Pessoas são tratadas como “animais” e de forma humilhante durante Reveillon da Penísula

O que aconteceu na Festa do Reveillon da Penísula foi grave e caso de polícia.

Além da super lotação, os participantes do evento foram brutalmente humilhados e tiveram sua dignidade atingida na hora da “comilança”. O produtor da festa colocou uma cerca em volta dos salgados, com duas bandejinhas apenas para que as pessoas comessem.

A cena é deprimente. E o PROCON tem que entrar neste caso, não só o PROCON, mas outros órgãos competentes, pois o local não era adequado para comportar mais de 600 pessoas. O que obviamente podemos perceber que não foi respeitada a capacidade máxima por metro quadrado.

A festa foi realizada sem responsabilidade, tanto com a segurança, pois colocaram lá dentro muito mais que a capacidade da casa suportava e nem precisamos mais tecer comentários a respeito do que o leitor verá no vídeo abaixo:

Mas o que esperar de um produtor que só pensou em lucrar? Nada de bom, óbvio. 

 

8 comentários sobre “Pessoas são tratadas como “animais” e de forma humilhante durante Reveillon da Penísula

  1. E um Sindico de um Condomínio na área do Renascença que quer aposentar-se no cargo, o pior que foi um advogado que inventou a idéia de não só a dispensa da taxa o citado, tem salário. Afff

  2. Normal isso aqui em slz, as pessoas procuram status e não diversão, então so resta isso, pagar pra ser besta, e deixar que os produtores fiquem de bolso cheio e rindo da cara do povo ai

  3. HUMILHAÇÃO É POUCO, TEM QUE TER VERGONHA DE FAZER FESTA AQUI EM SÃO LUIS NOVAMENTE. BANDO DE INCOMPETENTES NÃO SABEM FAZER NADA DIREITO . PRODUTORZINHO DE MERDA . VAI ESTUDAR SE ESPECIALIZAR EM OUTRA ÁREA ESSA DE FESTA NÃO PELO AMOR DE DEUS .

  4. Maranhense sendo Maranhense. O problema desde fim de mundo é educacional. Vendo este video percebe-se que os animais estavam se alimentando. Não é atoa que o Brasil inteiro acha São Luis uma roça.
    O erro é pagar 400R$ em festas vagabundas por causa de um mísero significativo dia de ano novo e se alimentar que nem um animal preso na Jaula

  5. Por isso fui pro Reveillon no CocoBambu… Paguei 300 reais com direito a 150 de consumação. Bandas que não eram as mais tops mais animaram, tinha minha mesa, comemos e bebemos muito durante toda a noite, ambiente climatizado, seguro, familiar, gente educada e até me impressionei com a quantidade de jovens bonitas.

  6. Rafael, como está aí em Londres??? Ou você mora em uma cidade brasileira? Pela sua foto dá pra ver que você é só mais um bostinha como os que vc crítica. Quanto ao vídeo só mostra o quanto nós brasileiros somos tolos e mal educados, com raras exceções.

  7. Meu Ano Novos foi em casa, junto à família e amigos…não paguei pra entrar, porem contribui pra ceia, que diga-se de passagem foi maravilhosa…A vantagem de tudo isso: comi bem. banhei de piscina (ainda que de plástico…he he he) , me diverti e bebi até cair, sem medo de dar vexame pois estava entre família e amigos e não corri risco de assaltos, mortes por acidentes, etc…etc..etc… enquanto isso, os bestas são enganados por um pilantra travestido de promoter e ainda viram noticia sendo chamados de animais….vergonha alheia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *