Mãe e bebê sofrem as consequências dos “desvios” milionários em Pastos Bons Maranhão

Gente, uma verdadeira calamidade o que está ocorrendo em Pastos Bons é necessário uma intervenção urgente dos órgãos competentes.

A mãe teve que parir dentro de uma ambulância pois o hospital mais próximo estava há 320km de distância. Uma enfermeira foi obrigada a fazer o papel de um médico(a) obstetra. A criança quase perdeu a vida. A mãe encontra-se debilitada.

Devido a gravidez ser de risco, a mãe foi transferida para Alto Alegre há 320 km de Pastos Bons sendo obrigada a ter o parto realizdo na estrada.

lllllllllll

Extratos confirmar o envio de  quase R$ 350 mil pelo governo federal para saúde do município para atender as demandas dos hospitais de alta e média complexidade.

image

O governo federal enviou em 2016 mais de R$ 2 milhões para ser investido em na saúde de Pastos Bons, mas pelo que se percebe o dinheiro foi empregado de outra forma. A saúde pede socorro e se afoga em tanta calamidade.

image

O governo do estado enviou no dia 30/06/2016  R$ 1.150 milhões ao município, porém nada feito. Vejam!

image

A prefeita Iriane Gonçalo parece não ter família ou até mesmo filhos, pois não demonstra compaixão de um povo tão sofrido que não tem direito a receber o mínimo de cuidados básicos.

As imagens que o leitor irá ver abaixo são de pura calamidade. Relatório do Denasus apontou situações gravíssimas constatadas após visita aos hospitais da cidade.

image
image
image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.