Pacientes sofrem com o não funcionamento do centro de reabilitação da Cidade Operária

Pacientes do sistema público de saúde de São Luís, especialmente aqueles que precisam se deslocar do interior para a capital em função da falta de serviços de saúde especializados, têm sofrido com o não funcionamento do Centro de Reabilitação da Cidade Operária, em São Luís.

Ocorre que, segundo denúncias dos pacientes, a situação perdura há cerca de uma semana e, além disso, outro sofrimento é a falta de informação sobre quando o centro voltará a realizar os atendimentos normalmente.

Em busca de informação com outros profissionais, os pacientes relatam serem orientados a procurarem os responsáveis pela unidade de saúde, no caso, a Secretaria Municipal de Saúde de São Luís.

Atualmente, para receber os atendimentos, a exemplo da terapia ocupacional, os pacientes enfrentam uma fila com cerca de 500 pessoas. Segundo a tia de um deles, a qual entrou em contato com o Blog da Riquinha, o paciente está há cerca de dois anos aguardando pelo atendimento, mas nunca é chamado. Tempo que deve se estender ainda mais por conta da paralisação nos atendimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.