Vereador Ostentação abandona namorada grávida porque ele quer ser deputado federal

“Assumir em que car#lho? Já nasceu? Me larga de mão” , este  é o modo em que o vereador se refere á criança

O vereador Leandro Belo se meteu em uma confusão daquelas. O suplente engravidou a namorada e após saber que seria papai, não conseguiu absorver a situação e acabou bloqueando a moça. 

Leandro Belo vem de uma família “tradicional”, onde ele pretende arrumar uma filha/neta/bisneta/sobrinha de político ou de ministro, por isso acha que ter um filho DE UMA MÉDICA (que dá plantão de domingo á domingo) não é um bom jogo.

Amigos próximos a namorada do vereador relatam que a jovem está tendo dificuldades em conseguir contato com o pai do próprio filho. Eles mesmos ainda relatam que o vereador não quer ter um filho com a doutora por conta de sua carreira política, ele pretende ser deputado federal e vê a criança como atrapalho (brincadeira né, meu caro?).

Para quem não sabe, Lenadro Belo, não conseguiu nem se eleger vereador, ficou como suplente e hoje conseguiu assumir o cargo.

As pessoas comentam que o que a mãe da criança quer é apenas que o pai faça seu papel de homem e reconheça o filho, ajudando como se deve ajudar uma criança que não pediu pra nascer.

Deputado Wellington volta a cobrar a PEC 300 para militares do Maranhão

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) voltou a cobrar do Governo do Estado que aprecie a possibilidade de implantar a PEC 300 estadual para os militares do Maranhão. A solicitação do deputado Wellington foi apresentada, incialmente, em fevereiro de 2015, no início do mandato.

Ao cobrar uma postura do Governador, Wellington ressaltou que a implantação da PEC 300 foi um dos “compromissos” firmados pelo Governo do Estado e ressaltou que continuará em defesa dos militares.

“Já no início do mandato, em fevereiro, apresentamos a indicação 49/2015, que, entre outras solicitações, cobra a implantação da PEC 300. Apresentamos a solicitação porque foi uma das promessas de campanha do Governador Flávio Dino. Quase três anos já se passaram e, até o presente momento, não há nenhuma sinalização por parte do Governo. Reforçamos aqui o nosso pedido que, certamente, implicará na valorização dos nossos militares”, disse Wellington.

De acordo com a proposta da PEC 300 estadual do Maranhão, passa-se a ter um reajuste nos subsídios de coronel, tenente-coronel, major, capitão, tenente, aspirante, cadete, subtenente, sargento, cabo, soldado e, ainda, aluno soldado.

Informativo Câmara Municipal de São Luís

Genival pede Mais Asfalto para dois bairros de São Luís 

O vereador Genival Alves (PRTB) protocolou durante essa semana na Câmara Municipal de São Luís indicações solicitando ao Governo do Estado que realize estudos de viabilidade técnica com o objetivo de incluir ruas de dois bairros de São Luís no programa ‘Mais Asfalto’.

O parlamentar pediu a realização serviços de drenagem e pavimentação nas ruas Três e Quatro, do Jardim São Cristóvão II. Segundo ele, a vias que servem de rota de fuga, estão praticamente intrafegáveis.

As ruas Rio Mearim, Rio Guamã e Rio das Flores, localizadas no bairro Geniparana também devem receber drenagem e asfaltamento do ‘Mais Asfalto’ por causa da solicitação de Genival. Ele acredita que o Governo do Estado em parceria com a Prefeitura vai atender à solicitação, porque a região está em expansão.

Os ofícios foram enviados para Secretaria de Infraestrutura, que vai incluir as ruas no programa.

 

Silvino Abreu faz pleito de serviços de tapa buracos para o Tibirizinho

Com o objetivo de garantir melhorias para todos os bairros que formam São Luís, o vereador Silvino Abreu (PRTB) protocolou junto à Mesa Diretora da Câmara Municipal, um requerimento solicitando que Secretaria Municipal de Obras de Serviços (SEMOSP) realize com urgência serviços de tapa buracos na Rua 8 de Setembro no Tibirizinho, zona rural da capital.

Segundo o parlamentar, o pedido deve ser executado em pouco tempo, porque o período chuvoso já terminou e foram anunciadas obras de recuperação de ruas para toda cidade.

“Esse requerimento faz parte uma série de pedidos solicitando a Prefeitura e ao Governo do Estado drenagem, operação tapa buracos e pavimentação para bairro de todas as regiões de São Luís”, destacou Silvino.

Após aprovação dos vereadores, o requerimento de Silvino Abreu foi encaminhado a SEMOSP, eu irá realizar estudos para executar a obra.

Edson Gaguinho solicita recuperação asfáltica da avenida Belo Horizonte no bairro Maria José Aragão

Nessa terça-feira (05) durante sessão na Câmara Municipal de São Luís, o vereador Edson Gaguinho (PHS) apresentou indicação nº337/17 em que solicitou a recuperação da Avenida Belo Horizonte, localizada no bairro Maria José Aragão.

A indicação, que será enviada ao Governo do Estado, solicita em caráter de urgência, a execução de serviços de recuperação asfáltica e esgotamento sanitário.

Para o parlamentar, a indicação é justificada pela reivindicação dos moradores da área que reclamam da grande quantidade de buracos que tomam conta da avenida causado transtornos para a população.

“A situação dessa avenida no bairro Maria José Aragão está complicada, recebi várias reclamações de moradores e por isso estou apresentando esta indicação. Com a recuperação dessa avenida, vamos pôr fim a esse problema que assola centenas de famílias. Espero que o Governo do Estado atenda a reivindicação”, concluiu Edson Gaguinho.

Magistrados da baixada maranhense decretam ilegal feriado na última segunda feira

Mozart Baldez é advogado

Na última segunda-feira (11) , este articulista, no exercício pleno da Presidência do SINDICATO DOS ADVOGADOS DO ESTADO DO MARANHÃO – SAMA (Art. 8º, inciso I, da CF), entidade de primeiro grau representativa dos Advogados do Maranhão, fez uma visita relâmpago e de surpresa em algumas comarcas do interior da baixada maranhense para verificar se havia juiz trabalhando.

Aliás, esse é um desejo antigo do SAMA: no sentido de que a Corregedoria Geral de Justiça – CGJ e o Conselho Nacional de Justiça – CNJ, exerçam individualmente, no âmbito de suas competências, reiteradas fiscalizações nas comarcas da capital e do interior, mediante sorteio sigiloso e em dias em que eles comumente ” decretam seus próprios feriados” em detrimento da população.

Foram percorridos vários quilômetros via terrestre de Maracaçumé a São Luís e produzida a gravação de vários vídeos em frente aquelas repartições judiciárias aonde os juízes estavam ausentes. Em seguida foram publicadas as edições nas redes sociais com vistas a dar conhecimento à sociedade maranhense de que o judiciário local é mal administrado e não exerce a fiscalização esperada. E que o contribuinte sofre prejuízo irreparável, porque suas demandas não são julgadas em tempo razoável por falta de produção decorrente dessa condenável prática.

A operação do SINDICATO tendo à frente o presidente foi feita in loco e através de telefonemas para as secretarias judiciais. Municípios como Alcântara, Bequimão, Centro Novo, Candido Mendes, Maracaçumé, Nunes Freire, Maranhãozinho, Turiaçu, Pinheiro, Carutapera, São Vicente de Ferrer, São Bento, São João Batista e adjacências, com exceção dos Municípios de Santa Helena e Viana, estavam na última segunda-feira (11/90/17) desguarnecidos de magistrados e consequentemente de prestação jurisdicional.

A propósito, por oportuno, urge contestar o pagamento do AUXÍLIO-MORADIA concedido aos magistrados por força da Lei Complementar n.º 35, de 14 de março de 1979, conhecida como Lei Orgânica da Magistratura Nacional, que dispõe em seu artigo 65, inciso II, que, além dos vencimentos, poderá ser outorgada aos magistrados, entre outras vantagens, ajuda de custo, para moradia, nas localidades em que não houver residência oficial à sua disposição.

Mais indignante ainda, sobre o tema (auxílio-moradia) foi assistir a entrevista do ex presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, em outubro de 2014, Desembargador José Renato Nalini, dada ao Jornal da Cultura. Verdadeira decepção.

Ao ser indagado por um telespectador sobre a concessão do benefício “auxílio-moradia” pelo STF, José Renato Nalini responde, ipsis verbis: – Esse auxílio-moradia, na verdade, disfarça um aumento do subsídio que está defasado há muito tempo. Aparentemente o juiz brasileiro ganha bem, mas ele tem 27% (vinte e sete por cento) de desconto do Imposto de Renda, ele tem que pagar plano de saúde, ele tem que comprar terno e não dá pra ir toda hora à Miami comprar terno, pois a cada dia da semana ele tem que usar um terno diferente, uma camisa razoável, um sapato decente, ele tem que ter um carro, né? Concepção absurda!

Há três anos, em 15 de setembro de 2014, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, proferiu isoladamente decisões liminares que concederam irrestritamente o famigerado auxílio-moradia a todos os juízes brasileiros no valor mensal de R$ 4.377,73.

Desde então, o referido magistrado tem se negado a permitir que seu tribunal aprecie suas decisões, seja para referendá-las, seja para reformá-las, em descumprimento da regra expressa constante do inciso IV do artigo 21 do Regimento Interno do seu tribunal.

A sociedade brasileira se tornou inteiramente refém de uma decisão unipessoal de apenas um ministro do STF, dada em usurpação da competência do colegiado.

De um ano para cá, nada ou quase nada mudou… para melhor, verdade seja dita. Bem pelo contrário, o quadro de disfuncionalidade institucional agravou-se a ponto de ser captado pela Fundação Getúlio Vargas, na edição de 2017 do Índice de Confiança na Justiça. Conforme noticiado pela Conjur o percentual da população que considerava o Ministério Público e o Judiciário “confiáveis” oscilou respectivamente de 44% e 30% (em 2016) para 28% e 24% (em 2017).

Na verdade o SAMA não é inimigo da magistratura porque ‘’os dedos das mãos não são iguais’’ como dizem os antigos. O que o SAMA defende é que o juiz cumpra a jornada de trabalho completa nas comarcas e que o auxílio-moradia não seja mais uma falsa sensação de lesão do contribuinte, já que o magistrado maranhense em quase sua totalidade recebe o benefício e não mora na sede do trabalho.

Há necessidade extrema da aprovação de emenda constitucional que garanta expressamente ao Legislativo o poder de sustar atos normativos de quaisquer poderes e funções estatais que exorbitem da função regulamentar, como forma de aperfeiçoar o sistema de freios e contrapesos: como pode uma decisão liminar que causa um prejuízo de 1 bi por ano ao país não ter como ser revertida porque um único juiz ( Fux) de pirraça alega que não vai pautar. E pronto, fica por isso mesmo. Com que moral podem condenar os políticos se recebem recursos de forma inconstitucional. E fiquemos de olho, pois os seus pares estão no Congresso lutando diariamente contra a PEC do teto, mas conhecida como PEC da sem-vergonhice.

Fica aqui como registro da maratona do SAMA os louváveis exemplos a serem seguidos pela Juízas Cynara Elisa Gama Freire, Titular da Comarca de Santa Helena, Odete Maria Pessoa Mota Trovão e Carolina de Sousa Castro , ambas da Primeira e Segunda Vara de Viana que estavam regularmente trabalhando numa segunda-feira enquanto seus colegas estavam ausentes.

MOZART BALDEZ
Presidente do SAMA – SINDICATO DOS ADVOGADOS DO ESTADO DO MARANHÃO

Nota de Esclarecimento da HR

 

1 –  A HR vem a público informar que no dia 12/09/2017 passou por fiscalização da receita federal  em razão da comercialização de produtos importados;

2 – A fiscalização coordenada pela receita federal e com o apoio da polícia federal teve o intuito de coibir a venda ilegal de produtos de origem estrangeira;

3 – Durante a fiscalização nas dependências da HR alguns produtos importados foram levados para conferência junto à sede da receita federal em São Luís em razão da não apresentação in loco dos respectivos recibos fiscais. Sendo determinado que no prazo de 24 o fizesse junto a aquele órgão;

4 – No prazo determinado a HR apresentou a documentação pertinente o que resultou na consequente liberação das mercadorias;

5 – Por fim, expõe a seus clientes e amigos e ainda a população em geral que todas as explicações legais serão ofertadas no momento oportuno para isso e que está a disposição e apta para colaborar com todos os órgãos fiscalizadores.

Carol Carvalho se exibe com o novo amor em Angra dos Reis

A apresentadora Carol Carvalho, a Coroxa, mostrou o novo namorado em Angra dos Reis. Ambos estavam com uma turma de amigos  fazendo diversos passeios maravilhosos.

Para quem não sabe, Carol sofreu muito no final do ano de 2015 com a perda de seu marido, que a deixou prematuramente. Graças a Deus a loirinha já refez a vida e agora está feliz ao lado de seu novo boy.

Ana do Gás participa de entregas de obras e anúncios de melhorias em Presidente Dutra

Na última terça-feira (12), a deputada Ana do Gás esteve em sua região, na cidade de Presidente Dutra acompanhando o governador Flávio Dino e sua comitiva na entrega de várias obras que contribuirão para resolver problemas que há tempos traziam transtornos para a população. A comitiva do governo vistoriou obras, sendo uma delas a tão esperada reforma do Hospital Macrorregional do município, o Socorrão que tem grande fluxo de atendimentos por dia. Vistoriou ainda a construção do prédio da nova unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IEMA.

Na ocasião, o governador inaugurou uma unidade do CIRETRAN (Circunscrição Regional de Trânsito), órgão do DETRAN para honrar o compromisso de melhorar as condições de tráfego. Entregou também um poço para auxiliar no abastecimento e distribuição de água no bairro da Cohab que atenderá aproximadamente 5 mil pessoas. O poço tem vazão de 50 metros cúbicos por hora e 104 metros de profundidade e resolverá um problema histórico de Presidente Dutra. Foi anunciado ainda pelo governador Flávio Dino que a cidade receberá mais uma etapa do programa Mais Asfalto que levará serviços de recapeamento e asfaltamento em mais 9 quilômetros no município além dos 15 que já foram asfaltados.

“São grandes obras e altos investimentos que o governo do Estado vem fazendo nessa região. Hoje aqui em Presidente Dutra tivemos a entrega de um poço no bairro da Cohab que vai melhorar a vida da população com água de qualidade e saneamento básico que tanto precisavam. O Ciretran com as melhorias para o tráfego, o IEMA que é para mim um dos mais importantes investimentos em Educação do governo do Estado e a reforma do Socorrão, uma das obras mais esperadas não só pelos moradores de Presidente Dutra, mas de toda regional, comprova que estamos tendo um governo sério que honra suas promessas”, declarou a deputada Ana do Gás.

Donos de lojas de roupas e acessórios falsos estão aterrorizados

Está sendo algo muito comum a venda de roupas, sapatos e acessórios femininos falsificados, aquelas famosas réplicas de primeira linha.  Essas pessoas estão agora até desativando as redes sociais de suas lojas tudo pra poder não serem alvo da PF, que hoje foi bater na porta das lojas  Lushe Store e HR For Men, na Avenida dos Holandeses.

 

Mulheres, homens que estão até abrindo lojas nos shoppings da capital vendendo livremente bolsas falsificadas e por preços exorbitantes. Alguns vendedores não negam que o que estão vendendo ali são produtos falsificados trazidos diretamente da 25 de março em São Paulo.

A exemplo, uma leitora do blog relatou que foi ao Shopping Tropical e encontrou uma loja que vende Louis Vuitton assumidamente réplica. Ainda existe uma loja virtual que patrocina ricas e poderosas de São Luís que age livremente e assumidamente vendendo objetos falsificados. 

Hoje (12) pela manhã as lojas Lushe Store e HR For Men foram alvo de uma ação da Polícia Federal, que apreendeu mercadorias suspeitas de ambos os estabelecimentos. Ambas lojas que vendem produtos de grife.

Agora os que vendem esse tipo de mercadoria que se segurem, pois a Polícia Federal não brinca em serviço.