Pastor evangélico é afastado da presidência de conselho após escândalo financeiro

Nos últimos dias, o Conselho de Pastores de Tuntum, no interior do Estado, decidiu afastar o pastor José Carlos da presidência. O motivo, conforme já noticiado pelo Blog da Riquinha em abril deste ano, foi que ele estaria envolvido em um escândalo no qual firmava contrato para a instalação de placas solares e desaparecia sem dar explicações.

O caso envolveu, inclusive, uma das igrejas da Assembleia de Deus do município.

De acordo com um documento, ele também estava utilizando o endereço da casa pastoral, onde vive, como sede de uma de suas empresas. A ação foi vista negativamente pelas lideranças religiosas, uma vez que a casa pastoral é patrimônio da igreja.

Além da presidência do conselho, José Carlos também está impedido de participar de eventos dentro do município.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.