Rato foi domesticado para ser “aviãozinho”do tráfico de drogas

Enquanto no Maranhão a droga é levada na vagina para a cadeia, no Tocantins um ratinho estava sendo usado para traficar .

Com o rato foram presos 29 trouxas de maconha e 23 unidades de cocaína. Este rato foi domesticado por presidiários para ser aviãozinho do tráfico dentro das cadeias.

Segundo o diretor do presídio, eles amarraram uma linha de crochê no rabo do rato e usavam ele para levar drogas e outros materiais ilícitos nos pavilhões da penitenciária.

O rato era usado para a facilitação do comércio de drogas . Os agentes acompanharam de longe toda a movimentação do bichinho e viram que o roedor aceitava até cafuné.

Após a captura do ratinho do tráfico, os agentes o soltaram em um matagal próximo ao presídio. Porém, resta saber quem é o dono do animal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.