Greve de ônibus suspensa, 60% da frota continua a circular

Na manhã desta quinta-feira (03), os rodoviários do Maranhão deflagraram uma nova paralisação total na capital maranhense.

A cidade continua contando com apenas 60% da frota de ônibus circulando, lembrando que essa determinação foi uma limitar expedida pela desembargadora responsável pelo caso.

Os profissionais rodoviários estão reivindicando o ajuste salarial de 12%, aumento no ticket alimentação para R$ 800 e a inclusão de mais um dependente no plano de saúde oferecido para os trabalhadores, além disso, eles cobrando o salário atrasado da categoria.

Até o momento não se chegou a nenhum acordo e a greve continua. O Governo do Estado já se manifestou sobre o assunto e realizou o ajuste na passagem, passando para R$ 4,10.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.