Arquivo mensais:setembro 2016

Fraudes fazem prefeito de São Félix de Balsas perder o mandato

Demorou, mais chegou!

Depois de várias denúncias por improbidade administrativa, o prefeito Félix Martins perdeu o seu mandato após a sua condenação por crimes contra a administração pública. As suas atitudes criminosas ficaram evidentes no decorrer da investigação, deixando o ex-prefeito sem mandato, além da perda de seus direitos políticos.

image

O condenado por fraude licitatório já estava acostumado a contratar empresas sem o devido processo licitatório. Ou seja, empresas prestavam serviços para a prefeitura de São Félix de Balsas sem ao menos haver licitação para tal exercício.

O crime proposital ou não, não compensa! A sofrida cidade agora livrou-se de um prefeito que comete improibidades berrantes é bastante visíveis, pena que o pena é que o inquérito foi aberto em 2014 e só houve condenação em 2016.

O Ministério Público Estadual, junto com a sub-procuradora Teresinha de Jesus Anchieta Guerreiro tiram do poder alguém que representa prejuízo aos cofres públicos.

Vereador chama mulheres de Barra do Corda de “puta” e diz que lá tem tudo que não presta

O grupo político comunista em Barra do Corda vem passando de todos os limites do bom senso. Além de criarem musicas que propagam a baixaria, agora deram para chamar as pessoas que fazem oposição a eles de “puta” e “ladrão”.

dscn4345

A corja que almeja cargos municipais como vereador e prefeito, que tem uma competência tecnicamente bem limitada,  começa a xingar as pessoas. Político que não respeita  a democracia não pode ser considerado um representante do povo.

O vereador Paulin Bandeira para quem não sabe é acusado de ser o mandante do assassinato de um outro vereador.

Pelas palavras que este parlamentar usa podemos perceber seu caráter deturpado e vulgar, usando expressões baixas até podemos qualificá-lo como o “vereador doidão”. Pelo princípio do bom senso e da moralidade este sociopata não deveria nem ao menos estar candidato já que responde a um crime gravíssimo e com consumação que é ilícito contra a vida humana.

meliante

Pra completar a bandalheira, o prefeito de Barra do Corda apoia o  vereador, pois no início do áudio o parlamentar fala: “não é mesmo prefeito, Éric Costa?” Como uma cidade como Barra do Corda pode está tão mal representada assim?

Esse vereador é tão cínico que fala tanto em progresso, mas é o primeiro a ser imoral, intransparente e tem um caráter muito desequilibrado. Se posicionar contra uma visão política é normal, isso é liberdade de expressão, agora usar a sua liberdade de expressão para ofender a honra das pessoas é um ato criminoso. Mas de crimes e de acusações sobre ilícitos penais o vereador Paulin entende muito bem!

“Edivaldo, não fuja..venha debater comigo”, provoca Wellington na propaganda

O candidato do PP à Prefeitura de São Luís, Wellington do Curso, faz um desafio público ao prefeito, em sua atual propaganda eleitoral na televisão.

image

– Edivaldo, não fuja. Não se esconda das responsabilidades. Venha debater comigo – provoca Wellington, criticando a fuga do prefeito do debate da TV Gauará.

Afirmando estar preparado para o debate com o prefeito, Wellington lembra que o candidato do PDT se escondeu durante três anos atrás do comando da prefeitura, e agora se esconde, também, de dar respostas ao povo.

A partir desta segunda-feira, 26, dois debates ainda estão previstos nas emissoras de TV.

No dia 27, terça-feira, será o debate da TV Difusora; doi dais depois, o confronto é na TV Mirante, encerrando a propaganda eletrônica na campanha, a três dias do pleito.

– É hora de o eleitor saber quem foge das responsabilidades e quem tem atitude em seu favor – pregou o candidato do PP.

Edivaldo já confirmou presença na Difusora na Mirante…

Blog do Marco D’Eça

Governo interdita 11 academias em Balsas por diversas irregularidades

O Governo do Maranhão fiscalizou 17 academias em Balsas e interditou 11, nesta sexta-feira, 23, por exercerem irregularmente suas atividades. A fiscalização foi realizada em conjunto pelo Procon/MA, Conselho Regional de Educação Física (CREF/MA), Vigilância Sanitária Municipal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

procon-interdita-academias-em-balsas-1A equipe de fiscalização observou itens como a ausência de licença para funcionar, a inexistência do laudo da vigilância Sanitária e a ausência da supervisão de um profissional de educação física, o que pode resultar em lesões nos praticantes de atividade física, além de falta de registro no CREF. O estabelecimento sem nome nem registro conhecido como ‘Academia do Ogro’, no bairro de Nazaré, foi o que apresentou maior número de irregularidades: não tinha alvará sanitário nem registro no CREF, também não possuía profissional de Educação Física para supervisionar as atividades e seus equipamentos estavam avariados, em má condição de conservação ou com defeito.

Além da Academia do Ogro, também foram interditadas as academias Tribo Cross Fitness (Catumbi), Academia Perfil (Catumbi), Academia FitCorpuss (Catumbi), Movie II (Cajueiro), Vida Ativa (Setor Industrial), Nosso Studio (Centro), Ponto de Encontro com o Bem Estar (Bairro CDI), mais duas academias sem nome nem registro foram interditadas no Centro. Dois estabelecimentos foram encontrados fechados, também no Centro. As irregularidades mais recorrentes foram a ausência do profissional de Educação Física e do registro junto ao CREF, falta do alvará do CBMM e da Vigilância Sanitária. Somente as academias Movie I (Centro), Equilíbrio (Centro), Arena Fitness (Centro), Decatlhon Academia (Centro) e Academia só para mulheres (Cohab) não foram interditadas.

Para o presidente do Procon, Duarte Júnior, as infrações atentam contra princípios básicos de direito do consumidor. “Estamos trabalhando para garantir a vida, saúde e segurança nos serviços prestados aos consumidores em todo o Estado. Por isso, não vamos permitir que estabelecimentos sem as condições mínimas continuem funcionando”, afirmou o presidente.

Segundo a fiscal do CREF/MA, Gisela Ruy, as academias interditadas devem se adequar imediatamente. “Todo estabelecimento voltado para a prática de atividades físicas precisa cumprir leis de funcionamento. O credenciamento junto ao Conselho de Educação Física e a presença do profissional de Educação Física é obrigatória”, alertou a fiscal.

“Essa operação em conjunto é importante para que as academias possam estar legalizadas. A Vigilância Sanitária está verificando todos os itens necessários para assegurar a saúde da população, como salubridade, ventilação e climatização”, explicou a coordenadora da Vigilância Sanitária de Balsas.

O Corpo de Bombeiros Militar também acompanhou a operação fiscalizando as condições de segurança dos prédios. “Uma operação em conjunto traz mais credibilidade, segurança e aceitação da população e dos comerciantes locais”, afirmou o tenente Márcio Azevedo.

A operação de fiscalização de academias chega a Balsas depois de ter interditado cerca de 50 academias em São Luís, Timon, Santa Inês e Paço do Lumiar no ano passado. Todas as academias ficaram interditadas até que se regularizem. Caso descumpram a determinação, estarão sujeitas a multa e ao crime de desobediência, previsto no artigo 330 do Código Penal.

Bomba! Edivaldo Júnior passou oito anos sem pagar IPTU

Blog do Luís Cardoso

O prefeito de São Luís e candidato à reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), não tem moral para apontar dívidas de ninguém.  Ele passou nada mais nada menos do que oito anos sem pagar o seu IPTU. O que chama a atenção é que Edivaldo não pagou o imposto municipal justamente no período em que foi vereador de São Luís.

entrevista_jornal_imparcial_050913_ma-84

Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior

Conforme os documentos abaixo, Edivaldo passou oito anos sem pagar o referido tributo, e teve o nome inscrito na dívida ativa. O período da inadimplência do gestor foi entre janeiro de 2000 a janeiro de 2007. Detalhe, em 2004 ele disputou e ganhou seu primeiro mandato eletivo, como vereador; ou seja, mesmo exercendo um cargo político, ele ainda ficou três anos pendentes com o IPTU: entre 2005 e 2007.

