram esse costumem. acham graça quando vão pra escola acaba mordendo outras crianças.

  13. É muito fácil jogar a culpa nas professoras, nao vi ninguém aqui falando da direção ou coordenação da escola. Sabe por que? Porque a corda arrebenta do llado mais fraco! Na maioria dessas escolas a professora sofre com péssimos salários, pais mal educados, salas super lotadas, tendo muitas crianças especiais e uma direção omissa. Então, antes de criticarem as professoras que se desdobram para cuidar de seus filhos, se botem no lugar delas e pense se vc daria conta de cuidar de 25 filhos se que acidentes acontecesse. Antes de matricularem seus filhos, pergunte quantos alunos têm em sala, porque afinal o mesmo descuido que a pprofessora teve, vc tbm teve ao não saber e não se importar em quantos alunos haveriam na turma.

  14. Sou professora da rede pública e já trabalhei em rede privada. Tenho um filho que estuda em rede privada. Fico triste por saber que tem colegas que são negligentes nessas situações. Isso é inadmissível, principalmente em si tratar de uma criança de 3 anos que requer atenção maior. Li outro comentário que diz que uma criança da mesma idade quebrou a testa indo ao banheiro. Como? Está criança no mínimo estava sozinha. Acredito que essas colegas precisam rever conceitos e responsabilidade no magistério. Nossa tarefa é árdua, mas precisamos amar, dedicarmos e sermos cautelosos e atenciosos. Lamentável essas situações relatadas. No mínimo, a escola deverá tomar providências ou pelo menos medidas que possam dar aos pais confiança no trabalho realizado pela entidade.

    1. Eu, sinceramente, fico perplexa! Não com os professores em questão, mas por saber que nunca deixaremos de ser um país subdesenvolvido! Sabe pq? Porque nós temos a triste mania de culpar, apontar o dedo e sair criticando qualquer pessoa, menos a si mesmo! E por outro lado, fico feliz em saber que existem pais tão “responsáveis e atenciosos” ao ponto de não deixar acontecer nada com seus filhos (pois se criticam tanto, supõe que essas mesmas pessoas não cometam o mesmo erro). Quantos filhos vcs têm? 1…2…3…4? Vcs já deixaram seus filhos caírem? Já deixaram seus filhos se machucarem? Seria inadmissível alguém responder que SIM! vcs sabem quantos alunos têm numa sala de aula? Enquanto os pais cuidam de 1 ou 2 e ainda não dão conta, PROFESSORES CUIDAM DE 15 OU MAIS, NA MINHA CIDADE, NUMA SALA DE AULA DE ESCOLA PRIVADA TEM DE 28 A 30 CRIANÇAS! E AÍ? VCS DARIAM CONTA DE NÃO DEIXAR QUE NADA, DEFINITIVAMENTE NADA ACONTECESSE COM NENHUMA CRIANÇA? DARIA CONTA DE ENSINAR, CUIDAR , EDUCAR. ..SIM! EDUCAR! PORQUE INFELIZMENTE EXISTEM PAIS QUE PENSAM QUE EDUCACAO TEM QUE APRENDER NA ESCOLA! POBRES IGNORANTES! A ESCOLA É UM LOCAL DE TRANSMISSÃO DE CONHECIMENTOS, MAS MODOS DE COMPORTAMENTOS, VEM DE CASA! AÍ, O QUE ACONTECE? A CRIANÇA ESTÁ NUMA FASE ONDE A MORDIDA SERVE COMO AUTODEFESA, A PROFESSORA APESAR DE SER UMA SIMPLES MORTAL, MAS EXIGEM QUE ELA SIMPLESMENTE TENHA PODERES DE INTERFERIR E DAR CONTA DE DEZENAS DE CRIANÇAS E QUE NADA ACONTECE COM NENHUMA DELAS! COBRAM COISAS QUE NEM MESMO ELES CONSEGUEM FAZER! ACREDITO QUE ANTES DE CRITICAR E JULGAR, DEVERIA PRIMEIRO CONHECER A REALIDADE DE UMA SALA DE AULA, TODAS OS DESAFIOS E DIFICULDADE! CRITICAR É FÁCIL, FAZER MELHOR, ISSO NINGUÉM QUER!

  15. O debate em questão não é a quantidade de alunos em sala, mas sim a quantidade de mordidas em uma única criança. Será que essa professora não viu a primeira mordida? Estava na sala?

  16. E o pior e que muitas dessas professoras já vão trabalhar ,não porque gostam mas sim pela necessidade.
    Tem delas que qdo chega na sala de aula e com aquela cara.
    Se fosse minha filha eu ia era pra cima da professora, é ela que está ali com as crianças ,uma mordida ainda vai,agora várias ?O que está professora estava fazendo nessa hora?
    Muito estranho.
    Aquela escola e só fachada,tem muitas outras escolas mais simples sendo privada e com professores muio atenciosos.
    Pai ,mãe !Corre atrás dos seus direitos ,essa criança levar varias perdidas um absurdo ,revoltante???????

