Mateus e outras empresas são multadas por desrespeito aos protocolos sanitários durante a pandemia da covid-19

Empresas foram alvo de uma série de multas aplicadas pela Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa), divulgadas na manhã desta quarta-feira (20), em decorrência do desrespeito aos protocolos sanitários recomendados pelo Governo do Estado durante a pandemia da covid-19. Somadas, as multas passam de R$ 150 mil.

Entre as empresas multadas, está o Grupo Mateus, que teve multa de R$ 75 mil por uma de suas lojas de eletrodomésticos ter vendido produtos no período em que o comércio não essencial esteve proibido de funcionar. Outra loja do grupo também recebeu aplicação de multa de R$ 10 mil pela mesma infração.

O Itaú também foi multado por não evitar aglomeração de clientes em suas unidades, desrespeitando os protocolos sanitários. A multa chegou à casa dos R$ 20 mil.

A Novo Mundo, empresa de eletrodomésticos, foi multada em R$ 10 mil pelo mesmo motivo das lojas do Grupo Mateus, mas apenas uma loja filial foi alvo da sanção da Suvisa.

Uma filial da Cattan também foi multada. Durante sanção do governo do Estado, a empresa funcionou ‘às econdidas’. Multada em R$ 6 mil, a loja estava aparentemente fechada, mas agentes da Vigilância Sanitária flagraram pessoas trabalhando e comprando no interior do estabelecimento.

Bares da Av. Litorânea também foram multados por aglomeração nas mesas e por não seguir outros protocolos sanitários. Multa chegou a R$ 3 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.