Menina de 13 anos que fazia programas sexuais em Imperatriz é desmascarada

Um pai mandou um relato ao blog da Riquinha a respeito de uma situação muito crítica que está acontecendo em Imperatriz: crescimento da prostituição.

O pai desabafa que tem um grupo de agenciamento que alicia as meninas desde cedo. Os encontros geralmente são combinados via WhatsApp.

paidescobre-564654b40450b
Imagem ilustrativa

Infelizmente este pai tem uma filha de treze anos que foi vítima destes bandidos. O pai começou a suspeitar porque a filha sempre demorava para chegar da escola, ela estava sempre grudada em seu aparelho telefônico, onde a menina foi instruída a colocar senha.

Certo dia esse pai pressionou a adolescente a desbloquear o celular, para surpresa dele, o pior estava acontecendo, a filha andava se prostituindo. A garota estava sendo incentivada por uma mulher de 18 anos.

Esse pai mandou um desabafo e preferiu manter sua identidade em sigilo para preservar o nome da família. O objetivo dele em nos procurar foi para que as autoridades competentes atentem para esse lado, que investiguem quem são essas pessoas que estão procurando crianças e adolescentes para fazer programas sexuais.

Histórias como esse estão se agravando cada vez mais na cidade de Imperatriz, com isso o número de HIV nessa cidade vem disparando.  Esse não é o primeiro e nem será o último, é apenas um entre os inúmeros casos de prostituição infantil.

Refleti muito e vi que existem pessoas focadas em destruir valores, destruir a mente de jovens e adolescente, que muitas vezes levadas pela necessidade material acabam se iludindo com propostas indecentes e maldosas.

Um comentário sobre “Menina de 13 anos que fazia programas sexuais em Imperatriz é desmascarada

  1. na verdade as tal “pessoas” que querem destruir valores, é nada mais nada menos que o Satanás, que quer destruir a familia e atingir a Deus. Mas Deus é maaaaaaaaaais !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *