Mulheres morrem nas mesas de cirurgias plásticas em São Luís e casos foram abafados

Muitos casos de morte de mulheres em mesas de cirurgias plásticas tem acontecido em São Luís.

Mulheres que em nome do bem estar se submetem a procedimentos estéticos que,infelizmente, em alguns casos, terminam em morte. Outras que não morreram, sofrem as consequências disto até hoje.

Mara Silva Diniz, 36 anos, foi submetida a uma cirurgia plástica em São Luís e morreu

São situações que vem acontecendo em São Luís e estão sendo abafadas. O caso mais recente foi um mulher de um médico que veio á óbito após um implantar silicone nos seios. O caso foi abafado, ninguém ficou sabendo, não foi noticiado.

Este ano morreram 8 mulheres nas clínicas de estéticas, porém, até hoje não se sabe o por quê dessas histórias não chegarem ao conhecimento público. As famílias ou estão escondendo ou não são ouvidas.

O único caso em São Luís este ano que foi ouvido pela população foi este que o vídeo abaixo relata:

Um caso já relatado aqui no blog foi o de uma moça que fez um procedimento cirúrgico na Clínica Personalitte, onde ela ficou com sequelas gravíssimas, até hoje ela tem pus na região do bumbum (relembre o caso aqui)

Deixo aberto aqui o espaço do blog da Riquinha para denuncias desse tipo, entrem em contato comigo no WhatsApp ou em email:

Zap: 98.992083739

Email: [email protected]

19 comentários sobre “Mulheres morrem nas mesas de cirurgias plásticas em São Luís e casos foram abafados

  1. Querido, se informe melhor! Esse seu blog é repleto de desinformação. A esposa do médico que faleceu é minha amiga, ela não morreu fazendo o procedimento citado no texto. Procure melhorar! Não é a primeira vez que você sai vomitando as coisas sem averiguar antes.

  2. Oi! Não interessa, as regras de concordância são importantes, no entanto estamos falando de vidas humanas, imperícia, incompetência de médicos que menosprezam a vida humana por ganância de dinheiro. Fica esperta, na constituição o interessante é se comunicar e isto foi feito.

  3. Kkk
    A esposa do medico foi tirar um nódulo no seio e aproveitou para colocação da prótese de silicone e fazer uma lipo.
    Verdade e que se ela estivesse somente feito a remoção do nódulo ela estava vivinha.

  4. Acho que não podemos generalizar, é um problema sério sim, mas vai muito da escolha da equipe médica, não tem que ser o mais barato, verifiquem o tempo de serviço, puxem na internet o CRM e vejam se tem alguma denúncia. Eu fiz isso, há 3 meses fiz uma lipoaspiração com miniabdominoplastia, enxerto no bumbum e nos seios e foi ótima a cirurgia, resultado maravilhoso, fiz na clínica eldorado e não me arrependo.

    1. Que bom que vocea ne3o disse isso, Cardoso.P. S.: Gnomo, pe1ra de atirar pra todos os lados, ne3o chuta ne3o, vc errou. hhheee Ele era sul-coreano. E uma garota esperta realmente fez isso e ne3o morreu.

  5. O que não se pode esquecer é que toda cirurgia, independente do tamanho ou local há risco de morte.
    Onde há cirurgia pode haver óbito, apartir do momento que se faz uma anestesia geral aumenta o seu risco de morte. Uma boa equipe médica pode contornar isso, mas existem situações que transcendem até mesmo os conhecimentos da medicina de hoje.
    Então quando foram fazer procedimentos cirúrgicos plásticos é importante avaliar se realmente os benefícios superam os riscos ( mesmos com as mais modernas estatísticas, protocolos e equipes não vão deixar de existir riscos).

  6. Thanks a ton for your time to have had these things together on this blog site. Robin and i also very much appreciated your knowledge through the articles on certain things. I am aware that you have many demands with your timetable so the fact that an individual like you took as much time just like you did to steer people just like us by way of this article is definitely highly appreciated.

  7. We pretty much appreciate your website post. There are actually hundreds of techniques we could put it to great use with a minimum of effort on time and capital. Thank you very much with regard to helping have the post respond to many queries we have encountered before now.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *