Flávio Dino já fazia reuniões pedindo apoio a Brandão pelas costas de Weverton Rocha

O governador Flávio Dino nunca teve a intenção em apoiar a candidatura de Weverton Rocha, mesmo sabendo de sua capacidade para conquistar o governo. Ele estava fazendo reuniões com vários partidos e lideranças antes mesmo da tão esperada reunião da última segunda-feira (31). Todos os partidos os quais imaginávamos que iriam apoiar Weverton já estavam de martelo batido em apoiar Brandão.

Mesmo sabendo da falta de carisma de Brandão, que será um desafio muito grande mantê-lo no cargo em 2023, Flávio pensando em seu projeto pessoal, preferiu agir pelas costas do senador e buscar apoios. A noite (30) que antecedeu a reunião, Dino já fechou com o PT, por exemplo.

Os secretários de estado que não concordam com a candidatura de Brandão, já foram ameaçados pelo próprio vice de forma velada a entregarem seus cargos. O Maranhão que se prepare pra ver tamanhas atrocidades nessas eleições e muita guerra. Farra de convênios, perseguições políticas, uso político da polícia e muitas operações policiais.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.