3 municípios do Maranhão tem FPM bloqueado

As informações pontuam que a decisão foi tomada por conta da falta de pagamento do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), dividas com o INSS e com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Os municípios de Imperatriz, Balsas e Itinga ficaram com suas contas bloqueadas até que os prefeitos identifiquem qual o órgão que determinou o congelamento do repasse, para então se regularizar com a União.

As cidades fazem parte de uma lista de 52 municípios espalhados por todo o Brasil, que também estão passando pela mesma situação. Neste mês de fevereiro os municípios já haviam recebido 12,1 bilhões do FPM, um valor, 21% maior do que o recebido no mesmo mês do ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.