Assembleia realiza em Pinheiro audiência pública para discutir problemas nos ferryboats

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia Legislativa realizou, na tarde desta terça-feira (10), no município de Pinheiro, audiência pública para tratar sobre a situação do serviço de ferryboat, que faz a travessia do Terminal da Ponta da Espera, em São Luís, ao porto do Cujupe. Na audiência, presidida pela deputada Thayza Hortegal (PP), foram cobrados avanços e melhorias no atendimento desse transporte, que é um dos mais importantes meios de acesso entre a capital e a Baixada Maranhense.

Também participaram da audiência, realizada no Plenário Vereador Arimatéa Nunes, da Câmara Municipal de Pinheiro, o prefeito do município, Luciano Genésio; o superintendente regional da Secretaria de Estado de Articulação Política, Penaldon Jorge; o diretor da Internacional Marítima, José Roberto Francisconi; o vice-presidente da Comissão de Direito Marítimo Portuário e Aduaneiro da OAB-Ma, advogado Carlos Nina; o presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB), Lawrence Melo; o diretor de Fiscalização do Procon, Eduardo Garcia; o representante da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Marcelo Coelho; além de vereadores, membros da sociedade civil organizada e usuários.

Segundo Thayza Hortegal, a audiência foi motivada devido a uma série de problemas verificados na qualidade do serviço prestado pelas empresas de ferryboat, denunciados no Parlamento Estadual. Destacou ainda que a reunião foi importante para dar voz principalmente à população usuária do serviço, que faz a travessia diariamente.

“Desde o primeiro momento do meu mandato, eu tive a responsabilidade de levantar essa bandeira e as questões que envolvem o transporte aquaviário por ferryboat. E o apoio do presidente da Assembleia, Othelino Neto, e dos demais deputados tem contribuído significativamente para essa causa tão nobre visando ao bem-estar da população da Baixada Maranhense”, disse a parlamentar, que é usuária frequente do serviço de ferryboat.

Na ocasião, a parlamentar também elogiou o governador Flávio Dino pela intervenção realizada na empresa Serviporto, uma das que prestam o atendimento na área, e por determinar a execução de licitação no sistema de ferryboat no Estado. Ela ressaltou ainda que houve algumas melhorias nos serviços, mas que a real qualidade que a população tanto espera ainda não veio a contento.

“Por isso realizamos essa audiência: para encontrarmos uma solução, pois sabemos da necessidade e da importância desse transporte para os usuários. Agora, após ouvirmos reclamações e sugestões dos presentes, vamos elaborar um relatório que será encaminhado ao governo do Estado. com sugestões que irão contribuir para a elaboração do edital de licitação.”, afirmou.

Sugestões

Das sugestões apresentadas constam a colocação de embarcações extras, agendamento pela internet dos carros que aguardam para a travessia, a obrigatoriedade de uma equipe preparada para socorrer os usuários em situação de emergência, a instalação de postos médicos nos terminais, assentos mais confortáveis, a redução no tempo de espera dos automóveis que estão sem passagens, a instalação de posto de vendas de passagens em municípios da Baixada e caixas eletrônicos nos pontos de embarque.

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, falou sobre a importância dos serviços que atendem milhares de usuários do transporte aquaviário. Ele considerou relevante a parceria da Assembleia Legislativa, do governo do Estado e Prefeitura de Pinheiro, em prol das pessoas que utilizam o serviço. “A audiência foi uma oportunidade para ouvirmos os relatos dos usuários e buscarmos as melhorias desejadas”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *