Ex-dançarina do Forró Bambambam é presa ao tentar roubar Correios em Zé Doca

A Polícia Civil do Maranhão desarticulou uma quadrilha liderada pela Rafaella, vulgo, Loirinha do crime.

A loira dançava na Forró Bambambam, de propriedade do filho do prefeito de Paço do Lumiar. Rafaella trocou o forró pelo crime, e com o auxílio de seu namorado bandido acabou se envolvendo á fundo no crime.

O serviço de inteligência vinha rastreando a gatinha, que estava fortemente armada.

Loirinha do crime junto com seus irmãos de bandidagem se preparavam para roubar uma agência dos correios em Zé Doca. Com a loira foi encontrados revólveres calibre 38.

 

16 Replies to “Ex-dançarina do Forró Bambambam é presa ao tentar roubar Correios em Zé Doca”

    1. Rapaz vc bao pode falar assim, deixa de ser infantil nem todas as dançarinas nao essa palavra que vc ta chamando, mas respeito viu seu muleke atrevido

    2. Olha querido… já fui dançarina. Parei por problemas pessoais, mas pretendo voltar. Sou formada, microempresária, casada. Há! E não sou puta!

  1. Sinto te informar mais vc esta errada quanto a essa vagabunda ai. Essa mulher é aqui da cidade de raposa, e nunca foi dançarina profissional, pois ela sempre foi é garota de programa lá no canto do A no olho dagua. Se dançou em algum lugar, foi uma ou duas vezes fazendo bico. O marido dela morreu a poucos meses, assaltante perigoso morto em troca de tiros com a policia. O primo dela morreu a poucos meses também, vitima de tiros na porta de casa, ele conhecido como VERDINHO, traficante muito conhecido na raposa.

  2. Pra saber disso tu confirma né vagabunda riquinha, tu não perde por esperar. Quero ver se lei de imprensa vai t proteger que nem jornalista tu es

  3. A garota já morou na Cidade Olímpica mesmo. Estudou comigo até. Fiquei triste ao ver a notícia. O nome dela é Késsia. O jornal O Imparcial trás a notícia correta. Sobre o fato dela ser dançarina, acredito que deve ter dado uma breve passada pela banda sim, lembro-me que sempre dançou muito bem e conheço a maioria das dançarinas, não lembro de tê-la visto por um longo período na banda. Mas… as “facilidades” que o mundo do crime traz devem ter chamado mais atenção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.