Imoralidade dentro da UFMA: ignorância travestida de ideologia

Do Blog do Linhares

Bem, parece que aquelas aberrações vistas em universidades públicas ao redor do Brasil chegaram, enfim, ao Maranhão. Pessoas nuas em público, culto à decadência, falta de respeito, anarquia vazia, homogeneização do pensamento, falta de tolerância, falta de estudo, apologia ao uso de drogas, falta de senso estético e, acima de tudo, falta de vergonha na cara.

TEXTOS-6
UFMA

Até semanas atrás essas ainda eram características de um movimento que se esgueirava pelos cantos. Um movimento que tinha vergonha de se assumir enquanto tal. O que se via era apenas um desejo reprimido que encontrava vazão em fatos isolados.

ufma imoralidadeFatos como protestos de gente pelada no meio do hall de algum prédio com palavras de ordem manchadas de batom nas nádegas. O que para este povo é o “auge” do ativismo político. Como as cenas abaixo…

Continue lendo mais aqui

14 Replies to “Imoralidade dentro da UFMA: ignorância travestida de ideologia”

  1. RIQUINHA
    CONCORDO COM VOCÊ EM TUDO QUE COMENTASTE SOBRE ESSES DELINQUENTES DROGADOS TRANSVESTIDOS DE ATIVISTAS OU QUALQUER BESTEIRA ACREDITO SER MAIS COISA DE FRESCURAS E VIADAGENS MISTURADOS COM UM SABÃOZINHO E UNS BASEADOS NA MENTE O PIOR QUE AINDA ENCONTRAM QUEM DEFENDA E PRESTIGIA NA VERDADE É NÃO TER O QUE FAZER OU O QUE DAR.

  2. Essa é a arte defendida pelos pseudos-intelectuais, com dinheiro público, ou melhor, com nosso dinheiro. Parabéns aos ateus, aos comunistas, petistas, aos admiradores de Che, e aos incautos em geral, que, pensam ser intelectualizados. Hoje é chique ser de esquerda, ser ateu, não mais acreditar em Deus, e nem no cristianismo, até que, um desastre grave, venha se abater contra sua casa, ou ainda, uma doença incurável vier contra um ente querido. Deus não é castigador, por isso ele acolherá, com a sua proteção, àqueles que diziam ateus e incrédulos, bastando, reaprender a ter humildade e fé, estas duas últimas foram heranças, deixadas por nossos pais, juntamente com o amor ao próximo, a honestidade, o trabalho e o respeito a Deus. Não nos deixemos levar, nunca pela vaidade de nossos cargos, de nossas profissões e de nosso poder econômico.

  3. Que mundo é este que estamos vivendo ?
    Ao ler comentários, aqui expostos, me tomo de uma revolta imensa.
    Não tenho pena desta juventude medíocre, tenho é nojo, pois é esta juventude quem irá, quem sabe um dia, construir o nosso futuro.
    A moral, a ética, o respeito irão se perder. Teremos uma sociedade perversa onde a a orgia, as drogas e libertinagem serão comportamentos comuns…..estamos perdidos !!!!!!

  4. Isso mostra a falta que uma família estruturada faz. De uma verdadeira família temos os ensinamentos de Cristo sendo passados e seguidos na maioria das vezes. Quando esta cadeia familiar se quebra, aí é que a coisa degringola. Não é à toa que o comunismo tenta destruir primeiramente a família!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.