  17. Nunca li tanta babaquice! Morder é uma fase que TODA criança passa, independente da educação que recebem dos pais! Que idiotice!
    Por outro lado, colocar a culpa APENAS nas professoras é muito fácil! Queria ver vocês que estão acusando tomarem conta de uma sala com 25 ou 30 crianças, muitas vezes sem auxiliar, com péssimos salários (pq TODAS pagam mal) e uma cobrança miserável de todos os lados!
    Parar para ouvir, analisar a situação não custa nada!!!

  18. Pais e mães que comentaram aqui achando um absurdo: coloquem os filhos de vocês em uma bolha até os 12 anos. Pois crianças brigam, caem, se mordem… Sempre foi assim e sempre será! Com professoras atentas. Respeitem pessoas que estudaram e que fazem de tudo para a educação de seus filhos, que muitas vezes vem sem limite de suas casas, casas essas que tem “pais perfeitos” .

    Levem este caso pra o programa “ta no ar” tem um quadro que fala exatamente sobre as agressões de crianças para com crianças!

  19. Que perdoem os colegas de profissão. Nós realmente estamos sujeitos a esse risco.
    De fato, fatalidades realmente podem acontecer. Mas como disse, fatalidades! A quantidade de mordidas que essa criança recebeu, me faz pensar em quanto tempo esse ato ocorreu!
    E dizer que nesse tempo todo, provavelmente entre gritos ninguém conseguiu perceber q tal fato ocorria, é inadmissível!
    Realmente escolas particulares tem lotado as salas de aula, mas quem aceitou trabalhar desta forma, junto com isso também aceitou esse tipo de risco! Infelizmente, virão as consequências!

  20. Santa idiotice! Quer dizer que agora os pais terão que aceitar seus filhos mordidos por todo o corpo, porque é natural crianças morderem nessa fase. tsc tsc
    Ow querida, pra isso é que existem profissionais para lidar e evitar que isso ocorra. E se salas são lotadas e professores não dão conta, ou são mal remunerados o que os pais e as crianças têm a ver com a irresponsabilidade da escola em sustentar isso?
    Agora quer dizer que os pais têm que aceitar seus filhos mordidos por todo o corpo, porque a escola não contrata quantidade e remunera dignamente professores. Ahh faça-me o favor.

  21. A frase que mais li: “Lamentável, ainda mais por ser particular”.
    Nossa, que ridiculo. Quer dizer que as crianças que estudam em escolas particulares devem receber mais atenção que as públicas? Larguem de ser ignorantes.
    O outro disse: “Os pais que deveriam ensinar o filho a não morder”.
    Se tivessem um pouco de conhecimento sobre desenvolvimento, saberiam que com 3 anos a criança nao está com a oralidade plenamente desenvolvida e ao tentar se comunicar, morde, pois quer externar seus desejos. Isso se chama fase oral.

    É muito fácil ler essa notícia e, com o texto super tendencioso, meter o pau na escola. Vamos procurar profissionais antes de falar de um assunto que não tem conhecimento?

    1º: Quem garante que a criança que foi mordida chorou e despertou atenção da professora? Vocês sabiam que as vezes as crianças tão brincado (dentro da casinha, atrás de um brinquedo) e o morder aparece como parte da brincadeira e a criança não chora? Não, vocês não sabem. Nem são obrigados porque não são profissionais, por isso, não falem asneiras.

    2º Trauma? Quem disse que isso levará a criança a ter traumas? Agora talvez tenha devido à avalanche de escândalo que os pais fizeram (o que também acho aceitável, Pq ngm gosta de ver o filho machucado). Mas não precisa fazer isso na frente da criança.

    3º Vamos lembrar que estamos no primeiro mês de aula. As crianças estão em fase de adaptação, mordidas e não querer ir pra escola é normal. Não achem que lá as professoras (que ganham um salario ridiculo) estão maltratando vocês.

    Ler esses comentários me deu ânsia de vomito. E se fazem tanta questão de falar que pagam uma escola particular, então paguem uma que seja referência mesmo, porque pagar uma escola que nem nome tem no mercado, não dá a vocês direito de abrir a boca pra nada!

  22. Eu ainda me surpreendo com as pessoas!!! É cada comentário patético e ridículo. Como uma pessoa disse aqui e q com certeza é mãe.
    COLOQUE SEUS FILHOS DENTRO DE UMA BOLHA!!!

    Tem um q diz q isso não é uma criança.
    Meus Deus onde vai parar essa “humanidade”!!! E depois colocam culpa na Dilma!!!

  23. Cade os pais dessa criança que mordeu o (a) coleguinha? Professores chamam atençào dos pais e sabe como eles ficam? Com raiva de saber dos professores que seu filho ou filha é um (a) mal educado (a). Minha filha estuda lá, já foi mordida e eu nao sair culpando as professoras, uma vez que o maior responsavel é o pai ou mãe dessa criança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *