Deputada Mical Damasceno é barrada por não ser vacinada

A Assembleia Legislativa do Maranhão (ALEMA), divulgou em seu diário oficial na última sexta-feira(7), a decisão de obrigatoriedade da apresentação do comprovante de vacinação, contendo às duas doses, além do uso obrigatório de máscara até o dia 31 de janeiro.

Decisão essa que vai impossibilitar a entrada da Deputada Mical Damasceno, ela por decisão pessoal preferiu não se vacinar contra o novo coronavírus.

A Deputada ficará impedida de entrar no seu local de trabalho a partir da próxima semana, se estendendo até o dia 31 de janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.