Escolas de samba só querem desfilar se o governo bancar com o nosso dinheiro

O carnaval do Rio de Janeiro os brincantes de escola de samba passam o ano inteiro trabalhando e economizando para comprar suas fantasias. Nas quadras das escolas tem eventos durante o ano, para angariar fundos. As escolas procuram patrocínios da iniciativa privada, ou até mesmo, dedicam seus enredos para contar histórias de estados e municípios. Assim faturam para cobrir mais da metade de suas despesas. O governo carioca, claro que colabora, mas não banca tudo como querem as escolas aqui do Maranhão.

Todo início de ano é comum as escolas em São Luís anunciarem que não iram desfilar por  falta de recursos, o que não deixa de ser uma forçação de barra. Agindo assim, eles querem sensibilizar a população a reagir para que as escolas continuem a fazer seus desfiles, pressionando os governos estadual e municipal a bancar toda a festa, sem nem mesmo se importar com a crise.

As nossas escolas de samba estão na contramão da história de nossos carnavais. O Maranhão tinha o terceiro carnaval maior do Brasil por causa dos blocos de rua. Hoje, em São Luís, por exemplo, o carnaval aos poucos vai dando lugar á um cemitério. Sem graça, sem cores e tradição, com passarelas com pouca empolgação.

Enquanto isso, São Luís fica vazia durante a folia, pois o carnaval migrou para os interiores do Estado, onde não existe escola de samba.

2 comentários sobre “Escolas de samba só querem desfilar se o governo bancar com o nosso dinheiro

  1. O nosso carnaval é um dos mais ricos do Brasil,por sua diversidade. Temos Blocos organizados,tradicionais,Afros,alternativos, tribos de índios,tambor de crioula e as nossas bandas que fazem o carnaval de rua. As escolas de samba somam-se a essa diversidade como mais uma tradição em São Luís.Portanto estas têm que trabalhar o ano inteiro para irem para passarela e não ficar dependendo de governo e município o que estes dão é apenas um complemento,um auxílio,é necessário que essas agremiações tenham essa consciência.Tem escolas que têm quadras,porque não fazer eventos,show,roda de samba para angariar recursos. Tá na hora de se movimentar.O nosso carnaval de passarela não pode morrer, ele gera emprego e renda.

  2. Escândalo de propina envolvendo o prefeito de Tuntum e seus aliados
    Por Luís Pablo 08-01-2018 às 08:13 PolíticaComente

    WhatsAppEmailCompartilhar
    Prefeito Cleomar Tema
    Prefeito Cleomar Tema

    No fim de semana vazou imagem de uma suposta mensagem via WhatsApp do vereador Alan Brito Noleto (PDT) para o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e prefeito de Tuntum, Cleomar Tema.

    O vereador diz para o prefeito analisar “com carinho” a possibilidade do grupo político da região votar no atual presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB).

    “Seria uma forma de nos mantermos com aquela ajuda na Assembleia”, diz Alan Brito referindo-se aos empregos que conseguiram com o então presidente do Poder Legislativo, Humberto Coutinho, que faleceu na semana passada.

    O Blog do Luís Pablo apurou que foram feitas várias nomeações em troca de apoio do grupo político de Tema, que apoiou várias eleições de Humberto.

    O atual presidente Othelino, que assumiu o comando da Casa Legislativa na última quinta-feira (4), precisa mandar apurar os fatos para tomar as medidas cabíveis.

    A polícia também precisa investigar esse escândalo de propina disfarçada em emprego fantasma.

    AL-MA, Cleomar Tema, Tuntum-MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *