Descaso: Alunos caminham mais de 2km para pegar ônibus escolar, em Coroatá

Alunos da rede pública do município de Coroatá, no interior do Estado, que vivem no Povoado Sapucaia, andam mais de 2km, todos os dias, para poder pegar o ônibus que os leva para a escola, enfrentando o sol quente e estrada sem infraestrutura adequada.

A denúncia da situação foi feita por uma aluna, por meio de vídeo, que mostra parte do percurso que enfrentam diariamente.

“Olha aí, nós vindo no meio do sol! Olha o jeito desse buraco aqui. E nem é garantido se ‘nós pegar o ônibus ou não’, mas estamos indo. Sol quente, estamos indo!”, disse a aluna.

Os estudantes que aparecem no vídeo moram no Povoado Sapucaia e precisam caminha por mais de 2km para chegar até o Povoado Nova Vida, que é até onde o ônibus consegue chegar, tendo em vista a precária situação da rua de acesso, e leva-los até a escola, que fica no Povoado Espírito Santo.

Recentemente, na quinta-feira (12), a Promotoria de Justiça e a Prefeitura de Coroatá, cujo prefeito é o Luís da Amovelar Filho, reuniram-se para tratar desse assunto.

Situação do ônibus

Em outro vídeo, é mostrado ônibus transportando os alunos sem farol de sinalização, o que representa um perigo, uma vez que ele percorre pelas rodovias que cortam o interior do município e pode causar sérios acidentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.