Edivaldo passou os dois anos iniciais do seu primeiro mandato como vereador cobrando da população o que não cumpria e, pior, infringindo as leis. A cobrança do imposto é determinada pelo Artigo 156 da Constituição Federal. Todo o dinheiro que é arrecadado com a cobrança vai para os cofres da Prefeitura, que é usado para custear despesas.

Vale lembrar que o comando de campanha do prefeito Edivaldo usou seus setores de comunicação para atacar e questionar a capacidade ética e moral de seu adversário, justamente por ter uma dívida com IPTU.

Mas, vale ressaltar ainda, que o candidato adversário em questão, questionava o débito na justiça, sob a alegação de que não concordava com o valor cobrado pela prefeitura e também por ser alvo da má gestão do prefeito, que nunca resolveu o problema de alagamento em sua empresa no período chuvoso.

doc-03

ll

Abigail Cunha lidera com 41,33% dos votos e será a próxima prefeita de Jenipapo dos Vieiras

Do Blog do Luís Cardoso

Todas as pesquisas realizadas no município de Jenipapo dos Vieiras apontam para a vitória da candidata a prefeita Abigail Cunha (PSDB).

Abigail Cunha - PSDB

Abigail Cunha – PSDB

Pesquisa realizada pelo Instituto Dados Pesquisa e Consultoria mostra em todos os cenários a candidata Abigail Cunha (PSDB) com ampla vantagem em todos os cenários. No cenário da pesquisa estimulada, Abigail aparece com 41,33% das intenções de voto e o segundo colocado Moisés Ventura com 33,81%.

2016-09-23-photo-00013679

2016-09-23-photo-00013684

No quesito rejeição, o candidato Moises Ventura (PTB), aparece com índice elevado de 35,73% e Abigail com 26,86% como mostram os dados acima.

2016-09-23-photo-00013685

2016-09-23-photo-00013678

A pesquisa foi registrada no dia 16/06/2016 e divulgada dia 22/09. A pesquisa tem número de registro no Tribunal Regional Eleitoral MA- 04958/2016 e 372 pessoas foram ouvidas.

Vereador Ivaldo Rodrigues pressiona servidores da Semdel para votarem nele

Servidores da Secretaria Municipal de Desportos e Lazer estão revoltados pelo fato dos pedidos obscuros que estão sendo feitos dentro do órgão.

Os funcionários alegaram que estão sendo pressionados pelo superitendente financeiro, Aurélio Rodrigues para apoiar de qualquer forma o vereador Ivaldo Rodrigues.

Uma ficha foi dada para cada servidor para ser preenchida, incluindo sessão e zona eleitoral das pessoas para confirmar o voto no vereador Ivaldo Rodrigues.

A pressão é dada todos os dias dentro da secretaria, além de informativos constantes pelos grupos de WhatsApp. As folhas preenchidas são cobradas diariamente no privado dos funcionários.

image11Na semana passada, os servidores foram intimados a ir a um encontro no comitê central do vereador Ivaldo Rodrigues, no Olho D’água.  Para piorar a situação, a reunião foi no horário de expediente e quem não fosse ia pegar falta no trabalho sendo descontado do salário no final do mês.

Praticamente todos os funcionários da Semdel foram. A pressão feita pessoalmente por Aurélio é bem pior pois ele ameaça dizendo que quem não preencher as fichas será punido.

Os servidores nunca compactuaram com a forma de administrar do chefe financeiro,  pelo fato das ordens dadas como se ele fosse o próprio secretário. Ele humilha e ameaça os funcionários.

Nem voto para o prefeito ele pede, apenas para o vereador Ivaldo para quem ele trabalha e apoia. O seu cabo eleitoral ao invés de ajudar só atrapalha deixando os funcionários irritados.

Abaixo a ficha que deve ser preenchida pelos funcionários;

image

2016-09-21-photo-00000378-1

2016-09-21-photo-00000380

2016-09-21-photo-00000379

2016-09-21-photo-00000377

 

Em reunião com médicos, Wellington 11 consolida compromissos com a saúde de São Luís W1

O deputado estadual e candidato a prefeito da coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington 11 (PP), participou, na noite da última quarta-feira (21), de sabatina promovida pelo Conselho Regional de Medicina do Maranhão (CRM/Ma).

crm-2-1O candidato progressista recebeu manifestações de apoio da categoria; apresentou suas propostas para valorização da classe e recuperação do sistema público de saúde da capital; e teceu duras críticas ao modo de administrar do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior que, segundo Wellington e muitos dos participantes, colocou o setor da saúde de São Luís no fundo do poço.

“Já estive reunido com várias categorias que trabalham no setor da saúde e, com todas elas, assumi o compromisso de valorizar os profissionais e investir corretamente para retirar da UTI a saúde pública de São Luís. Os médicos foram e continuam sendo totalmente desvalorizados pela gestão do atual prefeito. Esse quadro irá mudar a partir de janeiro, quando estaremos exercendo o cargo de prefeito e trabalhando corretamente por nossa cidade”, afirmou.

Wellington apresentou alguns dos seus compromissos que serão executados a partir de 2017. Ele citou, por exemplo, investimentos concretos no setor da Atenção Básica [como recuperação e construção de novas unidades de saúde, o que desafogará o atendimento na média e alta complexidade]; implantação de plano de cargos, carreiras e salários para os profissionais do setor; garantia de equipamentos, medicamentos e outros insumos estratégicos; reativação do setor de neurocirurgia do Hospital Clementino Moura; implantação de uma unidade para tratamento de pacientes com queimaduras; informatização, com instalação do tele agendamento, das Centrais de Marcação de Consulta, o que colocará fim as grandes filas e humilhação dos pacientes; e, de forma consorciada com as demais prefeituras da Ilha, construção de um Hospital Metropolitano.

“A prefeitura tem recursos para investir na saúde. Não faz porque o atual prefeito não sabe gerir. Ao invés de melhorar os setores básicos da cidade, ele prefere gastar mais de R$ 23 milhões do orçamento municipal em propaganda paga e que mostra uma São Luís que não existe”, disse o candidato.

“Faremos diferente. O orçamento municipal será aplicado nas áreas que realmente precisam, como saúde, educação, mobilidade urbana e transporte público de qualidade, por exemplo. Valorizaremos e manteremos diálogo permanente com os médicos e todas as demais categorias do sistema público de saúdel. Faremos isso e muito mais porque temos comprometimento com a coisa pública. São Luís não pode mais perder tempo. E essa mudança, com o apoio do povo, começará a partir do dia 02 de outubro”, completou Wellington 11

Prefeito acusado de enriquecimento ilícito abandona várias obras em Matões do Norte

O prefeito de Matões do Norte, Solimar Alves de Oliveira, que já foi acusado de enriquecimento ilícito e acúmulo de bens materiais, como mansões, casas e veículos agora resolveu abandonar a administração pública de vez.

2016-09-21-photo-00000018
O caos encontrado na cidade é assustador, principalmente a quantidade de obras públicas abandonadas.

Locais onde deveriam existir escolas construídas, observa-se apenas mato e lixo. Obras pagas com recursos públicos mas que nunca saíram do chão. Um verdadeiro absurdo.

Obras fantasmas, que o dinheiro foi torrado em outras finalidades. A população do município titulou o o gestor de “gangster”, para se ter ideia.

2016-09-21-photo-00000010

2016-09-21-photo-00000009