Prefeito Rigo Teles pede solução urgente para desbloqueio da BR-226

O prefeito de Barra do Corda, Rigo Teles(PL), conversou por telefone com o senador Roberto Rocha, com os deputados federais Hildo Rocha e Josimar de Maranhãozinho. O presidente da República já tem conhecimento da situação.

O prefeito de Barra do Corda, Rigo Teles, vem demonstrando grande preocupação com a situação do bloqueio da rodovia federal Br-226 na Reserva Indígena entre os municípios de Grajaú e Barra do Corda, na região central do Maranhão.

Os indígenas bloquearam a rodovia na última quinta-feira, 7 de julho. Eles querem a demissão imediata do diretor regional do DSEI/SESAI no Maranhão, Alberto José. Alegam que a saúde indígena encontra-se abandonada dentro das comunidades com a falta de médicos, enfermeiros, veículos e medicamentos.

Com o bloqueio da Br-226, mais de 3 mil caminhões encontram-se parados no trecho Barra do Corda a Porto Franco.

Rigo Teles enviou um vídeo ao senador Roberto Rocha e aos deputados Hildo Rocha e Josimar de Maranhãozinho com imagens aéreas em que mostram a quantidade de carretas paradas em vários pontos da Br-226.

O prefeito de Barra do Corda solicitou aos parlamentares federais que procurem o mais rápido possível uma solução junto ao governo federal e aos ministérios da saúde e da justiça para que o problema seja resolvido.

O senador Roberto Rocha disse ao prefeito Rigo Teles que já comunicou o caso ao ministro da saúde Queiroga. Um representante do governo federal deverá chegar ainda neste sábado na reserva indígena para dialogar com os caciques, ouvir suas cobranças e solicitar a liberação da Br-226.

“Precisamos entender de fato o que vem ocorrendo com os indígenas no que se refere a saúde indígena por parte do DSEI/SESAI(órgãos do governo federal). Pedi aos nossos parlamentares que atuam em Brasília para que possam nos ajudar a solucionar essa situação ainda neste final de semana. Por outro lado, as pessoas precisam da rodovia para viajar. Temos aproximadamente 3 mil carretas paradas ao longo da Br-226, os prejuízos são incalculáveis. Espero e estou cobrando e torcendo para que tudo se resolva nas próximas horas”, disse o prefeito de Barra do Corda.

Blog Minuto Barra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.