Professores da rede municipal de ensino cobram reajuste salarial a Eduardo Braide

Profissionais do magistério municipal de São Luís, na manhã de hoje (18), deram início a um movimento grevista, solicitando à Prefeitura de São Luís, cujo prefeito é Eduardo Braide, a atualização do piso salarial da classe em relação ao que é praticado nacionalmente.

Para professores de nível médio, a categoria requer reajuste de 33,34% e 36,56% para os professores de nível superior.

A luta dos professores pelo reajuste, na gestão Braide, se arrasta há meses e a greve de hoje se deu após o prefeito de São Luís oferecer apenas 5% de reajuste, além de abranger somente algumas dezenas de professores da rede municipal.

A concentração inicial foi na praça Deodoro, em frente à Biblioteca Benedito Leite, e, logo após, seguiram a pé em direção à Prefeitura de São Luís, para que o Executivo se reunisse com representante da classe em busca de uma solução.

O tema valorização dos professores foi uma das pautas defendidas pelo atual prefeito durante a campanha eleitoral de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.