Arquivo mensais:agosto 2017

Decadência! Perlla faz show de funk e desaponta o público com danças fora do contexto

Atualmente com 28 anos e por quase 8 anos longe do Funk, a evangélica faz o caminho de volta as músicas seculares.

Como não conseguiu fazer sucesso no meio gospel, a funkeira decidiu tirar os saiões e abusar dos shortinhos curtíssimos, mesmo que a sua atual forma física não contribua mais para tanto.

Em entrevista ao Jornal Extra, Perlla assume que não sabe mais fazer o quadradinho, muito menos rebolar, contudo, quer apresentar um contexto de dança diferente.

Mesmo após essa saída de cena, Perlla já tem uma agenda de shows bem preenchida, por onde vai ela relembra os grandes sucessos de 2009 e as casas de show as quais ela tem se apresentado tem lotado mesmo.

Até música de Pabllo Vittar a morena cantou, mas não ficou legal, pois o estilo de cantar ficou bem gospel, fora que a cantora ainda não conseguiu ficar a vontade com os micro shorts e o rebolado em cima do palco.

“Orgulho por ter sido Sargento do Exército durante 15 anos”, diz deputado Wellington ao realizar sessão solene em homenagem ao Dia do Soldado

Ao fazer referência ao Dia do Soldado, celebrado hoje (25), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) realizou, na última quinta-feira (24), uma sessão solene em homenagem à data comemorativa, contando com a presença de praças e oficiais do Maranhão.

Estiveram presentes o Diretor do Centro de Lançamento de Alcântara, Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti; Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel José Frederico Pereira; representante do Corpo de Bombeiros, Coronel Roberth; do 24º BIL, na pessoa do Coronel Marcus Vinicius Soares Guimarães de Oliveira.

Na ocasião, o deputado Wellington, que foi sargento do Exército durante 15 anos, destacou a importância das funções desempenhadas pelos militares no Maranhão.

“Servi ao Exército por 15 anos e foi ali que aprimorei as maiores lições, que trago, inclusive, até os dias atuais. Tenho muito orgulho por ter sido sargento do Exército durante 15 anos. Aprendi o significado de disciplina, de hierarquia e de comprometimento. Sem dúvida alguma, os militares exercem grande papel na sociedade e é por isso que, no Parlamento Estadual, tenho feito uma defesa incondicional dos interesses da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Maranhao desde o início do mandato. Apresentei a indicação, já em 2015, que resultou na gratificação aos policiais militares por arma apreendida, por exemplo. Nosso apoio é irrestrito a cada militar, homens e mulheres, que defende a nossa população com a coragem de quem sabe que tem uma das mais belas missões: a de proteger a vida. Todo militar, independentemente da patente, é também um soldado. A vocês, o meu muito obrigado, em nome do povo do Maranhão”, disse Wellington.

“Nós ficamos muito dignificados quando somos homenageados aqui na Assembleia Legislativa”, disse o tenente-coronel do 24º Batalhão de Infantaria Leve, Marcos Vinícius. Ele informou que no Estado do Maranhão, existem três organizações militares: O 24º Batalhão de Infantaria Leve; a 27º Circunscrição do Serviço Militar, sediados em São Luís e o 5º Batalhão de Infantaria de Selva, localizado em Imperatriz. “Todas essas unidades operacionais estão destinadas a participar da segurança integrada do nosso Estado e cumprir a sua função constitucional, defendendo a pátria. Nossa rotina de preparo é diária, constante, para sempre estarmos prontos para cumprir a sua missão. Hoje, nós temos no Exército 480 homens e mulheres”, disse Marcos Vinícius.

O comandante da Polícia Militar do Estado do Maranhão, Cononel Pereira disse que ficou muito feliz pela homenagem e agradeceu ao deputado Wellington pela homenagem. “A Semana do Soldado é muito significativo para nós. Todos nós somos soldados; sabemos que uma democracia só pode subexistir se tiver soldado trabalhando em função dela.

As polícias militares e os militares, obviamente, são os sustentáculos da ordem em qualquer país, seja ele de que regime for. Esse é o momento que a gente homenageia os nossos policiais militares e eu agradeço à Assembleia Legislativa que tem um carinho muito especial pela Polícia Militar. Não é a primeira vez que os nossos eventos são feitos aqui: recentemente, nós tivemos o Encontro das Mulheres Policiais Militares”, afirmou o coronel Pereira.

Estudante de 13 anos é 1ª colocada do estado maranhense no Concurso Internacional de Redação de Cartas

Que pra melhoria de um país a base é a educação, isso não há dúvida. Exemplo disso é grande conquista de uma aluna da rede particular da capital Maranhense que tomou grande destaque nos últimos dias após ser premiada no projeto Concurso Internacional de Redação de Cartas, realizada pelos correios em parceria com a Universal Postal Union (UPU).

Emilly Beatriz Andrade Silva, de 13 anos, é acadêmica do oitavo ano do ensino fundamental, e teve como tema na sua redação “Violência contra a mulher”. Recentemente a família recebeu o resultado que Emily foi a 1° colocada do estado maranhense e a 6° nacionalmente do Concurso Internacional de Redação de Cartas.

Ao todo 34 escolas maranhenses foram escritas, na qual Emily foi a primeira selecionada em nível estadual e a 6° em nível nacional. Para a mãe de Emily, Edineia Andrade, 34 anos, é uma enorme satisfação ter sua filha tomando tanto destaque em prol da educação. “Batalhamos diariamente para manter nossa filha em uma escola e são conquistas como essas que nos orgulham. Queremos que Emily seja exemplo para muitas famílias no Brasil, principalmente no nosso estado”, disse a mãe.

Sobre o concurso:

O Concurso Internacional de Redação de Cartas para Jovens é promovido anualmente pela União Postal Universal (UPU), sediada em Berna, na Suíça, com o objetivo de melhorar a alfabetização através da arte epistolar. Incentiva a expressão da criatividade e a melhora dos conhecimentos linguísticos de crianças e adolescentes. Participam estudantes de até 15 anos de idade, previamente selecionados nas etapas nacionais.

No Brasil, a realização do concurso fica a cargo dos Correios e é desenvolvido em três fases: escolar, estadual e nacional. A quarta etapa – fase internacional – fica a cargo da UPU. A participação se dá por meio das escolas (rede pública e privada), que selecionam, entre as redações de seus alunos, até duas melhores cartas para representá-las.

A primeira melhor redação de cada estado segue para a fase nacional, onde é escolhida apenas uma carta, que irá representar o Brasil na fase internacional. O Brasil é o segundo país melhor colocado em âmbito internacional, atrás, apenas da China.

Projetos de Leis da deputada Ana do Gás são destaque na Assembleia

A deputada estadual Ana do Gás vem trabalhando na Assembleia Legislativa em 16 Projetos de Lei que propôs ao longo dos primeiros dois anos e oito meses de mandato e que contemplam os mais variados segmentos da sociedade como mulheres, idosos, crianças, estudantes, dentre outros.

E dois projetos que merecem destaque são o que obriga o Estado do Maranhão a somente contratar empresas que possuam no mínimo 5% (cinco por cento) de empregados do sexo feminino no seu quadro profissional, independente das funções a serem exercidas e um outro projeto bastante especial, que se mobiliza em torno de sustentabilidade para o planeta, instituindo a política estadual de incentivo à geração e ao uso de energia solar, fonte energética renovável e não poluente.

O projeto de Lei Nº 142/17 da Energia Solar vem sendo articulado e amadurecido desde que a deputada foi escolhida como presidente da Comissão de Meio Ambiente na Assembleia Legislativa para o biênio 2015/2016. Dentre os vários objetivos deste projeto, podemos destacar os seguintes:

·       Contribuir para a manutenção de um meio ambiente ecologicamente equilibrado e essencial à sadia qualidade de vida.

·       Estimular a implantação de sistemas de energia solar e os investimentos nessa área, englobando o desenvolvimento tecnológico e a geração, fotovoltaica e fototérmica, para comercialização e autoconsumo nas áreas urbanas e rurais, pela iniciativa pública e privada, considerando o uso residencial, comunitário, comercial, industrial e agropecuário;

·       Contribuir para a diminuição dos índices relativos à emissão de gases de efeito estufa;

·       Reduzir a demanda de energia elétrica em horários de pico de consumo;

·       Transformar o Maranhão em um referencial nacional de geração e consumo de energia solar;

O projeto encontra-se atualmente em tramitação na Assembleia e será votado pelos deputados em breve. A parlamentar ressaltou a importância da aprovação do mesmo: “Este é um projeto que foi desenvolvido com muito carinho e preocupação com os acontecimentos naturais no planeta. Hoje em dia é fundamental trabalhar na linha do tripé da sustentabilidade: sociedade-economia-ambiente e dessa forma poder proporcionar ao cidadão uma alternativa de uso de energia. Esta é uma importante bandeira que levanto com muito orgulho! O meu berço político, Santo Antônio dos Lopes, me ensinou bastante sobre uso fontes de energias alternativas. Lá, para quem não conhece, existe a Usina Termelétrica Complexo Parnaíba, considerada um dos maiores complexos de geração de energia elétrica a gás natural do Brasil, mas o gás natural como sabemos, é uma fonte de energia não renovável assim como o carvão e o petróleo e isso é preocupante! O futuro se encaminha cada vez mais para o uso de fontes de energia renováveis e a energia solar em específico é um presente natural que temos e que precisamos aprender a utilizá-la de maneira mais inteligente. Conto com o apoio dos nobres colegas deputados e faço apelo para que este projeto seja aprovado e posteriormente sancionado pelo governador Flávio Dino para que possamos continuar nessa luta pelo meio ambiente”, afirmou a parlamentar.

Já o Projeto de Lei Nº 025/17 que obriga o Estado do Maranhão a somente contratar empresas que possuam no mínimo 5% (cinco por cento) de empregados do sexo feminino no seu quadro profissional, independente das funções a serem exercidas, faz parte da luta pelo reconhecimento e valorização da mulher que a deputada vem travando desde que se candidatou, sempre incentivando a classe feminina a conquistar e ocupar mais espaços de destaque na sociedade. O projeto, assim como o da Energia Solar, está prestes a ser votado.

A deputada explicou a proposição: “Não é segredo que as lutas das mulheres na sociedade são incansáveis e as conquistas históricas. Para que eu pudesse ocupar este cargo hoje, foi preciso que muitas mulheres sofressem e morressem anos atrás para conquistar direitos como este que hoje é meu e de todas. Porém, para que consigamos ir ainda mais além, é necessário ter união da classe. E eu, nas minhas andanças pelos interiores do Maranhão sempre paro para conversar com a classe feminina e percebi que uma das grandes dificuldades ainda é o mercado de trabalho. Com oportunidades por vezes escassas e cargos e salários em grande parte inferiores aos dos homens. Esse projeto viabiliza a obrigatoriedade de contratação de 5% de mão-de-obra feminina em empresas públicas e privadas que prestam serviço ao Estado do Maranhão, que em alguns segmentos não chegam nem a 1%. Não somos do mesmo sexo, mas somos da mesma espécie! E isso precisa ser debatido e analisado para que as mulheres possam alcançar mais conquistas. Fica o apelo e a reflexão”, enfatizou Ana do Gás.

José Castelo Branco poderá ser preso a qualquer momento

Wallace Braga

O ex-secretário municipal de orçamento e gestão do município de Paço do Lumiar, José Eduardo Castelo Branco de Oliveira foi condenado mais uma vez e poderá ser preso a qualquer momento.

José Castelo Branco foi condenado por improbidade administrativa, pela primeira vara de Paço do Lumiar, acusado por desvios de milhões e milhões de reais de recursos públicos da prefeitura em 2009. Ele foi secretário na gestão de Glorismar Rosa Venâncio, mais conhecida como Bia Venâncio.

Dos 15 processos que responde, ele já foi condenado em dois, a 06 anos de detenção.

Esclareça todas as dúvidas sobre fertilização in vitro

Clínica Gera

A fertilização in vitro é um assunto rodeado de tabus e dúvidas. O ginecologista referência em reprodução assistida, Dr. Joji Ueno esclarece as principais dúvidas sobre o tema.

O ginecologista Dr. Joji Ueno, diretor clínico da Clínica Gera, desvenda alguns questionamentos sobre a fertilização in vitro (FIV). E seleciona as principais dúvidas entre homens e mulheres ao se tratar do tema. Confira:

Inseminação artificial e fertilização in vitro é a mesma coisa?

Mito. Não. A fertilização in vitro é a colocação de espermatozoides em contato com óvulos em laboratório e, após a fecundação, os embriões são alocados no útero materno. Já a inseminação artificial consiste na injeção de espermatozoides dentro do útero por meio de um cateter.

Os bebês que nascem a partir do processo de fertilização in vitro nascem mais fortes e com a saúde menos frágil?

Verdade. A partir da fecundação e da implantação dos espermatozoides sim. O restante da gestação ocorre normalmente. Além disso, se forem feitas biópsias embrionárias e avaliações cromossômicas e/ou genéticas previamente, é possível reduzir a incidência de algumas doenças.

A fertilização in vitro pode ser usada para prevenir as doenças hereditárias?

Verdade.  Sim, a fertilização in vitro pode prevenir doenças hereditárias. Os futuros pais, sabendo da existência de alguma doença genética, podem recorrer à seleção de embriões sem os genes potencialmente perigosos e responsáveis pela doença. Na realização do método de fertilização in vitro, o bebê apresenta os mesmo ricos de alterações genéticas do que em uma gestação sem nenhum tratamento. Enquanto que nos casos, onde se opta pelo diagnóstico médico pré-implantacional, a chance de desenvolver determinada doença herdada é extremamente inferior.

A fertilização in vitro é a melhor solução para casais inférteis?

Mito.  É de extrema importância que a causa da infertilidade seja bem investigada antes de submeter as pessoa aos tratamentos. Na maioria das vezes, o problema pode ser solucionado com medidas muito mais simples.

Idade. Mulheres com mais de 40 anos não podem realizar a fertilização in vitro?

Mito. A idade adequada para a mulher realizar o procedimento é de até 43 anos, já que a taxa de sucesso na gestação após essa idade cai consideravelmente. Entretanto, há vários casos de mulheres que, mesmo após os 43, conseguiram engravidar pelo procedimento de FIV.

A síndrome da hiperestimulação é um risco da FIV?

Verdade. Durante o estágio de estimulação ovariana da FIV, as mulheres podem produzir excesso de hormônio, causando a síndrome da hiperestimulação do ovário, o que pode causar inchaço e dor. Essa síndrome se cura sozinha na ausência de uma gravidez ou, em casos raros, pode agravar-se, obrigando a internação da paciente para o tratamento clínico.

 

Sobre Dr. Joji Ueno

Prof. Dr. Joji Ueno é ginecologista, doutor em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Coordenador do Curso de Pós-graduação Lato Sensu do Instituto GERA, Responsável pelo Setor de Histeroscopia Ambulatorial do Hospital Sírio-Libanês. Fundador e diretor da Clínica Gera, também é autor livro “ Cirurgia Vídeo-Endoscópica em Ginecologia “. Ex-Fellow do “The Jones Institute for Reproductive Medicine”, Norfolk, VA, USA.

Clínica Gera

A Clínica Gera foi fundada em 1993, em São Paulo, pelo Prof. Dr. Joji Ueno e conta com um corpo clínico com mestrado e/ou doutorado pela USP e pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. Possui filial em Campo Grande e dezenas de ginecologistas parceiros distribuídos pelo Brasil.  A Clínica Gera conta também com cursos de pós-graduação na área de reprodução humana, além de assessoria clínica e cirúrgica a outros especialistas do segmento de medicina. A clínica é referência nacional na restauração da fertilidade, em videolaparoscopia ginecológica e em vídeo-histeroscopia.

São José de Ribamar amplia oferta de vacinação do HPV para o público entre 15 e 26 anos

O município de São José de Ribamar, atendendo a recomendação do Ministério da Saúde, ampliou para o público entre 15 e 26 anos a oferta da vacina de HPV pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A partir de agora, homens e mulheres pertencente a essa faixa etária poderão receber a dose da vacina além do público-alvo de 9 a 15 anos que já recebem normalmente.

A medida ocorrerá para os municípios que ainda tenham vacinas em estoque, com prazo de validade até setembro de 2017, a exemplo de São José de Ribamar.

O secretário de saúde, Tiago Fernandes, avalia como positiva a iniciativa, uma vez que o objetivo é evitar possíveis desperdícios de doses e uma maior cobertura vacinal. “Apesar das frequentes campanhas, ainda percebemos que a cobertura vacinal continua abaixo da meta preconizada pelo Ministério da Saúde e com a ampliação, teremos a oportunidade de disponibilizar a vacina para outros grupos”, avaliou o gestou.

No município, a vacina estará disponível até o fim do estoque nos 33 postos de saúde, nos períodos manha e tarde. Para a faixa etária de 15 a 26 anos, o esquema vacinal ocorrerá em três etapas, com intervalo de zero, dois e seis meses. As pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, terão as duas doses subsequentes garantidas no SUS.

A recomendação é que os municípios utilizem as vacinas com prazos de validade a expirar até que durem esses estoques, evitando as perdas e dando a oportunidade para que outras faixas etárias possam usufruir dos benefícios proporcionados pela vacina.

Prevenção

No sexo feminino, a vacina protege contra o câncer de colo de útero, que atualmente é o 3º mais frequente e a 4ª causa de morte por câncer em mulheres no Brasil. Para os homens, o objetivo é proteger contra os cânceres de garganta, pênis e ânus. Além disso, previne mais de 98% das verrugas genitais.

Safadão se esconde novamente e não comparece a julgamento

O antigo processo cível que Wesley safadão responde está andando na Justiça, mas ao que parece o artista tem negligenciado a Justiça Cearense e não comparece ás audiências as quais ele está sendo intimado. 

A audiência realizada ontem (21) na 30ª Vara Cível de Fortaleza, processo o qual o réu Wesley Safadão poderá pagar R$ 28 milhões ao tio Hélio Oliveira por descumprimento de um contrato que o daria participação no lucro de alguns shows da banda Garota Safada.

O tio de Wesley Safadão, Hélio Oliveira, alega que comprou em 2003 um ônibus para a banda , contudo, teve o pagamento negligenciado e nunca recebeu nenhum centavo por seus investimentos no início da carreira do sobrinho.

O certo seria Wesley ser condenado á revelia, mas vamos ver o que ele alegará desta vez, quem sabe ele não foi porque estava gravando seu novo clipe e não podia desmarcar.

Informativo Câmara Municipal de São Luís

Câmara Municipal encaminha documento a SMTT pedindo cumprimento da lei de transporte particular de passageiros

Em razão dos transtornos causados no trânsito de veículos entre outros na manhã dessa segunda-feira, em razão de um movimento promovido por motoristas de táxis, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), juntamente com outros vereadores, promoveu uma reunião com representantes da categoria de taxistas para buscar uma solução para o problema.

Após algumas horas de conversa entre os parlamentares e profissionais de taxis, o dirigente do Legislativo informou que a Mesa Diretora da Casa iria ainda na tarde de ontem encaminhar ofício ao Poder Executivo, mais precisamente à SMTT (Secretaria Municipal de trânsito e Transportes) pedindo o cumprimento da lei aprovada pelo parlamento, no tocante ao aplicativo Uber. Astro e os participantes do encontro firmaram compromisso de a partir da próxima quinta-feira, (24), reunirem-se para discutir um amplo projeto sobre o funcionamento do transporte particular de passageiros no município.

Os representantes dos taxistas faziam questão de enfatizar que se encontravam ali para pedir a intermediação de Astro de Ogum no assunto, enquanto reclamavam do que consideram um abuso o que vem acontecendo na prática com o funcionamento do aplicativo Uber descumprindo a lei aprovada na Câmara. A situação chegou ponto de parte do colapso em parte do trânsito na cidade por esse e outros motivos.

Foram enumerados para o presidente do Legislativo uma série de questões que estão afligindo a categoria dos taxistas, como o que consideram uma concorrência desleal, as dificuldades que os pais de família tem enfrentado para manterem trabalhando no dia a dia, bem como a fiscalização prometida pela SMTT, que teve início, mas não teve prosseguimento.

Antes de anunciar a decisão de estabelecer a relação com o Executivo, acerca do cumprimento da lei aprovada pelo Legislativo, Astro de Ogum disse que “não tenho nenhuma amizade com Uber, e que tudo isso está acontecendo pelo exagero”. A declaração foi ao encontro de uma questão abordada pelos taxistas que a cada dia aumenta o número de veículos com aplicativo, até os mesmos estarem utilizando a faixa destinada aos táxis.

Astro de Ogum destacou que todos devem agir com coerência, mas dentro do que determina o ordenamento da lei, e sobre o funcionamento do aplicativo ele observou que a Comissão de Justiça já aprovou a matéria, devendo a mesma agora partir para a apreciação em plenário. “E por aqui vamos adotando as decisões que podemos, sempre agindo dentro do que disciplina o bom senso e a legislação”.

Participaram da reunião e manifestaram-se os vereadores Beto Castro (PROS), Bárbara Soeiro (PSC), Cézar Bombeiro (PSD), Edson Gaguinho (PHS)Genival Alves (PRTB) e Honorato Fernandes (PT), além do presidente do Sindicato dos Taxistas, Renato Medeiros, e representantes do Ligue Taxi, Comissão Fora Uber e outros.

Texto: Alteré Bernardino

Osmar Filho cria Projeto para incentivar música em praça pública 

Tramita na Câmara Municipal de São Luís o Anteprojeto de Lei 105/2017, de autoria do vereador Osmar Filho (PDT), que dispõe sobre a criação do programa “Música na Praça”, no município.

Segundo o parlamentar o objetivo do projeto é democratizar o acesso às manifestações artísticas como a música e valorizar a produção musical na capital, garantindo à população o livre acesso as fontes musicais e ao entretenimento aos bairros, fomentando a cultura local.

A implantação do projeto será importante por apoiar, valorizar e priorizar os artistas locais, além de incentivar a população, em todas as idades, ao aprendizado e produção da música.

“A ideia principal é que, o projeto ocorra de forma itinerante nos bairros de São Luís, através de apresentações musicais em espaços públicos, sendo que, será executado pela banda de música da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania – SEMUSC, através da Guarda Municipal”, afirmou o vereador Osmar Filho.

O vereador destaca ainda, que o Anteprojeto “Música na praça” tem o propósito de levar apresentações musicais às comunidade que não conseguem ter acesso a tais políticas públicas que são mecanismos de transformação social e impulsionadoras de sonhos, pois, através delas motivam os cidadãos na busca do direito ao lazer, possibilita à população alcançar um direito universal e democratiza o ingresso no universo da cultura.

Josué Pinheiro leva preocupação com saúde da população para a Câmara

Por meio de duas proposições apresentadas na Câmara Municipal de São Luís, o vereador Josué Pinheiro (PSDB) a mais uma vez manifestar sua preocupação com a saúde da população. Com um requerimento ele solicita ao prefeito Edivaldo Holanda Junior “a reimplantação de um posto central de marcação de consultas – CEMARC, para atendimento ao público na unidade mista de saúde localizada no bairro Gapara, na área Itaqui Bacanga,

Já com a aprovação de uma indicação para o governador Flávio Dino, o vereador tucano faz o pedido de que “seja viabilizada a revisão e ampliação dos serviços de atendimento do call center da unidade de saúde do Pan Diamante”.

Sobre a situação da comunidade do Gapara, o parlamentar social democrata justifica que “a reimplantação dos serviços de marcação de consultas para a localidade irá proporcionar maior comodidade àqueles moradores, bem como reduzirá as demandas e longas filas em outros locais de atendimento”. No tocante ao Pan Diamante, ele observa que “a saúde é uma das metas prioritárias do governo, e diante da necessidade de atender de forma mais ampla e específicas as inúmeras buscas por agendamento de consultas e exames, propomos a revisão e ampliação do sistema call center daquela unidade de saúde, objetivando um atendimento mais resolutivo”.

O representante do PSDB enfatiza que “os pacientes e seus familiares que residem na comunidade do Gapara, necessitam realizar agendamento de consultas e exames, mas enfrentam além da longa distância, a carência de transporte, entre outras dificuldades para deslocarem-se até outro ponto da cidade onde disponham dos serviços de agendamento de consultas e exames.”

Ao destacar que o Pan Diamante é destinado para atender agendamento de consultas médicas, mas não corresponde as necessidades da população, levando-se em conta a grande demanda dos serviços de saúde, Josué Pinheiro pontua que “os pacientes que procuram os serviços no Pan Diamante reclamam da dificuldade dos atendentes do call center em atenderem ou que constantemente o sistema encontra-se de certa forma inoperante”.

Para finalizar, Josué Pinheiro afirma que “apresentamos as presentes propostas, almejando o seu atendimento, dentro da sensibilidade e compromisso das administrações municipal e estadual quanto aos problemas de saúde da população, visando o pronto atendimento, bem como a melhoria da qualidade de vida do nosso povo”.

 

Com apoio da vereadora Fátima Araújo, Maranhão é o campeão da Liga Nordestina de Futebol para Surdos

A Associação de Surdos do Maranhão (ASMA), com o apoio da vereadora Fátima Araújo (PCdoB), viajou para Natal, no Rio Grande do Norte, onde disputou a Liga Nordestina de Futebol para Surdos e conquistou o título de campeão após 10 anos.

O time maranhense, em sua primeira partida, venceu o Rio Grande do Norte por 2×1. Na segunda partida, o ASMA bateu o Sergipe por 1×0. Já na decisão, o time maranhense ganhou o João Pessoa por 1×0 e levantou a taça de campeão.

É a segunda vez que o Estado do Maranhão levanta a taça da Liga Nordestina de Futebol para Surdos em Natal. Além do bi campeonato, o Maranhão teve o artilheiro da competição e o melhor goleiro do torneio.