É, a crise não tá fácil pra ninguém. A advogada Cláudia de Marchi, vulgo Simone Steffis, deixou de ganhar honorários advocatícios para receber gordos e recheados honorários sexuais.

Ela simplesmente se libertou. Realizou seu sonho em ser pu-ta. Agora vive de contar seus causos e fantasias sexuais na internet. Como advogada parece que não brilhou muito, pois se tivesse brilhado não abandonaria a belíssima profissão, mais agora realmente achou sua real vocação.

Cláudia, que atende pelo nome de “guerra”, Simone, foi professora universitária por 11 anos. Mas sempre amou mesmo as fantasias sexuais e a vida noturna. Ela mesmo alega não trocar esta vida por nada nesse mundo.

In of: Enquanto isso fico só observando é esse cabelo dela, essa raiz precisa urgentemente de um reparo. Não adiantou nada ser platinada e não reparar a raiz, gata!

image

Hoje em dia Simone faz programas para pessoas com grande poder aquisitivo. Ela alega que seu programa dura em torno de 1 hora e meia e que seus clientes tem que pagar muito caro pelo prazer.

image

 

Tâmara Silva

6 thoughts on “Honorários sexuais: deixou de ser advogada para se tornar prostituta de alto escalão”

  1. Kkkkkkkkkk puta velha feia da porra,sou mais as “Belíssimas Meninas” da boate Zero1 ????.

    Ei Riquinha você tem que fazer um ranking dos Cabarés aqui de Slz,do mais top ao mais fuleiro.

    Beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *