Ela dá pra qualquer um…Maldita, Geni!

Significado da música Geni e o Zepelim

– Foi uma das músicas mais divulgadas e de maior sucesso da “Ópera do Malandro” um musical de 1977,1978 ;

– A música Expressa á crítica á hipocrisia e ao poder, ela reinou nos conhecidos “anos de ferro”, em plena ditatura militar no Brasil.

– Foi Escrita por Chico Buarque de Holanda.
Chico Buarque nascido em 1944,19 de junho na cidade do rio de Janeiro é um músico, dramaturgo e escritor brasileiro. É conhecido por ser um dos maiores nomes da MPB. Sua discografia conta com aproximadamente oitenta discos, entre eles discos-solo, em parceria com outros músicos e compactos.

Inspiração: 
Algumas fontes indicam que o personagem Geni teria sido inspirado naquele de mesmo nome da peça Toda Nudez será castigada, de Nelson Rodrigues, lançada em 1965.

Significado:
A letra descreve, em versos, a longa história que define o episódio ocorrido com Geni, uma travesti (segundo representado na “Ópera do Malandro” e expresso em partes da letra ), que era hostilizada na cidade. Diante de uma ameaça de ataque de um Zepelim o comandante se encanta com os dotes de Geni, que acaba sendo provisoriamente tratada de um modo diferenciado pelos seus detratores. Passada a ameaça, ela retorna ao seu dia-a-dia normal, no qual as pessoas a ofendiam e excluíam, revelando o caráter pseudo-moralista e hipócrita da sociedade. A música mostra o grande preconceito da sociedade em relação aos travestis.

– Há também uma interpretação que diz : Geni é na verdade nossa pátria, tão abusada por todos, o Zepelim são os estrangeiros, que sempre foram donos do Brasil. Analisa o período do regime militar, desde 1964, e a economia do Brasil, sob tamanha influências estrangeiras.

Aprecie um pouco:

https://www.youtube.com/watch?v=vRPVqxFLg90

 

Fonte: Blog do Roberto Almeida

12 Replies to “Ela dá pra qualquer um…Maldita, Geni!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.