Homossexual manda matar MULHER pra poder ficar com o namorado da vítima

Larissa Gonçalves de Souza namorava um rapaz chamado Lucas, com quem mantinha um relacionamento com o patrão Jose Roberto dos Santos.
Porém, o patrão do namorado de Larissa tinha ciúmes dela com o Lucas. Então insistia para que Lucas terminasse seu relacionamento com a moça,  o rapaz disse que não faria isso porque iria ser chamado de “BIBA” por todos.

José Roberto ficou revoltadíssimo com a situação. Então, tratou de mandar matar Larissa.  O namorado dela fica sabendo de toda à armação e mesmo assim aparece na TV dando altas entrevistas como quem não soubesse de nada. Lucas foi tão cínico que foi capaz de simular choros e lamentações.

Lucas, namorado da vítima e namorado do mandante do crime

Mas graças a Deus a farsa foi desvendada pela polícia e resultado: prisão de todos os participantes e o mandante do crime.

Larissa foi morta com requintes de crueldade e seu corpo jogado em um terreno baldio. O cadáver foi encontrado por um ciclista em estado avançado de putrefação.

Gostaria de chamar à atenção de meus amigos leitores para as seguintes questões: foram homossexuais os cúmplices, autores e o mandante, por que esse caso não teve a mínima repercussão na mídia nacional? Se fosse um homicídio de um homossexual, o deputado Jean Wyllys subiria na tribunas da Câmara para fazer associações do caso com o crime de homofobia.
Larissa foi morta por estes delinquentes só pelo fato de ser mulher.

O caso aconteceu em Minas Gerais

2 Replies to “Homossexual manda matar MULHER pra poder ficar com o namorado da vítima”

  1. E se a “namorada” do cara fosse um homem, o patrão do vagabo não mataria, então, por ser homossexual?
    É preciso um pouco mais para classificar de crime contra a mulher. Pelo que se tem é mais um crime passional do que contra gênero.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.