Escola se recusa matricular jovem de 15 anos por ter dificuldade de ler e escrever

No bairro do João de Deus, uma escola está sendo acusada de recusar a matrícula de um jovem morador do bairro Vila Conceição, a justificativa da recusa, seria pela dificuldade de escrita e leitura que o aluno apresenta.

A escola foco da denúncia, seria a UEB Maria José Vaz dos Santos, que já passou por duas reformas e até o momento não se encontra em condições para receber os alunos, e a diretora da escola se justifica dizendo que o local não tem condições necessárias para receber o jovem.

De acordo com informações, após ser renegado pela escola o jovem passou a apresentar problemas psicológicos e se sentir inferior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.