A verdadeira comunidade dos seguidores de Cristo não tem donos

A verdadeira comunidade dos que amam a Jesus e seguem seus passos, sua Igreja, sua ‘ekklesia’, não tem donos,
pois um só é o Supremo Pastor.

Para a verdadeira igreja não haverá limites para o amor,
mesmo que por ele fosse necessário quebrar dogmas, muros, barreiras humanas.

Jesus disse, “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” (João 13.35)
Ainda que tivéssemos todos os dons, e que falássemos as línguas dos homens e dos anjos, sem amor nada seríamos. (1 Co 13.1)
Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. (Gl 5.14)

Mas será mesmo verdadeiro o amor que carregamos?

Estaria o amor que vem de Deus sujeito a tantas divisões?
Poderia ele ser contido em paredes?

Em um passado remoto existiu um magnífico templo no Oriente Médio, cujos muros delimitavam tesouros, preciosidades, até mesmo sinais da presença manifesta do Criador. Mesmo os discípulos de Jesus, o homem mais sublime de todos os tempos, em certo momento esqueceram a glória do Mestre ao lado para contemplarem aquela grandeza, ao que ele respondeu:
“Vês estes grandes edifícios? Não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubada” (Marcos 13:2).

Anos depois Jerusalém foi sitiada e tudo aquilo foi queimado, devastado pelos romanos.
Conta-se que tamanho era o horror do povo que presenciava aquela cena que gritos de lamento se ouviam por todas as direções.

As palavras de Jesus parecem ecoar até hoje..

Milhares de anos depois construímos um gigantesco edifício de ouro, que passamos a chamar casa de Deus. Edificamos seus muros, elegemos seus porteiros. Definimos suas regras, até mesmo seus preços.
E lá dentro ficamos, como sementes em potencial, sufocadas, ensacadas, tantas vezes traumatizadas, temendo quebrar, misturadas a outras sementes que exercem domínio..
E quantas sementes, infrutíferas, não morrem ali mesmo..
Lá, poderosos estabeleceram seu reino particular. Para estes, Paulo diria: Já estais fartos! já estais ricos! sem nós reinais! e quisera reinásseis para que também nós viéssemos a reinar convosco! (1 Co 4.8)
Tornaram-se estes hipócritas, como antigos doutores da lei e fariseus. Como que sentados na cadeira de Moisés, fecham aos homens o reino dos céus; nem eles entram nem deixam entrar aos que estão entrando. (Mt 23.13)

Não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte.

A comunidade dos discípulos pode se utilizar de casas, prédios, para que aprendamos, para que sejamos ensinados, confortados, mas ela não deverá deixar que estes lugares a utilizem, a controlem, a dominem.
A enorme organização não deveria passar de logística, para o maior alcance do Reino.
Pois embora brote no mundo, o Reino de Jesus não pertence a ele:
“O meu reino não é deste mundo” (João 18:36)

A partir do momento em que frequentar templos importar mais que o principal propósito da comunidade dos da Luz – ser luz, no mundo – a essência terá sido perdida, dando-se então lugar a fundamentos que jamais passariam pelo crivo do tempo. Não suportariam o teste do orgulho, do poder. Estão fadados a perecer no fogo, como o mesmo Paulo alertou:
“E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. (1 Co 3:12,13)”

O verdadeiro amor não busca seus próprios interesses.
Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber.
Maior responsabilidade temos em salgar a terra que festejar entre nós mesmos.

Por parábolas, nosso Mestre nos ensinou que somos a semente do reino, e o campo é o mundo.
“O que semeia a boa semente, é o Filho do homem;
O campo é o mundo; e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno (Mt 13:37,38)”

Como pois frutificaríamos sem estarmos no mundo?

Será que estamos fincados a ponto de nossos frutos serem por ele vistos?

No momento em que o congregar for mais importante que o amar, em vão será a congregação.

No momento em que construirmos para nós lugar mais sagrado e preparado para a morada de Deus que nosso próprio íntimo, então nosso coração não estará mais nEle, pois onde estiver nosso tesouro, ali estará nosso coração.

No momento que nossa segurança depender do que se vê, já não mais andaremos por fé.
O Amado Mestre nos ensinou: “o vento sopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito” (João 3.8).
Segundo João, “a unção que vós recebestes dele, fica em vós” (Jo 2:27).
A unção – o presente da essência de Deus que seus Filhos recebem – não nos será tirada, roubada, mesmo quando não estamos religiosamente em prédios, pois, por meio de Cristo, mesmo nossas orações em secreto são ouvidas pelo Pai.

Exigiria a graça de Deus que estivéssemos em templos corruptíveis mais do que fôssemos seu templo incorruptível?

Esquecemos das palavras de Davi?
“Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus. (Sl 51.17)

Por acaso esquecemos do que Jesus falou à samaritana,
“Crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.” João 4:21 ?
Esquecemos que o véu do templo se rasgou? Que o cordeiro foi sacrificado para que pudéssemos estar para sempre perto do Pai, em espírito e em verdade? Que uma nova aliança é chegada, onde as leis de Deus são inscritas em corações (Jr 31.33) ?

Se o grandioso e temível templo de Jerusalém – onde homens que se aproximavam de utensílios sagrados eram fulminados – transformou-se em ruínas, como o gigantesco edifício de ouro que construímos ao longo desses séculos seria poupado?
Quando aos olhos de Deus a casa torna-se mais importante do que aquele que a edifica, não estaria ela pronta a ser removida?

E.W.
Sobre o Reino

1 Reply to “A verdadeira comunidade dos seguidores de Cristo não tem donos”

  1. você quer saber como esta o seu conhecimento biblico ??? baixe o ebook 1000 Perguntas Bíblicas da Universidade da Bíblia? ! GRATIS ,e teste o seu conhecimento biblico ,é só
    clicar no meu nome para baixar o ebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.