Todos os posts de Tâmara Silva

Que mico! Banda Filhinho de Papai tem ônibus apreendido pela Federal por falsificação

Eita complicação, né minha gente? 2016 tinha que terminar com essa maré baixa.

A Banda Filhinho de Papai, que só pelo nome já sentimos até vergonha alheia, agora passa um constrangimento gigante.

O buzão da banda está com o CRV falsificado e cheio de complicações judiciais, que envolvem a Justiça do Trabalho.

O veículo apresentava uma série de irregularidades, até com relação a equipamentos de segurança. Que vergonha mesmo!

A coisa sempre pode piorar, principalmente quando usamos mentiras para justificar nossas falhas, e foi exatamente  o que a banda fez. Disse ao vereador Francisco de Formosa da Serra Negra que o ônibus dele havia quebrado, ocultando que havia sido apreendido pela Polícia Rodoviária Federal justamente por estarem totalmente com documentos irregulares.

A cidade ficou abalada pois a banda não honrou o compromisso de participar de um evento tradicional da região, usando argumentos mentirosos de acordo com o vereador Francisco.

A banda alega que já comprou o ônibus com documentos fraudulentos e que a empresa que fez a venda tem complicações hahahahaha. E diz que está sendo resolvido o problema.

Ai eu te pergunto, esse não era o ônibus da antiga Esfregue e Dance que foi abandonada pelo atual dono da banda que pagou mico? Esse problema será se não é antigo? Sei não!!!

E outra como se faz um investimento desse porte às cegas? Ninguém deve se eximir de cumpri a Lei alegando ignorância. Tem muita coisa errada e incoerente.

MPMA propõe acordo para evitar promoção pessoal de gestor em Viana

Com base no princípio da impessoalidade da administração pública, o Ministério Público do Maranhão propôs, em 30 de novembro, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), solicitando que o prefeito de Viana, Francisco Gomes (mais conhecido como Chico Gomes), providencie, em 15 dias, a retirada de fotografias de agentes políticos e públicos em órgãos do município.

26/01/2012. Crédito: Gilson Teixeira/OIMP/D.A Press. Brasil. São Luís – MA. Sec. Chico Gomes Balanço SEDES

Formulado pelo titular da 1ª Promotoria de Justiça da comarca, Lindemberg do Nascimento Malagueta Vieira, o documento estabelece duas multas por descumprimento. Os valores individuais, de R$ 1 mil diários, devem ser pagos pelo Município e pelo gestor municipal.

Em caso de reincidência, este valor será dobrado e corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Os montantes devem ser transferidos ao Fundo Estaduais de Direitos Difusos.

OBRIGAÇÕES

Pelo TAC, o prefeito Chico Gomes está obrigado a impedir que sejam colocadas fotografias de agentes políticos e agentes públicos nos órgãos da administração de Viana.

A determinação não se aplica às imagens de ex-prefeitos que façam parte do acervo da Casa de Cultura, Museu Histórico Municipal ou outro órgão semelhante. Outra exceção refere-se às imagens expostas na galeria de ex-prefeitos do município.

A desobediência às cláusulas do Termo de Ajustamento de Conduta também implica a tomada de medidas judiciais cabíveis.

O município de Viana localiza-se a 227 km de São Luís

Retratação: vereador Astro de Ogum nunca teve mansão no Araçagy

Levado ao erro por fontes que não merecem mais confiança, o blog chegou a publicar aqui e depois corrigiu que o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum, seria dono de uma mansão na praia do Araçagy. Na verdade ele tem uma casa no Olho D`água onde sempre reuniu amigos e filhos de santo para festejos religiosos muito antes de ser vereador e hoje faz encontros políticos também.

Outro equivoco foi informar que o vereador possui carros de luxo, da mesma forma que insinuou um auditoria na relações financeiras entre a Câmara Municipal de São Luís e o Bradesco. Conforme o que foi tudo apurado até hoje, Astro de Ogum não tem relação com um rombo deixado ao banco por uma funcionária do próprio Bradesco.

Assim sendo, o blog mostra aqui que sabe reconhecer os erros ou injustiças se, por acaso, as comete.

Policial que matou companheiro de farda dentro da viatura está solto e trabalhando na PM normalmente

Um caso ocorrido na cidade de João Lisboa em março deste ano, chocou a coorporacao da PM de todo o Maranhão.

Erasmo foi morto dentro da viatura que trabalhava com 11 tiros
Erasmo foi morto dentro da viatura que trabalhava com 11 tiros

Erasmo Alves Cordeiro foi assassinado na madrugada do sábado 12 de março com 11 tiros pelo também soldado é amigo de farda Alexandre Xandu. O caso gerou revolta e uma dor inconsolável entre parentes e amigos.

img_6720
Assassino Alexandre Xandu

Depois de executar o colega ele ainda correu para um bar localizado na praça da cidade e disparou por várias vezes. Outros PM’s que estavam dentro da viatura relataram que ele Ainda chegou a recarregar a arma para disparar contra os demais, porém sem sucesso.

Viúva pede Justiça
Viúva pede Justiça

Na época o então tenente-coronel de Imperatriz confirmou que o Alexandre Xandu teria tido um surto psicótico e que encontrava-se fora de si e desnorteado.  Ele foi encaminhado para um hospital onde foi medicado e logo em seguida preso.

Ocorre,que,  oito meses após o ocorrido o soldado Alexandre Xandu encontra-se fora das grades o que aumentou Ainda mais a dor da viúva de Erasmo que quando perdeu o marido Ainda estava grávida.

A família clama por justiça e não acredita em surto psicótico e sim em raiva e inveja.

img_6718

img_6717

Bell Marques dá calote nos músicos; funcionários estão há quatro meses sem receber

É, não é apenas empresários aqui em São Luís que adoram dá calote nos funcionários, nem é exclusivo dos políticos que “não pagam ninguém em vida”.

Bell Marques está envolvido em um grande calote que deu em seus funcionários. Olha que o cara é milionário e não tem necessidade de fazer isso.

Ouçam o desabafo de músico que foi vítima do atraso de quatro meses.

Os funcionários se viram obrigados a procurar programas de rádio para relatarem a situação triste a qual vivem.

Esses caras exploram músicos, pagam um cachê miserável, onde não corresponde aquilo que o músico representa em uma banda.

Uma verdadeira vergonha isso.  Bell, que está gastando fortunas para tentar fazer o filho “estourar”, mas sem sucesso, na minha opinião, o garoto é ruim.  Bell está forçando a barra.

Os músicos deveriam mesmo era se unir, para tentar impor respeito a esse tipo de “empresário”. 

beel-marques-e-o-calote

Wesley Safadão ameaça blogueira Riquinha de processo e não quer que ela use suas imagens

O cantor Wesley Safadao entrou com uma notificação extra-judicial contra a titular da página online Blog da Riquinha.

O mesmo não gostou da blogueira expor o polêmica que envolve a ex banda Garota Safada em seu blog.

Safadão respeitosamente por intermédio de seu advogado pediu que a matéria fosse retirada do ar.

O astro do forró não gostou nada do Brasil inteiro saber como foi o desfecho e a sua desvinculação da Banda Garota Safada.

Ele acha que o fato sofrido pelo tio não deve ser de conhecimento de seus fãs espalhadas por todo . O fato é verídico e muitos não sabiam,  porém o blog da Riquinha foi o único no Brasil que revelou que Wesley não chegou onde está sozinho e nem muito menos sem passar por cima de alguém.

Vejam:

 

image

Artistas locais foram excluídos! Governo dará com dispensa licitação mais de R$ 218 mil para Jorge Aragão e a comunista Leci Brandão

O Governo do estado do Maranhão preferiu fazer a velha política do pão e circo no  Reveillon. Ignorou a cultura local, passou por cima dos procedimentos legais para que se tenha uma licitação justa e contratou artistas de outros estados. Jorge Aragão por mais de R$ 160 mil e Leci Brandão que é do mesmo partido que Flávio Dino ( PC do B), um pouco mais de R$ 55 mil.

A contratação veio por parte do Secretário de Estado de Cultura e Turismo, que como provedor da cultura dispensou as bandas locais, assim como fez com a licitação.

A empresa Som & Cia Promoção e Produções Artísticas LTDA – ME, é paulista (Avenida Casa Verde, 2467, Casa Verde , São Paulo – São Paulo – 2519200) esqueceu de incluir os artistas daqui. Um desrespeito e falta de valorização da cultura local.

jprge-e-leci-640x360

Abaixo estão os valores que o secretário Diego Galdino de Araújo, alega inexibilidade de licitação:

jotgr-saragao-e-leci-brandao-640x396

Astro de Ogum: R$ 27 mil de boca de urna sumiram no Cohatrac; cartões de cabos eleitorais são usados para fins ilegais

Ouçam o áudio da boca de urna e do desvio:

Que a campanha do vereador Astro de Ogum foi caríssima todo mundo já sabe. Mesmo assim, isso não foi suficiente para lhe garantir o primeiro mais votado.

image

A confiança apostada em pessoas que se auto estimam cabos eleitorais e filhos sem uma comunidade foi puro boicote. A ganância e a forma errônea em que foi feita a campanha manchou a eleição do atual presidente.

A denúncia de boca de urna é grave, e isto é um fato. Tudo poderia ter ocorrido como águas mansas se  $ tivesse sido empregado de outra forma.

Teve cabo eleitoral que aproveitou pra adquirir um apartamento e pasmem uma Hilux! Tudo com o dinheiro despejado para garantir uma votação expressiva no Cohatrac.

A baixaria está grande e só tende a piorar. O próprio “assessor” do vereador que diz trabalhar há 15 anos com o vereador Astro se complicou ao titular a política como local de roubo. ( Em outro capítulo)

E para piorar que não pretende ser um dia candidato pois a politica é suja.

Sem perder a oportunidade, aproveitou para atacar a imprensa local afirmando que blogueiros vivem de propina. ( próximos capítulos)

Quem bem conhece sabe de onde vem os recursos para a realização do arraial do bairro e dos eventos esportivos que ocorrem. O tal assessor perdeu a credibilidade e anda se escondendo nas ruas por conta do furo dado. O  vereador Astro terá muita dor de cabeça com cobranças indevidas. É mais quem fala na cidade que viverá de boquinha nos próximos quatro anos.

O cambalacho está tão grotesco que cartões bancários ficam em posse daqueles que se acham mais espertos,  se apossando de valores de quem não trabalha.

Esses foram os bastidores da campanha de Astro de Ogum, presidente da Câmara de Vereadores de São Luís.