Deputado Rigo Teles denuncia calamidade no sistema de saúde pública de Barra do Corda

O deputado Rigo Teles (PV) foi à tribuna da Assembleia Legislativa na terça-feira (20), para denunciar e pedir providências das autoridades competentes contra a calamidade que tomou conta da saúde pública Barra do Corda, e está prejudicando mais de 100 mil pessoas do município da região Central.

1

Em sua fala, o parlamentar lembrou que durante última campanha política, em 2012, o prefeito Eric Costa enganou a população, quando declarou: “No meu plano de governo a saúde da população será uma prioridade. Vamos trazer uma saúde melhor para você e toda a população do município de Barra do Corda”.

Para Rigo, três anos e meio depois das promessas o povo de Barra do Corda percebeu a enganação do prefeito Eric Costa. “O sistema de saúde pública do município um verdadeiro caos, demonstrando a falta de compromisso do prefeito com a população, que agora padece até pela falta assistência”, denunciou.

EQUIPAMENTOS ABANDONADOS

No pro1nunciamento, Rigo provou, com fotos, que o prefeito Eric Costa recebeu, em 2013, e prometeu instalar um mamógrafo, um tomógrafo e um RX para atender a população de Barra do Corda. “Até hoje esses aparelhos estão jogados na lavanderia do Hospital Materno Infantil. Enquanto isso, o povo padece”, lamenta.

Na ocasião, Rigo lamentou que enquanto o prefeito tenta enganar novamente o povo, o Hospital Municipal Edson Lobão está totalmente abandonado, com leitos e colchões sujos e mal cuidados. “Se a Vigilância Sanitária fizer uma vistoria no local o hospital será interditado. Existe alto risco de contaminação”, alerta.

8

Concluindo, Rigo Teles denunciou que a população de Barra do Corda está sofrendo e pede providências. Segundo ele, o povo está buscando assistência médica em outros municípios da região e sofrendo pela falta de muitos medicamentos básicos como insulina, analgésicos e até simples escalpes e esparadrapos.

2 Replies to “Deputado Rigo Teles denuncia calamidade no sistema de saúde pública de Barra do Corda”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.