Prefeitura vai descontar dias em que os professores ficaram parados

Foi dada autorização da Justiça, para a Prefeitura de São Luís realizar o desconto dos dias em que os professores da rede municipal de ensino estiveram em greve.

Além disso, a Prefeitura também recebeu a autorização para contratar professores temporários para dar continuidade às aulas, evitando prejuízos aos alunos.

Vale relembrar que a desembargadora do caso já havia decretado que a greve se tratava de um movimento ilegal. Na semana passada a Prefeitura apresentou para a classe trabalhadora uma proposta de 10,06% no reajuste salarial, mas foi rejeitada pela categoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.