Deputados maranhenses ressaltam a importância da humanização do legislativo em conferência da Unale

Uma comitiva formada por cinco deputados e servidores da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) participou da 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), em Salvador, Bahia, realizada de 20 a 22 deste mês. O evento, que é o maior encontro de deputados estaduais da América Latina, foi considerado pelos parlamentares maranhenses como um rico momento de aprendizagem visando à humanização das leis e ao fortalecimento dos parlamentos para um novo tempo de transformações digitais. A conferência reuniu mais de mil pessoas.

Participaram também servidores da Mesa Diretora, das diretorias Geral, Administrativa e de Comunicação; do Cerimonial e da Ouvidoria da Alema. Com tema “Humanizando as Leis em um Novo Tempo”, a Conferência teve a participação do jornalista e apresentador Marcelo Tas, que falou sobre “O impacto da transformação digital nos relacionamentos”.  O secretário de Fazenda de Pernambuco, Décio Padilha, palestrou sobre “A humanização da reforma tributária”.

O evento contou ainda com a participação do secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummerts, que expôs sobre o desenvolvimento de políticas públicas com foco no cidadão. E o procurador de Sergipe, Evânio Moura Santos, abordou a respeito das imunidades e garantias parlamentares.

Foram apresentados ainda diversos cases de humanização de instituições de todo o país. Durante o encontro, a ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, recebeu os protocolos de ideias dos Seminários Regionais, sobretudo, no que diz respeito ao combate à depressão e ao suicídio.

Um dos pontos altos do evento foi a participação do estrategista espanhol Antonio Sola, também conhecido como “criador de presidentes”, por contabilizar 13 vitórias de campanhas presidenciais na África, Europa e América. “O modelo político que temos, hoje, está caindo aos pedaços. Não atende mais ao cidadão”, considerou.

Segundo Sola, as pessoas estão insatisfeitas e desesperançosas quanto à forma que a política tem sido desempenhada. Ele também frisou que chegou o momento da classe política se atualizar, frente à transformação que as relações têm passado. “Precisamos de novas democracias, novas regras e uma nova linguagem que construa uma realidade diferente. Tudo o que pensamos sobre política, educação, saúde e religião estão ultrapassados”, enfatizou.

Evolução

Para o deputado maranhense Rigo Teles, a Conferência da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais) é um aprendizado. “Vimos ministros, juízes, desembargadores, enfim, todos mostrando como o país comporta-se hoje e de que forma as assembleias podem melhorar o seu trabalho, atualizando as leis para o novo tempo. A internet está evoluindo muito rápido e temos que acompanhar todo esse movimento”, afirmou o parlamentar, que é tesoureiro geral da entidade até 31 de dezembro e eleito, no final da Conferência, secretário da Unale para a gestão de 2020.

O parlamentar ressaltou ainda o orgulho de fazer parte da diretoria da entidade. “Sou grato ao presidente Othelino Neto e, também, à indicação da Assembleia Legislativa do Maranhão para ser o tesoureiro geral da Unale, que nos orgulha muito em representar a nossa Casa no Brasil e em eventos internacionais também. Trabalharemos incansavelmente para levar a Conferência ao Maranhão. Vamos mostrar todo o potencial do nosso estado”, disse.

A deputada Daniella Tema ressaltou o estímulo às novas ideias. “O evento é estratégico para nós, legisladores, porque nos apresenta a evolução das casas legislativas e estimula novas ideias. Nós precisamos compreender a fundo o que é humanização. Foi muito enriquecedor para mim e fará a diferença em meu mandato”, avaliou.

Também na conferência, o deputado César Pires ressaltou o aumento de conhecimento promovido pelo evento. “Sempre saio enriquecido, com temas atualizados que somam muito à nossa vida e ao parlamento. Com isso, evolui-se a discussão sedimentada mais na cientificidade, no conhecimento, valendo a pena todos conhecermos”, conclui.

O deputado Wellington do Curso também comentou sobre o tema do encontro. “Foram apresentadas aqui experiências e cases de sucessos em outros estados, leis que transformam a vida das pessoas. E essa temática da humanização é importante, pois é algo que eu já venho trabalhado em minha vida profissional e em meu mandato. Nós fomos eleitos para legislar e fiscalizar a aplicação do dinheiro público. Mas é preciso ir além, termos o olhar atencioso, cuidadoso. Precisamos ouvir o clamor das pessoas e transformar isso em ações, políticas públicas reais que mudem a vida das pessoas”.

O deputado Dr. Yglesio também comentou sobre o que aprendeu na Conferência. “Foi uma experiência extremamente enriquecedora, uma verdadeira atualização de temas importantes, como reforma tributária, humanização da política e o papel dos novos líderes em tempos de revolução digital. Fico muito feliz por ter participado e volto muito mais preparado para seguir trabalhando pelo povo do Maranhão”.

Para a deputada Mical Damasceno, a Conferência traz a reflexão sobre diversos temas de extrema relevância para os parlamentares. “A discussão para humanizar as leis e as Casas Legislativas mostra a preocupação da entidade sobre os problemas que afligem a população. Estamos saindo do evento fortalecidos para fazer o melhor parlamento do Brasil”, observou a parlamentar.

A mesma opinião é compartilhada pelo diretor-geral da Alema, Valney Freitas. “Por meio de um evento desta magnitude, com tantos temas de interesse do povo, tenho a certeza de que vai provocar o crescimento e o aperfeiçoamento das Assembleias Legislativas, além de promover também o crescimento do País”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *