Artistas locais foram excluídos! Governo dará com dispensa licitação mais de R$ 218 mil para Jorge Aragão e a comunista Leci Brandão

O Governo do estado do Maranhão preferiu fazer a velha política do pão e circo no  Reveillon. Ignorou a cultura local, passou por cima dos procedimentos legais para que se tenha uma licitação justa e contratou artistas de outros estados. Jorge Aragão por mais de R$ 160 mil e Leci Brandão que é do mesmo partido que Flávio Dino ( PC do B), um pouco mais de R$ 55 mil.

A contratação veio por parte do Secretário de Estado de Cultura e Turismo, que como provedor da cultura dispensou as bandas locais, assim como fez com a licitação.

A empresa Som & Cia Promoção e Produções Artísticas LTDA – ME, é paulista (Avenida Casa Verde, 2467, Casa Verde , São Paulo – São Paulo – 2519200) esqueceu de incluir os artistas daqui. Um desrespeito e falta de valorização da cultura local.

jprge-e-leci-640x360

Abaixo estão os valores que o secretário Diego Galdino de Araújo, alega inexibilidade de licitação:

jotgr-saragao-e-leci-brandao-640x396

1 Reply to “Artistas locais foram excluídos! Governo dará com dispensa licitação mais de R$ 218 mil para Jorge Aragão e a comunista Leci Brandão”

  1. Sobre a exclusão de artistas locais ate que é justa a reclamaçao. Agora quanto a inexigibilidade de licitação, o processo ta correto. Ja deu uma lida na lei de licitações? O rol de situações que englobam a inexigibilidade de licitações é taxativo e claro. O governador é jurista, nao ia cometer um erro crasso desses.A Lei 8.666/93 regulamenta e dispõe inclusive, sobre as hipóteses de sua inexigibilidade, que são, entre outras, contratações de profissionais do ramo artístico, desde que o mesmo detenha aceitação pela crítica e pela opinião pública.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.