Gado é abatido em Igarapé do Meio em plena via pública com requintes de crueldade

Em Igarapé do Meio, Maranhão, por falta de caráter e honestidade do prefeito Raimundinho, até hoje a população está sem abatedouro e por isso é obrigada a comer carne de gado em condições imundas.

batedouro

O gado é abatido em uma rodovia na frente de quem quiser ver, em um chão não arejado e com requintes de crueldade.

O prefeito parece não se importar com o constrangimento que a população passa ao presenciar a morte lenta e dolorosa dos animais, pior ainda, na frente de crianças. Por isso mesmo  protagonizou uma licitação de muito mais que meio milhão de reais e se esqueceu de fazer o matadouro, vê se pode? Pois é, enquanto isso a população é obrigada a comprar, comer e revender a carne de boi que é exposta a fungos e bactérias em plena via pública.

O que será que o prefeito fez com essa bolada? Porque o matadouro nunca existiu em Igarapé do Meio.
matadouro-e1442238468243

No Maranhão o povo tá acostumado a ver os prefeitos corruptos enriquecerem nos cargos públicos. A passividade do maranhense diante da corrupção é assustadora, a aceitação e a conformação em saber que estamos sendo roubados está consolidada em nosso estado.

Alô Polícia Federal, acabamos de achar um prato cheio para vocês: Igarapé do Meio. Aguardem mais cenas…

Vejam:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *