Arquivo mensais:julho 2017

Mulher de preso espanca amante que fazia visitas para o marido dentro de Pedrinhas

No último dia da visita no presídio de Pedrinhas,  duas mulheres se desentenderam e foram as vias de fato. O motivo da briga todo mudo já sabe. 

Acontece que uma delas estava visitando um presidiário casado, como sabemos, no mundo paralelo também existem certos “valores morais”, um deles é no que diz respeito a “se dar” com “homem dos outros”.

A esposa traída agride a amante com muita fúria e é incentivada pelas demais colegas que também estavam ali para visitar seus amigos, parentes ou maridos.

A mulher que está levando uma surra é chamada de “URSA”, que significa “AMANTE”. A “ursa” chora e implora para não apanhar mais bofetões e nega qualquer relacionamento com o marido de sua agressora.

A pancadaria só acaba quando dois homens se metem. “Ela já apanhou demais, tu vai matar ela”, disse um senhor que apartou a briga. As colegas que apoiaram a surra que a amante levou dizem: “Ela está no direito dela, o cara é marido dela”.

Isso  é que dá, se meter com homem dos outros, sendo ele presidiário, empresário, político, jornalista, policial, desocupado, o que for, sempre é uma péssima ideia. Mulher traída é pior que “Bala Perdida”…

Luto! Falece diretor do Colégio Universitário

Com grande pesar que informamos o falecimento precoce do Professor Reginaldo que era diretor do Colégio Universitário-Colun. Nosso bravíssimo professor lutou bravamente contra o câncer durante dois meses e hoje, descansou. Os céus estão em festa pelo entrada de alguém de enorme coração e receptividade.
“Seu coração é uma casa de portas abertas; o mais certo das horas incertas”

Professor Reginaldo marcou profundamente a vida de muitos de seus alunos. Ele lecionava matemática, era advogado e estava a frente da direção do Colun.

Ele marcou toda uma geração de alunos, quem pode esquecer de suas provas complexas? De sua dedicação para que todos nós aprendêssemos a tão temida matemática? O meu sucesso no Enem devo em grande parte a esse mestre.

Era o tipo do professor que percebia quando os alunos dele não estavam bem e vinha com a famosa frase: “hoje tu não está com uma cara boa, o que foi?”.

Vai deixar saudades em nossos corações professor, e hoje todos os seus alunos não estão com uma cara boa. Descanse em paz, querido professor! Você é alguém que se pode respeitar.

O velório acontecerá hoje a partir das  13 horas no Colégio Universitário, na UFMA!

 

Maria Cecília conquista mais dois títulos de beleza, desta vez em São Paulo

A maranhense Maria Cecilia conquista mais duas faixas do mundo da moda em São Paulo. A menina foi aclama com dois títulos, o primeiro de Mini Diva Brasil Fashionista 2017  Miss Brasil Fashionista Glam Beauty 2017.

Maria Cecília de 6 aninhos, já desde pequena já sente o peso da responsabilidade de ser uma Miss. Ela já é Miss Fotogênica e Miss maranhão.

Dona de lindos olhos azuis, a maranhense Maria Cecília é carismática e dedicada. A responsabilidade  agora dobrou!

Manobras dos grandes produtores de bebidas

Para cada lata de refrigerante consumida no País, o governo federal devolve aos grandes produtores R$ 0,33 em créditos. A vantagem das multinacionais do setor acontece em função das isenções dos produtores de concentrado (xarope) para refrigerantes, instalados no polo industrial de Manaus.
Eles repassam esses benefícios para suas subsidiárias por todo o País, dificultando a vida dos pequenos e médios produtores de refrigerantes, instalados de norte a sul do Brasil.
A fim de acabar essa injustiça, deputados se mobilizaram, com apoio da a Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil (Afrebras), para que algumas ações fossem tomadas.
A Receita Federal terá que divulgar o estudo feito sobre a geração de créditos de IPI na Zona Franca de Manaus e vai acontecer uma audiência pública para discutir o assunto, com a presença da Secretaria de Acompanhamento Econômico, a Receita Federal, a Afrebras e a Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas não Alcoólicas (Abir).Os deputados querem mudanças na tabela de IPI dos concentrados para que haja uma efetiva tributação dessas empresas.

Lidiane Leite está solteira

Lidiane Leite, ex-prefeita de Bom Jardim, hoje em dia vive uma nova fase. Após o nascimento do filho caçula com o ex-marido, Beto Rocha, a loira pouco tem sido vista na cidade. 

Hoje em dia ela está solteira e se dedica apenas á companhia dos filhos. Ela tem vivido uma série de problemas derivados á prefeitura de Bom Jardim. Onde o MP praticamente á considerou como “laranja” do ex-marido, que na época, por ser ficha suja (o que impossibilitou sua candidatura), não pôde ser candidato, então colocou Lidiane, na época, esposa dele.

Passando por cima de toda essa situação, ela hoje se dedica aos filhos e os estudos. Segundo amigos mais próximos, a loira pretende ingressar na faculdade de medicina.

Exclusivo! Entenda o sumiço e a suposta morte da jovem Lorena que desapareceu misteriosamente

A adolescente Lorena Luiza está desaparecida desde 07 de maio e até o momento as autoridades não tem nenhuma resposta para dar a sociedade. As buscas na Vila Luís Fernando, em Ribamar, não resultaram em nada.

Até o momentos as informações que estão sendo repassadas a sociedade estão confusas e entram em contradição. Ora nos fazem crer em uma possível morte, ora um desaparecimento voluntário, hipótese essa descartada por familiares.

Uma pessoa anônima ligou para a mãe de Lorena avisando que teria um vídeo que registrava a morte da garota, descreveu a cena como chocante e cruel. Falou que a menina foi atraída para uma “casinha” e logo em seguida, morta com requintes de crueldade. Contudo essa mesma pessoa afirmou que não possuía mais o vídeo em mãos.

Crianção de Lorena

A adolescente fora criada com muito amor por Jeanneia Silva e o Pai Roberto Furtado. Os pais trabalhadores e dedicados aos filho. De boa familia, a adolescente não conta com nenhum parente que seja ligado á facções criminosas ou atividades ilícitas.

Desaparecimento

Lorena desapareceu completamente após a tarde do dia 07 de maio, quando entrou em contato pela última vez com a ex-sogra, avisando que iria buscar o filho. Em nenhum momento demonstrava que estava acontecendo algo de errado ou que estava fora de si.  Ela ligou três vezes para familiares através do celular de uma amiga identificada no Facebook como Lallah Almeiidah II.

A versão da suposta “amiga” Lallah Almeiidah II:

Lallah escreve no Facebook que conheceu a Lorena no dia da festa. Que ambas estavam em uma casa na Luis Fernando. Quando questionada sobre o destino de Lorena, ela alega não saber, mas depois entra em contradição, dizendo que a adolescente havia saído em um carro com um homem identificado com Érick, que morreu dias depois o sumiço de Lorena.

A “amiga” a todo momento tenta incriminar a Lorena alertando que a adolescente havia saído para roubar e que estava muito drogada, mas esse fato entra em contradição com a versão dada pela sogra que afirma que Lorena estava falando normalmente. Quando pressionada, essa mesma  amiga fala que não tinha nada contra Lorena e que ela havia saído com alguns cara e que somente eles sabem o que fizeram com ela. Já para a polícia, ela aponta somente o Érick, acredito que faz isso porque o cara morreu de overdose dentro da casa de show em que sumiu a Lorena e não tem como fazer mais nada contra ela.

Ela avisa “posso até morrer, mas vou com a consciência limpa”. Ela foi levada junto com a polícia até a casa onde Lorena foi vista pela última vez, mas até o momento nenhuma pista e  nenhum indício para que fundamente um possível pedido de prisão para os responsáveis pelo sumiço de Lorena.

Érick: 

O Érick apontado por Lallah Almeiidah como um dos que viu Lorena, morreu no dia 07 de junho vítima de overdose. Ele morreu dentro da mesma casa de show a qual Lorena havia desaparecido no dia do show de MC Brinquedo.

Buscas por um suposto cadáver:

A polícia fez buscas no mês passado para localizar o suposta cadáver de Lorena que supostamente teria sido desovado na Vila Luís Fernando, mas nenhum achado humano foi localizado.

Informações desencontradas:

A família tem recebido diversas informações obre um possível paradeiro da adolescente, mas até o momento ou é mentira ou então alguém muito parecida com Lorena. A polícia segue o inquérito sem nenhuma pista plausível e também não consegue responder sobre o que aconteceu com a adolescente.

Desespero da mãe:

A mãe de Lorena está desesperada por notícias da filha, ela até o momento nutri fortes esperanças de reencontrar a sua querida princesa ( nome o qual ela se refere a Lorena).

Possíveis testemunhas:

Além da Lalah, algumas pessoas apontam que há testemunhas que podem ajudar a desvendar o paradeiro de Lorena, porém, segundo informações, estas pessoas temem represálias.

Informações dão conta de que Lorena pode ter sido vítima de “casinha”, que foi eliminada por ter testemunhado diversos crimes praticados por seus supostos assassinos, que até o momento a polícia não sabe quem são.

Inconformismo com fim do relacionamento é o principal motivo para violência contra a mulher em São Luís

O inconformismo do homem com o fim do relacionamento continua aparecendo como o principal motivador para a prática da violência contra a mulher. É o que revela pesquisa divulgada segunda-feira (10), pela Vara Especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de São Luís. Os dados mostram também que 51% das vítimas tiveram filhos com o agressor e 72% dos casos de agressões ocorreram dentro de casa. O estudo analisou informações dos processos de Medidas Protetivas de Urgência, em tramitação na unidade judiciária no ano passado.

A divulgação para a imprensa ocorreu pela manhã no Fórum Desembargador Sarney Costa (Calhau), com as presenças do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão e da corregedora-geral, desembargadores Cleones Cunha e Anildes Cruz; das juízas Rosária de Fátima Almeida Duarte (auxiliar da Corregedoria e titular da Vara da Mulher) e Suely de Oliveira Santos Feitosa (respondendo pela Vara da Mulher); da titular da 21ª Promotoria de Justiça, Márcia Haydee de Carvalho; e da representante do Comando de Segurança Comunitária da Polícia Militar, tenente Annyreh Corrêa. Na ocasião, o diretor da Escola Superior da Magistratura do Maranhão, desembargador Paulo Velten, lançou o edital para publicação de artigos científicos sobre a temática violência de gênero, com o selo Edições Esmam.

O presidente do TJMA falou sobre o resultado da pesquisa e destacou que a maioria dos casos de agressões foi praticada por ex-companheiros, ex-namorados ou ex-maridos que ficaram insatisfeitos simplesmente por receberem um não da mulher. O desembargador Cleones Cunha afirmou que, com a instalação da segunda Vara da Mulher, no Termo Judiciário de São Luís – Comarca da Ilha, que deve ocorrer dentro 90 dias, o Judiciário terá melhores condições de atender as vítimas de violência doméstica, somando com o trabalho que vem sendo desenvolvido pela primeira vara, onde atualmente tramitam 8.162, sendo 1.316 medidas protetivas, 294 inquéritos policiais, 90 ações penais e 13 autos de prisão, entre outros (dados de 04 de julho).

Pesquisa – a juíza Suely Feitosa explicou que a pesquisa foi realizada pela equipe multidisciplinar da Vara da Mulher (psicólogo, assistentes sociais e comissários da infância e da juventude), com base nas informações constantes em 505 processos de Medidas Protetivas de Urgência, entre ativos e arquivados, distribuídos nos meses de janeiro a junho de 2016, e a análise dos dados ocorreu no período de agosto a dezembro do mesmo ano.

Não integram o estudo os casos de feminicídio, porque esses processos tramitam nas Varas do Tribunal do Júri.

Quanto ao perfil da vítima, a pesquisa mostrou que 35% tinham entre 26 e 34 anos de idade; 61% eram solteiras, 20% mantinham relacionamento de união estável e 16% declararam casadas; 51% disseram ter filhos com o agressor; 51% afirmaram que exercem algum tipo de atividade remunerada; e 20,2% eram donas de casa. O estudo apontou também que em apenas 10,3% dos processos pesquisados foi possível identificar o grau de instrução, sendo que dentre esses a maior concentração está no ensino superior (4,8 %), seguido do ensino médio completo (3,63%). Os dados revelam ainda que 93% das mulheres que buscaram medidas protetivas são maranhenses. Já os números relacionados ao bairro de moradia das vítimas apresentaram-se bastante pulverizados, sendo os locais com maior recorrência o Coroadinho (4%), Anjo da Guarda (3,6%) e São Raimundo (3%);

O estudo mostra também o perfil dos autores da violência, revelando que a faixa etária com maior incidência permanece de 26 a 34 anos (35% dos casos); 58% são solteiros, 18% vivem em união estável e 16% são casados; 40,6% dos agressores eram ex-companheiros das vítimas, enquanto 21,2% eram companheiros e 10,5% ex-namorados. Em 65% dos processos foi identificado o exercício de alguma atividade remunerada pelo homem, sendo as profissões ou ocupações com percentuais mais expressivos a de vigilante (8%), motorista (7%) e autônomo (6%). A análise dos dados revela, ainda, que em 71% dos processos não havia informação sobre o uso de bebida alcoólica, mas em 20% foi apontado o uso abusivo de álcool ou de outras drogas (11%). Os bairros de maior incidência de casos foram Vila Embratel, Coroadinho, Anjo da Guarda, São Francisco, Cidade Operária, São Raimundo, João Paulo como os mais recorrentes.

A equipe multidisciplinar procurou identificar além do perfil da vítima e do agressor, o tipo de violência de maior incidência praticada contra a mulher, ficando em primeiro lugar a violência psicológica (37%), seguida da violência moral/injúria (29%) e física (24%), sendo que 72% ocorreram dentro de casa e tendo como o principal motivador o inconformismo do agressor com o fim do relacionamento (32,8%). Dos casos possíveis de identificar, para a prática da violência houve uso de armas de fogo em 17% e 83% de arma branca como facas, além de outros objetos perfurocortantes.

De acordo com a pesquisa, 84% das denúncias de violência que chegaram à Vara da Mulher foram originárias da Delegacia Especial da Mulher; 5% correspondem a outras delegacias e 4%, da Defensoria Pública do Estado. A análise dos 505 processos de Medidas Protetivas de Urgência mostrou que 31,4% das medidas solicitadas tiveram por objetivo o distanciamento do agressor em relação à vítima; seguida da proibição de manter contato (31,2%) e proibição de frequentar determinados locais como a residência e local de trabalho da ofendida (29,5%).

Semana da Mulher – a divulgação da pesquisa integra as atividades da II Semana Estadual de Valorização da Mulher, promovida pela pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Maranhão, com o apoio da Corregedoria Geral da Justiça, Escola da Magistratura e da Associação dos Magistrados do Maranhão. A programação da semana vai até esta quarta-feira (12).

Deputado do “close errado” tem BMW X6 apreendida em blitz da Lei Seca da Litorânea

Que vexame, meu Deus!!!

O deputado Vinícius Louro, o rei do “close errado”, foi parado em uma blitz com sua BMW X6  e teve seu possante apreendido na Litorânea.

A famosa blitz da Litorânea tem o principal objetivo “prender” motorista desavisados que desrespeitam a Lei Seca. Provavelmente o deputado por ter passado esse constrangimento, deveria ter se recuado a fazer o teste do bafômetro para não fazer provas contra si. Então, sendo assim, foi necessária a presença de outro condutor habilitado para levar o veículo.

O deputado Vinícius Louro lidera o ranking de parlamentar maranhense que mais envergonha o estado. O mesmo ama “se amostrar”, contudo, sempre dá close errado, até mesmo quando decide fazer caridade, ele sempre é exemplo do que não se deve fazer de jeito nenhum.

Deputado Vinícius Louro, o parlamentar do Close Errado

 

 

 

Maria Clara faz 15 anos

A estudante Maria Clara completa 15 anos. Ela está muito feliz por poder festejar esta data tão especial na vida de uma adolescente. 

Foto: Fernando Souza dos Santos

A mãe, a empresária Jesana Fernandes, tem muito orgulho da filha, que é considerada muito dedicada aos estudos, respeitadora e carismática com os que estão ao seu redor.

Amanhã será o dia da grande festa temática de Maria Clara que se inspirou no Havaí para comemorar seus 15 anos. Todos os familiares e amigos estarão presente para desfrutarem deste dia. 

O blog tem o prazer de desejar felicidades nesta nova fase da vida de Maria Clara e sua família. Parabéns! 

 

Foto: Fernando Souza dos Santos
Foto: Fernando Souza dos Santos