Arquivo mensais:fevereiro 2016

Governo aplica “Mais Calotes” agora nas emissoras de Rádios e TVS no Maranhão

Depois do “Mais Asfalto” que não dura a metade do período invernoso, do “Mais Sofrimentos” e dos “Mais Atropelamentos às Leis”, eis que desde novembro do ano passado foi instituído o programa “Mais Calotes”.

Antes não vinha recebendo pelos contratos executados os  médicos, enfermeiros, médias e pequenas empresas, empresas de segurança privada e outras mais.

Desde novembro também não estão recebendo as emissoras de Rádios e TVs em todo o interior do Maranhão. A desculpa era sempre a mesma: não tem recursos, mas para o Sistema Mirante de Comunicação o “Mais Afagos”. Agora, na segunda quinzena de fevereiro parece que as relações com os Sarneys arderam e todos os contratos de divulgação estão suspensos.

Então, uma boa oportunidade para pagar os contratos com a mídia do interior, inclusive com os blogs que ainda alimentam a esperança de receber por acreditarem que tudo seria diferente com o novo governo.

Ao governo faltou se adaptar aos programas mais reais hoje vividos no Maranhão, como o “Menos Alimentação”, “Menos Saúde”, “Muito Menos Educação”, o “Menos Segurança”, e o “Menos Esperança”.

E para completar o quadro, já era tempo do governo implantar o “Mais Vergonha Na Cara”.

Cafetinas de baixo escalão que traficam meninas de 12 anos vão pra cadeia

Dizer que “filho” de ex-amante de FHC é do marido de Roseana Sarney é um insulto!!

“Há segredos que levamos para o túmulo, outros não.” 

Assim o jornalista Mino Pedrosa tenta explicar que o jovem Tomás Dutra Schimidt não é filho de Fernando Henrique Cardoso, mas sim de Jorge Murad, marido da ex-governadora Roseana Sarney. Custo acreditar, assim como milhões de brasileiros que não deram a mínima importância quando o jornalista tentou jogar Murad na cama da jornalista Miriam Dutra.

Não que os dois não tenham tido um caso, o que também é assim meio impossível de acreditar, pois Murad é um homem elegante, sempre teve muito dinheiro (exceto quando se meteu a ser hippie ainda na adolescência) e adorava namorar mulheres bonitas. Miriam Dutra nunca teve o menor traço de beleza para encantar Jorginho (Murad), como é mais conhecido, mas tirou do túmulo o coração de FHC. Interessante como intelectual adora dragões e tribufu, exceto o poeta e compositor Vinícius de Moraes.

O assunto do romance extraconjugal do ex-presidente rende até agora, assim como a revelação de que Tomas Dutra não é seu filho natural.  Repercutiu mais ainda a decência de FHC que, após dois exames de DNA negativos, não abriu mão da paternidade do jovem “filho”. Mas querer impor pela invenção de que Jorge Murad é o pai, foi de lascar o cano.
cxcxcxcEle tem uma filha fora do casamento, motivo que levou a filha do José Sarney  a romper em 1988 um matrimônio selado desde 1976 e depois engatilhar vários namoros, até por vingança, incluindo senadores, ministros  e até um secretário do Meio Ambiente do Rio de Janeiro.

Antes, ela teve seu primeiro namorado: o hoje advogado João Abreu. Ela só aceitou reatar o casamento depois da imposição do pai, José Sarney, para que fosse escolhida a candidata do seu grupo a governador, em 1995. Ninguém segurava o ímpeto da filha de Sarney, nem mesmo os pais, só Jorginho tinha e ainda tem o controle de tudo, principalmente o emocional.

 

Olhando bem para a foto abaixo, temos um Jorginho com cara de interiorano do Maranhão, de caboclo da zona da mata, com ar de cansaço e pele abatida pelos raios solares das roças. Em seguida vem a foto de Miriam Dutra, que não parece ser refinada, com aspecto real de bruaca, mais para Memeia do que Cinderela. Depois aparece Tomás Dutra, um jovem com aspecto de lorde, rapaz de fino trato, belo, atraente, um príncipe. Por último, o ex-presidente da República, apesar dos 80 anos, um lorde britânico, gentil, educado, bonito também, além de intelectual.

Então, se pudesse arriscar, apesar dos dois exames negativos de DNA, apostaria que Tomás Dutra tem mais jeito para filho do fidalgo FHC do que para o Jeca Tatu Jorge Murad. É o que acho.

Jorge Murad, Miriam Dutra, Tomás Dutra Schimidt e Fernando Henrique Cardoso

Prefeito que estuprou jovem evangélica não assume ainda a prefeitura de Santa Inês

O partidários do prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves, vão ter que recolher os foguetes comprados desde a hora em que o Tribunal de Justiça, através da 2ª Vara Criminal, decidiu pela soltura do político.

Ele imaginou que ao sair da cadeia iria imediatamente reassumir o cargo de prefeito. Deu com os burros n`água.  Agora são outros 500. Ele terá que ingressar contra a decisão do desembargador que cassação a decisão da Câmara Municipal de conceder licença do cargo para Alves e empossou o vice Edinaldo Alves Lima.

A história passada e presente do médico Ribamar Alves é tenebrosa e assusta qualquer mulher, das inocentes às mais bagaceiras. O blog recebeu uma série de conversas pelo WhatsApp entre Alves e maninas de até 15 anos, sempre rolando sobre sexo. Ele adora ser chamado de “paizinho” e engana as incautas com o falso argumento de que é para protegê-las. Nessa onda toda rola pagamento de faculdades e roupas de grifes.

Barraco no Number One envolve ex mulher de funcionário do governo

Do Blog do Luís Cardoso

O blog do Luis Cardoso informou ontem uma barraco daqueles em um dos flats do Number One. Tudo começou com uma mudança para um novo love envolvendo um auxiliar ( e não uma auxiliar, como divulgado ontem) do governo Dino.

O cabra trocou de love e a ex foi lá aprontou o maior barraco, uma lasqueira que acordou muita gente. Teve até parente de cantora pelo meio. Foi um Deus nos acuda. A briga era tão feia que era mais fácil encontrar espinhos do que flores de jardim. Deu até polícia.

O pior é que estão cobrando do síndico para que tome uma posição para evitar  a baixaria. Afinal, no local moram juristas, empresários, deputados, prefeitos e lobistas.

E vez por outra são recebidas visitas espetaculares nos flats de lobistas, prefeitos, deputados, empresários e juristas.  O local, como se observa, parece um convento.

Após ser demitido da Citroën, Alessandro Martins sai de cena

Gente, cadê Alessandro, o homem do biquinho do amor?

O cara saiu de cena total. Também, né, vamos combinar, aquela exposição já estava patética e também estava tirando todo o glamour de Alessandro.

Recentemente o gato foi desmascarado, induzia as pessoas ao erro, pois fazia a qualquer custo todos entenderem que ele era o dono da  Citroën, quando na verdade, era só funcionário.

Pra completar a onda de má sorte, Alessandro passou um grande vexame ao tentar reatar seu namoro com a Panicat Caída, Nicole. A gata simplesmente arranjou um boy mais novo e rico pra poder despintar na alta. Também pudera, tava na hora de alguém assumir a Nicky.

Mas vamos combinar uma coisa, Alessandro Martins mesmo com todos os seus altos e baixos, está se tornando um homem muito família e demonstra ser um paizão da pequena Alessandrinha.

 

Cris, a segunda “Prefeita Ostentação” do Maranhão

Linda, nova e poderosa! Essa é a prefeita de Bom Jesus das Selvas. Cristiane Damião, esse nome é polêmico, onde na cidade a qual esta mulher governa, as pessoas tem medo só em ouvir falar.

Esta prefeita se envolve em muitas travessuras, se colocar o nome dela no Google vamos ver que ela aprontou algumas “peraltices”. Inclusive, já até contratou a empresa da própria irmã para fazer servicinhos á prefeitura de Bom Jesus das Selvas.

A nossa Cris é muito sapeca, é compulsiva, adora comprar as coisas, tanto que uma vez foi decidir comprar votos. Dessa ela se lascou, o Fantástico noticiou, saiu em rede nacional, que vexame, hein miga? O Brasil inteiro viu a danadinha fazendo captação ilícita de sufrágio. Não deu outra, condenação e cassação. 

Cris já teve até seu mandato cassado e hoje em dia vive pendurada em um mandato de segurança, que pra complicar mais ainda será julgado hoje.

A situação de Cris é muito difícil, porém, ela ainda espera que seja postergado ainda mais o julgamento com um pedido de vistas dos autos de algum dos Desembargadores Eleitorais. É isso que os correligionários da Prefeita tem espalhado no Município de Bom Jesus das Selvas que irá na sessão acontecer nesta terça-feira (23).

A condenação foi por compra de votos, e pela negociação de votos em troca de terreno que alegava ser seu, conforme noticiou a matéria de grande repercussão nacional do programa Fantástico da Rede Globo, veiculada em setembro de 2014.

Mesmo com esse problemão nas costa Cris não deixou de ser uma mulher que tem bom gosto. Ela ama se vestir bem, ainda mais se for com acessórios das melhores grifes. A prefeita adora se cuidar, as vezes comete até o excesso, principalmente no que diz respeito a “malhação”. Os músculos afloram até o rosto da prefeita, tornando-o um pouquinho másculo, vejam:

Mas isso não impede que a Cris seja uma mulher que use e abuse de suas curvas e vaidades, como um bom “desenho de sobrancelhas” na cara, um mega hair caríssimo e um sorriso branco.

Prefeita Cristiane Damião

VÍDEO! Quatro são atropelados em cima de faixa de pedestre em SLZ

Do Blog do Gilbertoleda

atropelamento

Câmeras de segurança de um estabelecimento na Rua das Cajazeiras flagraram a imprudência de um motorista que acabou com atropelamento de quatro pessoas.

O caso ocorreu na manhã de ontem, por volta das 6h45, em frente ao Supermercado Mateus.

Nas imagens, percebe-se cinco pessoas atravessando a rua pela faixa de pedestres, quando um carro vermelho passa direto e atinge quatro delas.

Todos ficam caídos ao chão. Uma pedestre corre e consegue escapar. Ela volta para socorrer uma das vítimas, enquanto o atropelador sai em disparada.

Ainda não há informações sobre as vítimas, nem sobre quem dirigia o veículo.

JUDICIÁRIO, DEMOCRACIA, POVO,ELEITOR,SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, CONGRESSO NACIONAL … UMA MERDA EM 2016, SALVO MELHOR JUÍZO

Emanoel Viana, é advogado

Parece nome de monografia na área médica, mas serve como marcador no Google para pesquisa, agora e no futuro. Estamos em 2016, alguém poderá comparar a composição das Casas Legislativas que formam o Congresso Nacional, com o quadro partidário de 37 partidos políticos e a composição do chamado Supremo Tribunal Federal.

Recapitulemos, o sistema hoje, no Brasil é assim: o cidadão, pessoa maior de 18 anos e menor de 70, obrigatoriamente se qualificam perante um tribunal eleitoral e se transformam em eleitores. Recebem um título de eleitor e são obrigados a comparecer a uma seção eleitoral e votar (ou não votar) nos candidatos escolhidos pelos partidos políticos para os cargos de vereadores, prefeitos, deputados estaduais, deputados federais governadores, senadores e presidente da república.

Os deputados federais e senadores formam uma coisa chamada Congresso Nacional. É a casa legislativa que pode tudo, embora não exerça sua função, assim como o Senado Federal e a Câmara dos Deputados.

Há, no Judiciário Brasileiro, uma coisa chamada Supremo Tribunal Federal, formado por 11 pessoas, teoricamente de ilibado saber jurídico e idônea. Não é o que parece hoje. Os membros são indicados pelo Presidente da República e são sabatinados pelo Senado Federal, o Presidente indica o nome que vai ao Senado, toma um cafezinho e toma posse como Ministro do Supremo. Cargo Vitalício, faça o que quiser, tenha feito o que tenha feito.

A função, antigamente, do STF era zelar pela Constituição. Não aceitar qualquer desvio. Só valia o que estava escrito. De alguns anos para cá, talvez uns 15 anos e com maior intensidade nos 5 últimos anos, reiteradamente agora em 2015 e 2016, passaram a se julgar Congresso Nacional e elaborar leis, usurpando as funções do Legislativo que, sem moral, se cala e consente.

A maior estupidez, além da chamada condenação do Mensalão, perfeita quanto aos cidadãos e péssima em relação à Lei, vem agora um parecer de um dos seus ministros, recém chegado, passar por cima da Constituição ao revogar texto constitucional com um despacho, com a aquiescência do chamado ministério público, antigamente chamado fiscal da lei.

O artigo 5, da CF diz: LVII – ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória. Aí vem um Ministro Teori (parece ser o nome do dito cujo) e diz que o cidadão pode ser preso, recolhido à prisão e recorrer preso.

Uma aberração jurídica.

E ninguém diz nada, é bom para o povo, em tese, ruim para a Justiça e na prática. Vai acontecer um monte de atrocidades, de desmandos, de prisões ilegais, de injustiças.

No outro dia, o chamado ministério público de alguns Estados do Brasil, resolvem por em prática a aberração. E o magistrado, talvez feito nos concursos com letras marcadas, defere o pedido. Ou seja, resolve o membro do judiciário, o tal magistrado, auxiliado pelos ajudantes do judiciário, o ministério publico, legislar também.

A CF em seu artigo 5, inciso XL determina: a lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu… pois é, um monte de imbecis resolvem pedir que as pessoas que estão condenadas em segundo grau, antes do trânsito em julgado (pela última instância, diz a interpretação jurídica) deve ser recolhido à prisão. E uns imbecis maiores, os chamados magistrados, ordenam.

Virou um zorra o ordenamento jurídico brasileiro. Não se faz Leis sobre o efeito de emoções, não se julga por pressão, ao se condena por simpatia ou antipatia, não se absolve por amizade. A Lei é fria, a lei é dura… sed Lex, dura Lex .. a lei é dura, mas é lei.

Aqueles que prostituem as Leis, abusam do poder, algum dia, serão abusados. O povo tem memória, um dia a casa cai e a gente vai ver muita gente no paredão de fuzilamento ou de enforcamento. O ditador do Iraque, o ditador da Líbia que o digam. E tantos outros na antiga Rússia.

  E o grande culpado é o povo, é você, que vota em gente que não presta, em gente que fica no Senado homologando imbecis para serem Ministros do STF, vitalícios para fazerem este tipo de besteira. E ficam no Congresso Nacional sem legislar, deixando o STF fazer e acontecer.

Se querem mudança, legal, justa e jurídica, que mudem a Constituição Federal, se é que o Derivado pode modificar Direitos e Garantias Individuais feitas pelo Originário. Simples.

 

Quem avisa, Amigo é. Não gostei e nem estou gostando da ação do STF e de alguns Magistrados Brasileiros.