Não basta ser corno, tem que ir no motel confirmar o chifre

Gente, que ridículos os últimos acontecimentos dessa semana. Esses homens estão fazendo “a louca” nos motéis.

Casal mantinha relação extra-conjugal há três meses

Além de serem traídos, eles agora inventaram de filmar as traidoras em pleno adultério. Como se não bastasse a situação ser humilhante pra todos os envolvidos, eles ainda acham de divulgar pela internet á fora.

Ontem em Presidente Dutra a discípula da Fabíola foi ajudada pelo marido a mostrar a cara. Foi um bafafá!

O homem que foi vítima de adultério perdeu totalmente as estribeiras, arrancou o casal de “traíras” de dentro do carro e desceu porrada no pé-de-pano. O couro comeu. Então pra finalizar tudo, o marido cometeu o crime de sequestro, levando o rival para um lugar reservado e durante o percurso achou de entrevistá-lo.

Uma verdadeira loucura. Eu não sei realmente o que ta se passando na cabeça dessas mulheres que estão jogando suas famílias pro alto para viverem aventuras.

Trair é uma atitude reprovável, é expor o companheiro ou companheira á uma situação vexatória e humilhante. As pessoas que são traídas se tornam passionais, mas não é por isso que elas tem o direito de espancar, matar e sequestrar e muito menos sair por aí difamando as outras.

Vejam o tamanho do barraco:

 

 

3 Replies to “Não basta ser corno, tem que ir no motel confirmar o chifre”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.