Arquivo mensais:julho 2016

Garota Vip termina com farra na casa da família Lobão

Uma verdadeira loucura. Como se não bastasse a farra que foi o show de WS em São Luís a família Lobão chamou o cantor Pedrinho Pegação para ir fazer a festa em sua residência.

image

Tatiana mostrou que é forrozeira e que não tem tempo ruim. A família amanheceu. Cercados de luxo, de poder e de influência, quem não vai junto?

Vejam a farra:

Bomba vai estourar em jenipapo dos Vieiras, onde a família do prefeito tem 80 mil cabeças de gado

Blog do Luís Cardoso

Uma bomba deve cair e estourar no município de Jenipapo dos Vieiras, que é administrado pela família Albuquerque dos Brabos, como são mais conhecidos. Além do nepotismo descarado, contratos de fornecimento de combustível, máquinas pesadas, medicamentos, alimentos, casas alugadas, merenda escolar, feitos só com familiares do prefeito Gustavo Albuquerque (foto), começaram a ser investigados o patrimônio pessoal da família, que incluem dezenas de fazendas na região, com 80 mil cabeças de gado, perdendo apenas para Lulinha (filho do ex-presidente da República, Lula da Silva) que tem quase 150 mil só no Pará.

fff
prefeito Gustavo

O pior é que o patrimônio dos Albuquerque evoluiu demais com as suspeitas de que foram utilizados recursos desviados do poder público, o que despertou a curiosidade de uma investigação federal. O mais interessante é que Jenipapo dos Vieiras é hoje um dos municípios mais pobres do Maranhão.

Por causa do vasto patrimônio e a sonegação constante, a Receita Federal também entrou na operação. A família é dona da maioria das terras de Jenipapo dos Vieiras e adquiriu terras também em Itaipava do Grajaú, Lagoa Grande e Barra do Corda.

Fora isso, tem até gado nas terras indígenas, como na reserva Cana Brava. As investigações estão avançadas e a bomba vai explodir em Jenipapo dos Vieiras.

Aguardem!

 

Crianças continuam morrendo por negligência no Hospital Regional de Morros

É no mínimo um absurdo o que vem ocorrendo na instituição de saúde do municipio de Morros. Mais uma criança teve a vida interrompida e os sonhos perdidos por conta da incompetência dos que dizem estar ali para ajudar e salvar vidas.

Hospital Regional é de competência do estado
Hospital Regional é de competência do estado

A falta de gestão no hospital regional já foi denunciada aqui no blog. Vale ressaltar, que a o despreparo é titulado para alguns profissionais que ali estão.

Ontem, mais um recém-nascido foi a óbito logo após o seu nascimento por puro descaso do médico-cirurgião plantonista.

A paciente de 23 anos, grávida do primeiro filho e residente do municipio de Presidente Juscelino começou a sentir as dores por volta das 10h de quarta-feira dia 27/07 de acordo com familiares. A jovem foi levada por volta das 13h para o hospital do mesmo municipio. onde constatou-se que havia necessidade de ser realizado um parto cesáreo

A equipe encaminhou a paciente para o hospital regional de Morros onde chegou por volta das 14h e foi novamente examinada pelo médico plantonista. Por volta das 9h da manhã de quinta-feira (28), 19h depois, o mesmo cirurgia que havia atendido a jovem no dia anterior resolveu fazer a cesariana.

O bebê nasceu desfalecido, imagina-se que o recém-nascido passou tempo excessivo agonizando no útero da mãe, mesmo estando dentro de um hospital.

A omissão é fato e é mais um caso gravíssimo registrado naquele hospital que já está sendo conhecido por “matadouros de bebês”. Diante o ocorrido, a qualificação profissional do médico é colocada em jogo, já que tem fama de ser “desqualificado e babão da então diretora Ana Gabriela.

A tragédia anunciada é lamentável e mais triste ainda é saber que as vítimas são de famílias extremamente humilde e irão ter voz para buscar a justiça, permanecendo assim mais um caso impune diante tantos outros que ocorrem nos hospitais do Maranhão.

A pergunta que fica é ? E se fosse alguém “importante ” ou de classe mais alta o tratamento seria diferente? Até quando crianças vão continuar morrendo naquele hospital por incompetência?

 

 

 

 

Homem é preso após manter a esposa e a sogra reféns

Após a central de operações  receber uma denúncia em que um homem fazia a própria esposa e sogra de reféns em posse de arma de fogo, solicitou uma viatura, via rádio, para averiguar a situação.

2016-07-29-PHOTO-00000123Chegando ao local juntamente com a viatura da malha metropolitana 01 e a viatura 050 foi confirmado que o acusado estava com a esposa sob cárcere privado e com a arma de fogo. Após o acusado perceber a presença  da polícia foi feito uma negociação  onde a PM obteve êxito.

O acusado foi encaminhado ao DP para providência  dos procedimentos cabiveis

Monstro que abusava criança de seis anos, tirava fotos e gravava vídeos é condenado em Codó

Uma sentença proferida pela 2a Vara de Codó condenou um homem que abusava sexualmente, tirava fotos e gravava vídeos de uma menina de seis anos de idade. De acordo com a sentença, Nilson Rodrigues do Nascimento teria perdido um estojo com documentos pessoais, celular e diversos cartões de memória. O estojo foi encontrado e entregue na FC TV e remetido para a Delegacia de Polícia que, ao analisar o conteúdo do cartão de memória, acabou encontrando as fotos de criança em situação de abuso sexual.

De acordo com a denúncia, ele estava sendo acusado dos crimes de estupro de vulnerável e fotografar cena pornográfica envolvendo criança. Foi deferida a prisão preventiva do acusado, que era tipo como um evangélico na Zona Rural, fato que facilitava a sua entrada na comunidade. O fato teve grande repercussão pela força do acaso e pelo crime praticado, a criança (vitima) de apenas 06 anos foi ouvida através do sistema de depoimento especial, tendo inclusive demonstrado sentimento pelo acusado.

A defesa alegou insanidade mental de Nilson, pedindo pela absolvição, tese não acatada. O processo foi presidido e sentenciado pelo juiz titular da 2ª Vara, Holídice Cantanhede Barros. Ele enfatizou que a Justiça sempre alcança aos infratores de crimes hediondos. Após, toda instrução o acusado foi sentenciado a uma pena justa de 18 anos, 02 meses e 20 dias de reclusão em regime fechado.

Narra a denúncia que o acusado levava a vítima R. G. S. P, de apenas 6 anos de idade, para sua casa, localizada no Povoado Santa Rita do Deusdete, zona rural de Codó. Lá, ele entregava um vídeo game portátil, colocava a vítima em posições sensuais e tirava fotos dela. “Relata a acusação que a ação delituosa foi descoberta porque o acusado veio até esta cidade e perdeu um estojo contendo uma carteira porta-cédulas, cor preta, 14 cartões de memória, 02 adaptadores para cartões de memória, um chip e seu RG. O referido estojo foi encontrado e devidamente entregue no prédio onde funciona a empresa FC TV e Rádio, pois é um costume local deixar objetos e documentos perdidos em via pública em emissoras de rádio e televisão”, diz a sentença.

“É de se consignar o entendimento pacífico da doutrina e da jurisprudência no sentido de que os relatos circunstanciados de vítimas, em delitos sexuais, constituem, por si só, prova convincente para a condenação do acusado, tendo em vista que as declarações das vítimas é elemento fundamental de prova, às vezes o único nestes delitos, comumente praticados às escondidas dos olhares alheios”, relatou o juiz.

E segue: “Assim, diante do conjunto probatório dos autos resta comprovado que o réu Nilson praticou ato libidinoso, consistente em passar a mão sobre a região genital da vítima, menor de 14 anos, bem como fotografou cena pornográfica envolvendo a citada ofendida. Cabe assinalar também que restou comprovado durante a instrução probatória, mormente da análise dos depoimentos supratranscritos, a incidência da causa de aumento de pena prevista no §2º, II, do artigo 240, do ECA, vez que o acusado se valeu da relação de hospitalidade para colocar em prática seu intento criminoso, isto é, cometeu o delito mediante o favorecimento das constantes visitas que a infante fazia a sua residência”.

E conclui: “Por fim, tendo sido reconhecido concurso material, nos termos do artigo 69, do Código Penal, somo as reprimendas anteriormente obtidas, encontrando a pena definitiva de 18 (dezoito) anos, 02 (dois) meses e 20 dias de reclusão e 21 (vinte e um) dias-multa, cada um no equivalente a 1/30 do salário-mínimo vigente ao tempo do fato delituoso. Em consonância com o disposto pelo artigo 33, § 2º, a, do Código Penal, deverá o sentenciado iniciar o cumprimento da pena em regime fechado”.

Paula Fernandes reduz 50% do cachê por falta de público

Paula Fernandes reduz cachê de R$ 250 mil para R$ 120 mil por queda de shows

Paula Fernandes está sentindo os efeitos da crise. A cantora, a exemplo de Naldo Benny, reduziu o seu cachê. Mas mesmo assim viu uma redução da sua agenda de shows. Além disso, três apresentações acabaram canceladas por falta de público. A informação é da coluna “Retratos da Vida”, do jornal “Extra”, nesta quinta-feira (28).

BBuYXz0.imgA intérprete de “Pássaro de Fogo” tem apenas nove shows agendados entre o dia 30 deste mês a 18 de setembro. Em um desses dias, o ingresso para assistir a apresentação da artista, conhecida por seus looks brilhantes, em uma exposição agropecuária custa menos de R$ 40. Já o cachê de Paula despencou de R$ 250 mil para R$ 120 mil.

Os contratantes alegam que a fama de antipática da sertaneja pode ser um dos motivos dessa crise: “Ela não recebe os prefeitos da cidade, não quer tirar foto. Parece estar sempre de má vontade”. Em setembro passado, a cantora compartilhou foto em uma rede social festejando a lotação máxima de um show em Abaíra (Bahia).

Wesley Safadão vai na contramão de Paula

Se a artista vem enfrentando problemas com sua agenda de shows, o mesmo não se pode dizer do intérprete de “Aquele 1%”. No ano passado, Wesley Safadão cobrou cachê de R$ 575 mil para cantar na festa de São João de Caruaru (Pernambuco). O músico acabou acusado de superfaturar sua apresentação e doou todo o cachê para instituições de caridade daquela cidade.

(Por Guilherme Guidorizzi)

TJMA mantém indisponibilidade de bens de prefeito de Itapecuru Mirim

A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) manteve decisão da 1ª Vara da Comarca de Itapecuru Mirim, que recebeu ação de improbidade administrativa e, liminarmente, determinou a indisponibilidade de bens do prefeito do município, Magno Rogério Siqueira Amorim, do tesoureiro e de duas secretárias municipais, até a quantia de R$ 35.415,00. O dinheiro corresponde a valor de possível ressarcimento ao erário, por suposto desvio de recursos repassados pelo Ministério da Saúde.

Prefeito-Magno-Amorim-e1430342887409O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ingressou com a ação civil pública, com base na constatação de auditoria realizada na Secretaria de Saúde de Itapecuru Mirim, pelo Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus). De acordo com o órgão, ficou demonstrada a ocorrência de lesão ao patrimônio público do Município.

Segundo a ação do MPMA, a constatação refere-se à realização de pagamentos para locação de veículos à empresa R. Medeiros de Carvalho – Maranata Serviços, para as secretarias de Finanças, Assistência Social e Administração do Município, no período de fevereiro a dezembro de 2013, com recursos desviados da Secretaria Municipal de Saúde, que eram destinados à atenção básica, média e de alta complexidade e contrapartida municipal, no valor de R$ 15.740,00.

No intuito de conseguir o efeito suspensivo da liminar, o prefeito recorreu ao TJMA, em agravo de instrumento, que teve como litisconsortes os outros três agentes públicos citados: Alexandre Félix Freire Martins, Flávia Cristina Carvalho Beserra Costa e Miriam de Jesus Siqueira Amorim.

O gestor alegou que não há, nos autos, prova da necessidade de imposição de medida tão drástica. Afirmou que, para a caracterização de ato de improbidade, seria necessário demonstrar o prejuízo, além do locupletamento indevido (apropriar-se de dinheiro ilícito) por parte da pessoa acusada da prática de ato ímprobo.

O desembargador Marcelino Everton (relator) entendeu não ter razão o agravante. Disse que, nos autos, não se mostra inexistente ato de improbidade ou improcedência da ação ou, ainda, inadequação da via eleita – situações que seriam capazes de justificar a rejeição da ação de improbidade.

O relator acrescentou que as provas apontam para a ocorrência de indícios de irregularidades quanto à utilização dos recursos. Citou, ainda, posicionamento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em situações análogas.

O desembargador Paulo Velten e o desembargador eleito e juiz substituto de 2º Grau, José Jorge Figueiredo, também negaram provimento ao recurso do prefeito.

 

Vídeo mostra Exata tentando influenciar eleitora contra Rosângela Curado

Do Atual 7

Gravação foi feita nessa terça-feira 26. Palácio dos Leões tem instituto como oficial para pesquisas de consumo interno e registradas.

Um vídeo obtido com exclusividade pelo ATUAL7 mostra uma pesquisadora do Instituto Exata tentando influenciar uma eleitora de Imperatriz contra a pré-candidata Rosângela Curado (PDT).

pesquisadora-instituto-exata-imperatriz-rosangela-curado-e1469627438927-940x537Durante o preenchimento de questionário sobre intenção de votos no município, a pesquisadora muda repentinamente as perguntas e passa a questionar a eleitora sobre um vídeo em que Curado aparece supostamente sob efeito de álcool em uma blitz da Polícia Militar do Maranhão.

“A senhora viu na internet ou na imprensa, recentemente, algum vídeo ou notícia envolvendo…”, pergunta a funcionária do Exata, interrompendo em seguida ao perceber que a eleitora movimentava o celular. “A senhora não está gravando não, né? Porque não pode! A senhora vai derrubar o meu trabalho. A senhora vai me prejudicar numa coisa que eu não tenho nada a ver”, e insiste: “a senhora viu?”.

Apesar da eleitora deixar claro a intenção de votar na pedetista, a pesquisadora insiste nas perguntas sobre a gravação.

“A senhora assistiu o vídeo em que a deputada Rosângela Curado aparece embriaga numa blitz policial?”, questiona. “Como ficou a intenção de voto após assistir esse vídeo?”, “A senhora ia votar em Rosângela Curado e continua pretendendo votar nela…”, perguntou, ao ser interrompida pela eleitora: “Ia e voto!”.

A pesquisadora ainda chegou a ler frases que a população de Imperatriz supostamente estaria dizendo, para saber da o que a eleitora pensava a respeito. O fato de Curado ser Evangélica e ter aparecido no vídeo supostamente sob efeito de álcool também foi explorado.

O ATUAL7 entrou em contato com o proprietário do Instituto Exata, Lino, para que ele se posicione sobre o caso, e aguarda retorno.

O Exata, vale lembrar, é o instituto oficial do Palácio dos Leões, tanto para pesquisas registradas quanto para consumo interno de seus candidatos e de avaliação do próprio governo. Contudo, apesar das fortes suspeitas – principalmente pelo fato da pesquisadora dizer que seu trabalho seria “derrubado” e que poderia ser “prejudicada” se os questionamentos estivessem sendo gravados –, não há como afirmar se a tentativa de influenciar o eleitorado de Imperatriz contra Rosângela Curado tenha partido do governo Flávio Dino.

Até dentaduras são negociadas na política em São Mateus

A briga política que ocorre em todo o estado do Maranhão pela vontade de sentar na cadeira de prefeito e usufruir de todas as mordomias permitidas e até as não permitidas revelam coisas bizarras que ultrapassam a moralidade.

dentaduraPor exemplo, na cidade de São Mateus do Maranhão onde a disputa política pega fogo e a rivalidade atual é grande, de tudo é feito para obter o voto e o carisma da população.

Atualmente o prefeito Miltinho Aragão tenta a reeleição, mas como em toda política a oposição, a turma do Rovélio tenta desbancar o atual gestor.

A atual administração não agrada boa parte do eleitorado, exceto aqueles que mamam junto com o prefeito e para garantir o apoio da população até dentaduras estão sendo utilizadas nas negociatas.

Nos povoados mais carentes o povo mais humilde está aceitando de um tudo. E assim se firma,a  velha prática da venda de votos

 

Psicólogo Mário Filho vem despertando o interesse das pessoas em tratar a alma

Victor Hugo já dizia: A música expressa o que não pode ser dito em palavras, mas não pode permanecer em silêncio.

É um jovem psicólogo clínico e hospitalar. Vem ajudando de forma humana as pessoas em relação aos cuidados com a mente. Sempre nos preocupamos com a nossa estética e deixamos de lado o nosso lado mais complexo: a mente.

image

O jovem é focado em ajudar pessoas com algum tipo de dependência química. Trabalha de forma humana com uma abordagem focada no ser interior e nos conflitos existenciais.

Por isso foi chamado para integrar a equipe do renomadíssimo Ruy Palhano. Mesmo com uma agenda lotada de pacientes, Mário consegue dá atenção direta a todos que o procuram, cativando cada vez mais seus pacientes e lhes ajudando a superar os problemas corriqueiros.

No Instituto ele trabalha com o público em geral, trazendo uma perspectiva voltada para nossa Psiquê, ou seja, nossa alma. Algo que não é fácil de ser encontrado hoje em dia, um profissional que se  dedique a esse tipo de trabalho.

Problemas como depressão, síndrome do pânico e transtorno de ansiedade, o psicólogo vem ajudando as pessoas que sofrem deste MAL DO SÉCULO.

Com tanta crise que vivemos em meio a essa correria do dia-a-dia, crises de crenças, inversão de valores e enfermidades da alma. Por isso Mário Filho vem ajudando seus pacientes de forma muito humana e diferenciada.

Dizem que não tem remédio para a dor da alma, mas a solução para conflitos existenciais, ansiedade e a depressão podem ser tratadas de forma humana pelo Doutor Mário através de sua música.

Ouçam como o Doutor faz para entreter seus pacientes: