Do vinho aos palcos: Drag queen maranhense vende vinho no centro da capital para gravar seu primeiro single

Com a ascensão da cantora drag Pabllo Vittar vários artistas maranhenses ganham destaque no meio musical emplacando sucessos e garantindo visibilidade. Até o ano passado, a drag queen mais conhecida do mundo era RuPaul, de 56 anos. Ela ganhou destaque ainda nos anos de 1990 na TV norte-americana e tornou-se famosa mundialmente após a criação do reality show RuPaul’s drag race, no ar nos Estados Unidos há nove temporadas e com uma versão brasileira em breve. No entanto, neste ano, o título mudou de dona e veio para o Brasil com Pablo Vittar, que tornou-se a drag queen mais conhecida do planeta e a performer mais ouvida no Spotify, com sua música K.O. A faixa conta com 15 milhões de streamings até agora.

Foi-se o tempo em que produzir uma música ou um clipe demandava muito mais do que vontade e sim muito dinheiro ou um super empresário injetando milhões na conta.
O avanço da tecnologia, do acesso à informação e da autonomia criativa permite que pequenos cantores e produtores produzam seu material de forma independente e gastando bem pouco, as vezes nada.

A drag queen Maranhense Nikkita está na luta buscando o desenvolvimento de sua carreira. Com uma caixa de isopor e um bom Vinho, a artista trabalha como autónoma para conseguir gravar o seu primeiro single.

 

E engana-se quem pensa que gastar pouco é sinônimo de falta de qualidade, como diria o escritor Rubem Alves; “O ato criador, seja na ciência ou na arte, surge sempre de uma dor. Não é preciso que seja uma dor doída… Por vezes a dor aparece como aquela coceira que tem o nome de curiosidade”.

E é essa tal curiosidade que tem revelado talentos de uma galera jovem fazendo trabalhos de qualidade seja na música, nas artes plásticas, cênicas e etc.

É o caso da Drag queen maranhense Nikkita Lambert que pra custear e viabilizar a produção audiovisual do seu primeiro single investiu na venda de vinhos no centro histórico da capital do Maranhão, São Luís.

Composta e produzida pelo Dj Guterres, a colaboração já está em estúdio e toda uma estratégia de marketing e divulgação foi preparada pra fazer acontecer o single de Nikkita.
Nascido em Turiaçu, interior do Maranhão, Murilo Lambert, 23, (criador da drag queen) veio de família humilde e nunca mediu esforços pra conquistar seus sonhos e foi em São Paulo que viu seu nome brilhar na carreira de DJ tocando nas principais boates da cidade como o Club Yatch e Bubu lounge, por exemplo, e dividindo palco com grandes artistas nacionais.

Assim como Murilo, outros artistas independentes sonharam e fizeram acontecer, o paraense Jaloo é um grande exemplo disso. Seu primeiro EP foi totalmente escrito, produzido e dirigido por ele mesmo.

Na fila dos sucessos destaca-se a também maranhense Drag queen Pabllo Vittar que em 2015 lançou seu primeiro single de produção independente “Open bar” e hoje é um dos nomes de maior relevância no cenário POP e Drag da música brasileira, levando por onde passa o nome do Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *