Faculdade UNINASSAU é prejudicada por incompetência do Ministério da Educação (MEC)

O que devia servir de servir de exemplo para a honestidade e desenvolvimento da educação. Hoje, é visto como uma bagunça sem fim. O Ministério da Educação (MEC) divulgou o Índice Geral de Cursos (IGC). Nele a Faculdade UNINASSAU de São Luís recebeu a nota 2.

Logo após veio à tona que essa nota atribuída a Instituição foi resultado da avaliação de um único curso, o de Radiologia, quando na realidade a UNINASSAU São Luís possui 29 cursos autorizados.

Em nota a Faculdade UNINASSAU disse:

A Faculdade UNINASSAU São Luís esclarece que o Índice Geral de Cursos (IGC) da instituição foi atribuído erroneamente e que a correção da nota já foi solicitada ao Ministério da Educação (MEC). A nota 2 atribuída a Instituição foi resultado da avaliação de um único curso, o de Radiologia, quando na realidade a UNINASSAU São Luís possui 29 cursos autorizados, que por serem novos, ainda não foram avaliados e não possuem notas (CPCs). Pela legislação, é necessária a avaliação de, pelo menos, 50% dos cursos da instituição para estabelecer o IGC da instituição, o que torna o resultado divulgado inválido. A Instituição reforça que trabalha para manter altos níveis de qualidade docente e infraestrutural, atingindo assim os melhores níveis de avaliações exigidos pelo MEC, pela sociedade e pelo mercado de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *